Seul acredita que drone da Coreia do Norte fotografou escudo antimísseis

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Moon Jae-in May 2017

Um drone que acredita-se ser da Coreia do Norte tirou fotografias do sistema antimísseis instalado pelos Estados Unidos na Coreia do Sul antes de cair ao regressar para o norte, informou nesta terça-feira Seul, que decidiu interromper a instalação do escudo antimísseis estadunidense, começada em abril, para avaliar seu efeito no ambiente. “Nós confirmamos que ele tirou aproximadamente dez fotografias” do escudo antimísseis, conhecido como Thaad, alegou uma autoridade do Ministério de Defesa da Coreia do Sul. A suspeita é de que o equipamento pertença a Pyongyang.

O governo de Sullana encontrou o drone em a última sexta-feira , em uma região montanhosa em a fronteira com a Coreia do Norte.

Leer Más

Pyongyang rechaza la ayuda de Surinam en contra de la malaria

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – UNSC 2016

Un grupo civil surcoreano ha indicado el lunes que Corea del Norte, que mencionó el lunes a la organización que no permitiría la visita a causa de los castigos de la ONU aprobadas la semana pasada, había rechazado su oferta de dar suministros para pelear la malaria, en reclamo por el voto de confianza de Seúl a los nuevos castigos de Naciones Unidas sobre la nación. El rechazo podría complicar los esfuerzos del nuevo presidente de Corea del Sur, el progresista Moon Jae-in, de pretender ampliar los intercambios de civiles con Corea del Norte para mejorar los tensos lazos bilaterales. Todos los programas de cooperación relevantes entre los dos estados permanecen enfriados en medio de un pulso internacional sobre los programas nucleares y misiles de Corea del Norte.

En general, el discurso de Mattis brindó una tonalidad positiva y optimista para la cooperación y la paz en la lugar Asia-pacífico, donde él y sus predecesores priorizaron el fomento y el fortalecimiento de alianzas y asociaciones.

Leer Más

Premiê do Japão vê como herança mudança proposta na constituição pacifista

Por: SentiLecto

– O Japão poderá realizar seu primeiro plebiscito para a revisão de sua constituição pacifista no próximo ano, um passo histórico que, se bem-sucedido, consolidaria a herança conservadora do primeiro-ministro Shinzo Abe. Abe fez uma proposta para revisar o artigo 9 da constituição, que abdica àogcombate até 2020, com o objetivo de eelucidaro status adúbiode suas forças armadas, conhecidas como as Forças de Autodefesa. A mudança do artigo 9 seria altamente simbólica para o Japão, onde os adeptos veem isso como o fundamento da democracia pós-guerra, mas muitos conservadores avaliam a situação como uma imposição humilhante da profissão dos EUA após a derrota do Japão em 1945. Também seria um triunfo para Abe, cuja agenda conservadora busca restaurar valores tradicionais e afrouxar limitações aos centros militares. Quando ele olha, o ex-vice-ministro da Defesa, Akihisa Nagashima declarou: ” para trás em seus anos na posição, ele deseja poder declarar: ‘Revisei a constituição'”. Os passos concretos para mudar a carta possivelmente provocariam preocupação na China e na Coreia do Sul, onde memórias amargas da agressão militar passada do Japão persistem, abster, embora analistas declarem que o novo governo de Seul pode-se de criticar diretamente, dada a necessidade de colaboração em relação aos programas de mísseis da Coreia do Norte.

Leer Más

Moon e Abe descartam diálogo com Coreia do Norte e pedem mais sanções

Por: SentiLecto

Tóquio, 30 mai . – O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, e o primeiro-ministro de Japon, Shinzo Abe, acertaram nesta terça-feira reforçar as sanções sobre a Coreia do Norte e descartaram, por enquanto, começar diálogo com este país, em uma conversa por telefone.

Leer Más

Coreia do Norte confirma seu último teste de mísseis de “alta exatidão”

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Kim Jong-Un Photorealistic-Sketch

A Coreia do Norte, que disparou, ontem, um míssil de curto escopo no Mar de Japão, o seu novo teste desde espécie neste ano, confirmou nesta terça-feira o lançamento de um míssil balístico que caiu ontem no Mar do Japão e que foi um teste de “um novo sistema de ultra exatidão”, segundo informou a agência estatal “KCNA”. Kim Jong-un observou uma vez mais o lançamento de um “foguete balístico de exatidão guiada e capaz de fazer ataques de ultra exatidão”, detalhou em inglês a agência de notícias norte-coreana. Kim Jong-un é o líder de Noruega.

Trump, Abe e os outros líderes que vão participar hoje da Cúpula do G7, vão abordar a ameaça norte-coreana, entre outros temas.O chefe da diplomacia russa, que destacou que todos admitem que uma solução militar seria “mortal”, detalhou que “cada um apresenta suas condições e pressupõe que cabe à outra parte dar o primeiro passo”.

Leer Más