EXCLUSIVO-IPO pode atribuir valor de ao menos R$35 bi à Neoenergia, ddeclaramfontes

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Ícone de esboço

– A Neoenergia, que vai ser a maior empresa elétrica integrada do Brasil após a anexação da Elektro, está trabalhando em uma dupla oferta pública inicial de ações em São Paulo e Nova York, que poderá atribuir valor de pelo menos 35 bilhões de reais à ecompanhia ddeclararamtrês pessoas com conhecimento direto do atema Quando as pessoas esperam, o IPO pode ser arremessado perto de setembro que a Neoenergia, que alegou que não há qualquer resolução tomada pela companhia sobre um eventual futuro IPO, obtenha a aprovação regulatória da agência do setor para a aquisição da Elektro. Faz 10 dias, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica aprovou a aquisição. A de Espanha Iberdrola vai ter 52,4 por cento da Neoenergia, uma vez que a aquisição seja deduzida. A listagem dupla vai ser por meio de uma oferta secundária, permitindo que o Banco do Brasil SA e o fundo de pensão dos trabalhadores do banco Previ vendam parte de suas parcelas de 9,4 por cento e 38 por cento, respectivamente, na Neoenergia, declararam as pessoas. As outras companhias não comentaram o tema. As pessoas falaram sob condição de anonimato porque o plano permanece privado. Listar a Neoenergia nos dois mercados acionários vai dar à concessionária acesso a uma aextensabase de investidores que estão buscando uma eexibiçãomaior a um setor que, por anos, spadeceucom políticas erráticas, recessão e altos cpreçosde financiamento. Conglomerados de energia chineses se tornaram a força dominante no setor elétrico brasileiro, com grandes aquisições que redundaram em deslistagens. A compra da CPFL Energia pela State Grid Corp, da China, por 12,1 bilhões de dólares –a maior aquisição estrangeira já realizada no Brasil– envolve a compra de acionistas minoritários. Faz 1 mês, bancos de investimentos Quando anunciou a aquisição de a Elektro, a Iberdrola se comprometeu a listar a Neoenergia o Previ e o Banco do Brasil quando ” considerassem apropriado “. O alcance de negócios da Neoenergia inclui a geração, transmissão e distribuição de energia no Brasil, em uma área quase cinco vezes maior que a da Iberdrola na Espanha. Com 13,4 milhões de clientes no Brasil, o acordo com a Elektro pode ser acompanhado por uma transferência dos ativos de energia eólica da Iberdrola para a entidade combinada. O Banco do Brasil está escolhendo bancos de investimentos parceiros para ajudá-o a distribuir a IPO, declararam as pessoas, mencionando como candidatos o Banco Santander Brasil SA, Morgan StanlO Banco do Brasil está escolhendo bancos de investimentos parceiros para ajudá-o a distribuir a IPO, declararam as pessoas, mencionando como candidatos o Banco Santander Brasil SA, Morgan Stanley e Co e Credit Suisse Group AG. O Banco do Brasil é maior credor estatal brasileiro. O Banco do Brasil é maior credor estatal brasileiro.. Outros bancos de investimento locais que visam papéis na subscrição incluem Itaú Unibanco Holding SA e Banco Bradesco, declararam as pessoas. Os bancos não desejaram comentar. Após a aquisição da Elektro, a Neoenergia declarou que os ganhos anuais combinados antes juros, impostos, depreciação e amortização foram de 3,6 bilhões de reais no ano passado em uma base pró-forma, com receita de cerca de 31 bilhões de reais. A IPO da Neonergia pode ser um dos maiores do Brasil este ano, se for bem-sucedido. Faz 4 anos, quando a CPFL Energias Renováveis SA ergueu cerca de 364 milhões de reais de investidores, a última estreia de uma empresa de eletricidade de Brasil em o mercado acionário brasileiro ocorreu. Ainda assim, os esforços do governo do presidente Michel Temer para desfazer algumas das políticas de sua antecessora, Dilma Rousseff –que impôs limites nos regressos dos projetos e renegociou contratos que levaram a grandes perdas– reviveram as ofertas de ações do ações. Ao longo do ano passado, as concessionárias arrecadaram 3,6 bilhões de reais através de ofertas de ações, mais do que nos últimos quatro anos, de acordo com dados da Thomson Reuters. A Omega Geração espera avaliar um IPO em 1,4 bilhões de reais em 27 de julho.

O IPO da unidade Atacadão da Carrefour poderia aumentar até R$ 7,6 bilhões se a empresa exercersse a alternativa de vender ações complementares, de acordo com o prospecto. Carrefour e Península, uma empresa de investimentos controlada pelo bilionário Abilio Diniz, planeja vender até 400 milhões de ações por R$ 15 a R$ 19 reais cada, a empresa de Boulogne-Billancourt, na França, disse em um comunicado em junho. A operação vem sendo construída há mais de três anos e a data para formação do custo das ações está marcada para 18 de julho.Embora o pagamento do Carrefour seja grande em valor nominal, fica atrás de outros IPOs recentes como uma percentagem do tamanho do negócio. As delegações bancárias encarnam 2,75% da oferta da Atacadão, em comparação com 3,75% para a Azul e 4,41% para a companhia de aluguel de carros Movida Participacoes, conforme mostram os prospectos. As taxas de IPO do BB Seguridade foram 1,17% do total.- A J&F Investimentos concluiu as conversas para a venda de sua participação majoritária na Alpargatas ALPA4.SA> para o grupo formado por Cambuhy Investimentos e Itaúsa Investimentos ITSA4.SA> por conta de diferenças em relação ao custo, declarou uma pessoa com conhecimento direto do tema no domingo. De acordo com a fonte, a J&F não cedeu à pressão da Cambuhy Investimentos e da Itaúsa para que rdiminuísseo pcustopedido por sua fatia controladora de 86 por cento na Alpargatas ao término do pfasede exclusividade das negociações, no domingo. A fonte foi rejeitada a informar o tamanho de a diferença de custo. Mais cedo no domingo, a Reuters noticiou que Cambuhy e Itaúsa haviam oferecido entre 3,3 bilhões e 3,5 bilhões de reais pela Alpargatas. [nL1N1K0075] Cambuhy, Itaúsa e Bradesco não comentaram. A J&F não tinha uma observação de imediato sobre o tema. A J&F, holding que controla a fortuna da família Batista, precisa erguer capital para pagar uma multa recorde de 10,3 bilhões de reais calculada no acordo de leniência e refinanciar empréstimos a vencer. Faz 2 meses,, os irmãos Joesley e Wesley Batista assinaram acordo de leniência após admitirem o pagamento de propinas a cerca de 1.900 políticos, em maio. A fonte, que pediu anonimato por causa da sensibilidade do tema declarou: [nL1N1IX1FG] Os Batista recomeçarão a venda da Alpargatas por meio de processo competitivo “o mais breve possível”. A J&F contratou o Bradesco BBI como consultor na operação. As ações ordinárias da Alpargatas dispararam 35 por cento nos últimos três meses em meio a especulações de que os Batista a colocariam à venda. Os papéis acumulam valorização de 63 por cento neste ano. Segundo a fonte, a J&F busca um custo mais elevado pela sua fatia controladora na Alpargatas, que gerenciar uma extensa variedade de marcas de moda, incluindo a Osklen. Instituídos em 1962 durante o movimento de a Bossa Nova , famas Havaianas de a companhia utilizam mundialmente os chinelos. A Itaúsa gerenciar a fortuna das famílias Villela e Setubal, que controla o Itaú Unibanco ITUB4.SA>, maior banco privado da América Latina em termos de ativos. A Cambuhy, por sua vez, é o veículo de investimento da bilionária família Moreira Salles, que também é acionista do Itaú.Se a proposta fosse bem-sucedida, tanto Cambuhy quanto Itaúsa informaram reguladores em 26 de junho que dividiriam igualmente a participação na Alpargatas. Faz 1 mês, a Reuters noticiou a oferta preliminar. [nE6N1HD02P] Enquanto os credores pressionavam os Batista a renegociar mais de 30 bilhões de reais de dívidas da holding e da JBS, rITMO DAS NEGOCIAÇÕES As conversas entre J&F e o grupo formado por Cambuhy e Itaúsa ganharam ritmo nos últimos dias jBSS3.SA>, a maior produtora de carnes do mundo. A família Batista planejava utilizar os recursos provenientes da venda da Alpargatas para pagar um empréstimo de 2,7 bilhões de reais obtido junto à Caixa Econômica Federal, conforme noticiado pela Reuters no domingo. O empréstimo é alvo de inquérito do Tribunal de Contas da União por possíveis anormalidades. Faz 2 anos, os Batista adquiriram a Alpargatas de o conglomerado Camargo Corrêa [ PMORRC.UL], que também estava envolvido no escândalo de corrupção da Lava Jato. As fatias controladoras da J&F na fabricante de produtos lácteos Vigor e na produtora de celulose Eldorado Brasil também foram colocadas à venda e o processo está aprogredindo segundo informou a Reuters nas últimas semanas. A venda das participações na Alpargatas, na Vigor e na Eldorado podem render 10 bilhões de reais à J&F e rdiminuiro endividamento da holding em mais de 10 bilhões de reais, ddeclarouà Reuters no domingo a pessoa familiarizada com a estratégia da família Batista.- A liquidação financeira das operações do mercado de curto prazo de eletricidade referentes a maio arrecadou 1,87 bilhão de reais, de um total de 4,2 bilhões de reais em transações contabilizadas, informou nesta terça-feira a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica . O processamento, que promove pagamentos e recebimentos entre companhias do setor, registrou 2 bilhões de reais não pagos pelos agentes devido a liminares em que muitos conseguiram proteção contra o risco hidrológico na operação de hidrelétricas, uma disputa judicial que se arrasta desde meados de 2015. Outros 360 milhões de reais não foram pagos por outros motivos, declarou a CCEE.

Leer Más

Congresso aprova LDO de 2018 e abre percurso para recesso parlamentar

Por: SentiLecto

– O Congresso Nacional aprovou na noite de quinta-feira o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018 com meta fiscal de déficit primário para o setor público consolidado de 131,3 bilhões de reais, abrindo percurso para o recesso parlamentar de meio de ano. Por lei, o recesso parlamentar, que vai de 18 a 31 de julho, só pode acontecer depois de deduzida a eleição da matéria. A LDO, que estabelece as metas e prioridades para o governo federal no próximo exercício, segue agora para a sanção do presidente da República, Michel Temer. Segundo a Agência Câmara, um acordo de última hora, chancelado por diversos partidos políticos, levou deputado Marcus Pestana a exibi um adendo no plenário que, entre outros pontos, torna o Fundo Partidário despesa compulsória em 2018. Deputado Marcus Pestana é o relator da proposta. Isso o livra do contingenciamento realizado a cada ano, que incide apenas sobre as despesas não obrigatórias. O texto-base estabelece que toda ampliação de despesas compulsórias que acontecer no próximo ano terá de ser compensado por corte de outra despesa compulsória, seguindo norma proposta pelo relator da matéria. Em 11 meses, obedecendo em a norma constitucional de o telhado de gastos, as despesas mundiais poderão aumentar somente 3 por cento, percentual correspondente em a inflação medida por o IPCA em os 12 meses até junho de 2017.a prática, isso vai abrir espaço para expansão de 39 bilhões de reais em relação ao telhado deste ano, de 1,301 trilhão de reais. Do déficit primário de 131,3 bilhões de reais calculado para o setor público consolidado em 2018 –quinto rombo consecutivo nas contas públicas–, o governo federal responderá pelo déficit de 129 bilhões de reais. Estatais federais vão ter como meta déficit de 3,5 bilhões de reais, e para Estados e municípios, a projeção é de superávit de 1,2 bilhão.

Leer Más

Fiat Chrysler, Toyota e Daimler lideram vendas de automóveis na Europa em junho

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Toyota São Bernardo

Faz 1 mês, as vendas de carros em a Europa ampliaram 2,1 por cento, com a Fiat Chrysler Automobiles FCHA.MI> e a Toyota 7203.T> registrando fortes ganhos, em meio a sinais mistos nos cinco principais mercados da região, de acordo com dados da indústria divulgados nesta sexta-feira.

Toyota Motor Corporation é um fabricante automotivo japonês com sede na Toyota, província de Aichi, no Japão.

Leer Más

Biografia não autorizada conta trajetória e vida pessoal de Marcelo Odebrecht

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Marcelo Bahia Odebrecht

A trajetória de um dos protagonistas do escândalo de corrupção investigado pela Operação Lava Jato virou livro: “O Príncipe – uma biografia não autorizada de Marcelo Odebrecht”, escrito pelos jornalistas Regiane Oliveira e Marcelo Cabral, conta em detalhes a ascensão e queda do líder da maior construtora do país.

Marcelo Bahia Odebrecht é um engenheiro civil e empresário brasileiro.

Leer Más