Conheça o interior do Transamérica Prime Ribeirão Preto

Por: SentiLecto

Inaugurado em abril deste ano, o Transamérica Prime Ribeirão Preto busca levar para o público da região uma oferta distinguida. George Araújo conta que a proposta “Prime” veio desde a implantação. George Araújo é o administrador geral da propriedade. “Agora vem o período de categorização, já que serviços, localização e estrutura contemporânea nós temos”.

Leer Más

Como compreender seu cliente segundo o perfil dos brasileiros

Por: SentiLecto

– Conhecer o seu cliente e suas necessidades é primordial para o momento de oferecer vendas personalizadas. Em sua apresentação durante o Next Ribeirão Preto, Maria Camilla Alcorta reforçou o “poder de convencimento” que o agente tem no momento de esboçar as férias de seus clientes – e como que, com as informações corretas, pode oferecer melhores serviços e, consequentemente, obter uma ampliação de tíquete médio. Maria Camilla Alcorta é a sócia do Ideas4Brand. “Personalizar o simples o torna especial”, defende Maria Camilla. “Cada cliente tem uma característica. Qual é seu perfil? Tem filhos, viajam em datas comemorativas, férias, emendam feriados, pra onde já viajou, do que ele gosta”, propõe. Ao inseri perfis habituais de viajantes do Brasil no Exterior alegou: “Compreendendo o brasileiro eu consigo compreender melhor o cliente que vai na nossa agência”. Segundo Maria Camilla Alcorta, geralmente, o brasileiro gosta de ser servido. Por isso, “mimar” e conservar um alto nível de atenção é algo interessante para o desenvolvimento da relação. Alega: “Não tenham medo de vender, de aumentar o nível”. O agente de viagens também tem que estar ciente de desafios como o atraso e a falta de planejamento, segundo o expert. “Não adianta dar prazos, eles deixam tudo para a última hora mesmo.” Algumas qualidades vão diretamente ao encontro da oferta de produtos melhorados. O acesso à internet gratuito na hotelaria é um deles. “Os brasileiros são impressionantemente ‘digitais’, tem necessidade de mostrar a todos que estão desbravando o mundo”, exemplifica. O Next Ribeirão Preto é um acontecimento realizado pela PANROTAS Editora e tem o patrocínio de Avianca, Aeromexico, Cep Transportes, Rextur Advance e Transamérica Hospitality Group.

Leer Más

Veja quem compareceu ao Next Fortaleza; fotografias

Por: SentiLecto

– O séquito do Next recebeu cerca de 150 participantes em Fortaleza. O acontecimento reuniu no Gran Marquise Hotel conversas e ideias sobre o atual momento da indústria de viagens e o que é projetado para o futuro. Os assuntos discutidos contaram com participação constante do trade de Fortaleza. Cheque mais fotografias no álbum abaixo. O Next Fortaleza foi um acontecimento realizado pela PANROTAS Editora e teve o patrocínio de Avianca, Cep Transportes, Gran Marquise Hotel, Iberostar Hotels & Resorts, Noruega, Rextur Advance e Transamérica Hospitality Group

Leer Más

Como a empatia com o cliente assistência na venda de viagens

Por: SentiLecto

– A inovação abre o ciclo de apresentações do Next Fortaleza. Em mais uma apresentação, Alexandre Cordeiro sobe ao palco do acontecimento para desmistificar a ideia de que investir no cliente solicita milhões e milhões de reais. Alexandre Cordeiro é o fundador da Travel Tech Hub. Segundo ele, as companhias têm que voltar seu olhar e sua atenção ao seu cliente antes de pensar em todo um maquinário tecnológico. Em outros vocábulos, o profissional de viagens deve ter empatia e buscar compreender quais são as reais necessidades do seu passageiro fidelizado ou eventual cliente. “Para quem [cliente] não está contente, procure compreender por que ele não adquiriu com vocês, agentes de viagens. Escute o seu cliente mais ‘reclamão’ que perdeu um voo”, exemplificou. Ele, em alusão às ochancessurgidas por meio esse olhar ddistinguido. declarou: “A resposta dele não pode trazer medo, ali está o ouro para vocês”.Para reforçar a concepção de personalização, Cordeiro realça que o agente de viagens tem que ficar cada vez mais longe do balcão de vendas, ou seja, não competir por custo. De acordo com ele, quem entra nesse embate acaba por perder em fidelização, satisfação e até mesmo lucratividade. O palestrante acredita também que para modificar sua companhia em um player distinguido não é preciso estar no Vale do Silício, a meca da inovação de empresas de todo mundo avaliadas em bilhões de dólares. “A indústria de turismo é repleta de chance e problema. A inovação pode vir de qualquer lugar”, concluiu. O Next Fortaleza é um acontecimento realizado pela PANROTAS Editora e tem o patrocínio de Avianca, Cep Transportes, Gran Marquise Hotel, Iberostar Hotels & Resorts, Noruega, Rextur Advance e Transamérica Hospitality Group

Leer Más

Next é êxito de público em Brasília; cheque fotografias finais

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – NeXTstation

– A primeira edição do Next em Brasília pode ser sintetizada em êxito. Na manhã e no começo da tarde de hoje, cerca de 90 convidados compareceram ao Hplus Cullinan, que o público aprovou a organização e os temas com unanimidade, para acompanhar as discussões e os debates sobre assuntos mais relevantes e quentes da indústria. Anote na sua agenda que a séquito da PANROTAS irá desembarcar em Cuiabá no dia 20 de junho para mais um acontecimento. A PANROTAS Editora realiza O Next Brasília, e conta com o suporte de Hplus Cullinan, Avianca, Cep Transportes, Hoteldo, Iberostar, Transamérica Hospitality Group e Turismo do Espírito Santo

– Os agentes mais uma vez questionaram o papel de a Abav de viagens. Na segunda edição do Next na capital goiana, a entidade local novamente recebeu críticas dos presentes. Dos cerca de 80 visitantes , agentes compõem metade de a plateia e somente um é associado à Abav. Uma profissional questionou a presidente estadual Eliene Meireles sobre a falta de ação no que diz respeito à busca de melhores condições com fprovedores dando ênfase ao incentivo por parte das consolidadoras. Em fala sistemática, Eliene garante que nenhuma outra entidade luta pela classe como a Abav. Ela relembrou, ainda, que a unidade goiana da associação foi a única a não ampliar a mensalidade dos agentes, atualmente em R$ 86. “Quem declarou que Abav não abraça essa causa? O que ocorre atrás do bastidor é um trabalho árduo em prol do agente de viagens”, declarou. Abordou-se a experiência de o viajante em outro momento de a discussão, novamente . Se a viagem caiu no gosto do brasileiro e hoje somos 90 milhões de consumidores, cabe aos agentes a função de oferecer um produto que adeque ao bolso, como pontuou a diretora da Ideas4Brand, Maria Camilla Alcorta. “Em um ano mais difícil, ofereça preço menor. Ofereça agora Buenos Aires ou até mesmo uma viagem no Brasil, se ele [cliente] vai todos anos aos Estados Unidos. Por isso é bastante importante ter o histórico do seu cliente”, analisou. Flávio Marques comentou sobre o encerramento de unidades físicas pelo Brasil. Flávio Marques é o diretor comercial da Rextur Advance. A unidade localizada em Aparecida de Goiânia é nova, pode receber ainda 20 novos profissionais e atende hoje dezenas de cidades. “Nós investimos fortemente em tecnologia e telefonia. É bom evidenciar que conservaram-se nossas equipes e trabalham sob o modelo home based ”, realçou. A PANROTAS Editora realiza O Next Goiânia, e conta com o suporte de Castro’s Park Hotel, Avianca, Cep Transportes, Hoteldo, Iberostar,Transamérica Hospitality Group e Turismo do Espírito Santo.- Inovar custa bastante dinheiro… certo? Bem, nem tanto. Alexandre Cordeiro, que acumula uma década de experiência no Sabre começa a série de palestras do Next Goiânia para mostrar ao trade local que a inovação não é tecnologia e tecnologia não é instituir um Alexandre Cordeiro, que acumula uma década de experiência no Sabre começa a série de palestras do Next Goiânia para mostrar ao trade local que a inovação não é tecnologia e tecnologia não é instituir um aplicativo superpotente e atual. Alexandre Cordeiro, que acumula uma década de experiência no Sabre é o fundador da Travel Tech Hub. Alexandre Cordeiro, que acumula uma década de experiência no Sabre é o fundador da Travel Tech Hub.” “A meu ver, inovação é resolver problemas. A gente deve olhar para o problema e pensar em como solucionar, enxergar as chances. A tecnologia é um meio de resolver problemas, é o que nos possibilita a chegar em uma possível resposta”, resumiu o profissional. Isso significa, de acordo com Cordeiro, que não é preciso injetar milhões de reais para cumpri um cliente. Ao aplicar sua concepção para a indústria de viagens, os agentes devem, sobretudo, priorizar o atendimento e entender as tão faladas necessidades do viajante. Em suma, o trade deve olhar para chances, ter empatia e interesse em saber mais sobre a experiência de viagem. Não se tem que deixar de lado o entendimento da real necessidade do cliente e, por fim, perguntar sem ter medo das respostas, ou seja, caso ele tenha fechado um pacote com a concorrência, não assinalar o dedo. “Fique longe do balcão de vendas. Quanto mais ficar, menos valor vai gerar, menos fidelização, menos recompra. Você sempre declarará ‘oi cliente novo”, direcionou Cordeiro aos agentes de viagens. O executivo ainda exibiu uma amostra de pesquisa realizada com viajantes do Centro-Oeste. Dos 50 entrevistados, metade relatou ter padecido problemas com viagens, com ênfase a obstáculos com voos , hotéis e destinos . A PANROTAS Editora realiza O Next Goiânia, e conta com o suporte de Castro’s Park Hotel, Avianca, CEP Transportes, Hoteldo, Iberostar,Transamérica Hospitality Group e Turismo do Espírito Santo.O ano de 2017 inicia hoje para o Next. O acontecimento realizado pela PANROTAS chega hoje à cidade de Goiânia para ddebatertendências, fmaneirasde agentes de viagens melhorarem a venda, o futuro da indústria, entre outros. O hotel Castro’s Park recebe cerca de 80 convidados.

Leer Más