Debate sobre norma de ouro não é ‘adaptada’ para o momento, declara Meirelles

Por: SentiLecto

Após reunião com o presidente Michel Temer, e em meio a conflito com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia Henrique Meirelles, alegou nesta segunda-feira que a flexibilização da chamada norma de ouro, que impede tomar dívidas em volume maior que investimentos, não é “adaptada” para o momento atual. Rodrigo Maia é o ministro da Fazenda.

Leer Más

Em fricção com Meirelles, Maia tira ‘norma de ouro’ de PEC do Orçamento

Por: SentiLecto

Em fricção com o ministro Henrique Meirelles , Rodrigo Maia orientou o deputado Pedro Paulo a não tratar mais da “norma de ouro” do gasto público no texto da PEC que está elaborando há cerca de um mês. Rodrigo Maia é o presidente da Câmara.

Leer Más

Maia rebate Meirelles e declara que ‘não vai haver discussão da norma de ouro na Câmara’

Por: SentiLecto

Rodrigo Maia alegou nesta sexta-feira que os deputados não vão mais discuti mudanças na chamada “norma de ouro” —medida que restringe a habilidade da União de inchar despesas públicas emitindo dívidas em volume superior a investimentos. Rodrigo Maia é o presidente da Câmara.medida que restringe a habilidade da União de inchar despesas públicas emitindo dívidas em volume superior a investimentos.

Leer Más

Bolsa engata décima alta seguida e fecha a semana em topo histórico

Por: SentiLecto

A Bolsa de Brasil engatou a décima alta seguida nesta sexta e teve a melhor sequência de valorizações desde julho de 2010, em semana marcada por indicadores econômicos positivos e pela assistência do exterior, onde os índices de America atingiram platô máximos. O dólar foi conservado em a casa de R$ 3,23.

Leer Más

Temer vetará Refis de micro e pequenas companhias

Por: SentiLecto

– O presidente Michel Temer irá vetar o refinanciamento de dívidas para pequenas e microempresas, o Refis. O prazo para essa resolução, que faz parte de uma proposta aprovada pelo Congresso Nacional, vence hoje. A informação é dGuilherme Afif Domingos que esteve reunido com o presidente nesGuilherme Afif Domingos que esteve reunido com o presidente nesta tarde. Guilherme Afif Domingos é o presidente do Sebrae. Guilherme Afif Domingos é o presidente do Sebrae.— Foi um projeto aprovado com extensa maioria. Não é um veto por questões políticas, mas um veto por questões técnicas. Sanado o problema , a vontade política continua — declarou, após a reunião. Segundo integrantes palatino todos os ministérios envolvidos pediram o veto à proposta. A explicação é que não foi feito estudo de efeito financeiro e que essa nova despesa contrariaria a Lei de Responsabilidade Fiscal. De acordo com o autor do texto, o deputado Otávio Leite , o Refis iria beneficiar cerca de 600 mil companhias, que devem hoje à União R$ 20 bilhões. As normas estipulavam parcelamento das dívidas em até 175 vezes, com diminuição significativa de juros e multas. Uma vez que implicaria em uma renúncia de receitas por parte da União sem a previsão de uma compensação, a polêmica sobre o veto ou sanção do projeto gira em torno do efeito fiscal da medida , o que poderia se caracterizar como uma infração à Lei de Responsabilidade Fiscal.A equipe econômica é oposta à medida. O assunto agora regressará a Câmara dos Deputados que, após estudo técnico sobre a renúncia fiscal e as compensações. O Congresso também pode derrubar o veto. O presidente viajou de manhã para São Paulo com a primeira-dama, Marcela, e o filho Michel. Enquanto Temer foi para seu escritório, os dois foram para a casa da família , segundo informações da “GloboNews”, onde se encontrou com o economista, Delfim Netto, e o advogado Antônio Cláudio Mariz, amigo de longa data do presidente. Ainda neste final de semana, o presidente tem que passar por exames médicos em razão de complicações urológicas. O presidente passou por dois procedimentos cirúrgicos no final de 2017 para tratar do problema.

Leer Más