Alckmin declara que depois que PSDB definir candidatura, só debaterá coalizão

Por: SentiLecto

Recém-eleito Geraldo Alckmin declarou neste sábado que só vai debater coalizão para 2018 depois da definição dGeraldo Alckmin declarou neste sábado que só vai debater coalizão para 2018 depois da definição das candidaturas na Presidência da República. Geraldo Alckmin é presidente nacional do PSDB. Geraldo Alckmin é presidente nacional do PSDB.A expectativa era que já se definisse na convenção nacional do partido o nome de Alckmin como candidato tucano.

No entanto, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, também se arremessou pré-candidato e defendeu a execução de prévias “duras”. Alckmin declarou não ver problemas em enfrentar o correligionário.

Questionou-se Alckmin em entrevista após a convenção, sobre uma eventual coalizão com o PMDB, partido de o presidente Michel Temer.

Na sua vez, o presidente falou com jornalistas durante almoço em homenagem aEvo Molares promovido no Palácio do Itamaraty. Evo Molares é o presidente boliviano.

Na sábado 02 de dezembro Ao lado do Geraldo Alckmin o presidente Michel Temer havia declarado que o desembarque do PSDB do governo seria “de modo cortês e elegante”. Geraldo Alckmin é governador de São Paulo.

O governador respondeu: “As coalizão são depois das definições das candidaturas”.

A relação entre o PSDB e o governo já vinha se desgastando e se agravou nos últimos dias, quando ministros criticaram o partido.

O ministro Henrique Meirelles , que também quer disputar a Presidência, chegou a declarar, em entrevista à Folha, que Alckmin não seria o candidato do governo.

A maioria do domo tucana defendeu não limitar qualquer coalizão por enquanto. O único que discursou contra uma eventual parceria com o PMDB foi Arthur Virgílio.

Na entrevista, Alckmin também defendeu a reforma da Previdência e declarou que faria uma reunião na semana que vem para debater um eventual encerramento de questão, ou seja, avaliar se o partido determinará ou não que seus parlamentares votem em defesa da reforma, sob pena de penalizações que podem chegar à expulsão da legenda.

Padilha declarou não acreditar que a declaração de Meirelles possa fazer com que a bancada tucana vote contra a reforma previdenciária.filia-se Meirelles a o PSD, sigla que tem 38 cadeiras em a Câmara. De acordo com a contabilidade de integrantes da sigla, somente oito deputados se disseram favoráveis à reforma.Kassab apoia eventual candidatura do senador José Serra a governador e trabalha para ser vice na chapa. O seu grupo político considera que a candidatura de Alckmin à Presidência se consolidou e te não houver outra chapa de centro, evai erámais cpossibilidadess como defendeu Meirelles.

“Pessoalmente, sou favorável à reforma da Previdência. Minha posição pessoal é pelo encerramento de questão. O percurso agora é o do convencimento”, alegou o governador.

Ainda na agenda econômica, se declarou em defesa de privatizações, das concessões e das PPPs .

Ao falar aos jornalistas, Alckmin agradeceu ao senador Tasso Jereissati e ao governador Marconi Perillo , que abriram mão de disputar o comando do partido.

Também se declarou “bastante honrado” com o suporte do prefeito de São Paulo, João Doria, que desistiu de disputar a Presidência da República.

Questionado sobre o constrangimento que o senador Aécio Neves poderá provocar à legenda, o governador de São Paulo ddeclarouasomenteque mineiro “tem uma história de serviço prestado e vcuidaráda sua defesa”.

Se vaiou Aécio a o chegar em a convenção de a legenda local após somente 40 minutos . e deixou olocal após somente 40 minutos.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Brazil

Cities: Sao Paulo, Manaus

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Alckmin declara que depois que PSDB definir candidatura, só debaterá coalizão
>>>>>Meirelles fez uma análise sociológica sobre PSDB, diz Temer – December 05, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Desembarque do PSDB será ‘cortês e elegante’, diz Temer – December 02, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Saída do PSDB será definida entre Temer e Alckmin, diz Padilha – (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Para Tasso, declaração de Padilha reflete sentimento do PSDB – (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>PSDB quer vetar reeleição para cargos no partido e mudar distribuição de recursos – November 30, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Temer diz que delação da JBS prejudicou nova previdência e pede apoio – (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Governo terá candidato na eleição de 2018 e não será Alckmin, diz Meirelles – (FolhaGeneric)
>>>>>Tasso critica Meirelles e cobra partido do ministro sobre Previdência – December 05, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Meirelles está começando campanha muito mal, diz líder do PSDB – (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Em crise, tucanos e governistas veem falta de habilidade de Meirelles – December 05, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>Meirelles constrange ala do PSD a favor de aliança com PSDB – (FolhaGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Geraldo Alckmin 60 0 PERSON 8 Alckmin: 5, Geraldo_Alckmin (apposition: governador de São_Paulo): 1, Geraldo_Alckmin (apposition: presidente nacional de o PSDB, o governador de São_Paulo): 2
2 eu 80 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
3 Kassab 48 0 PERSON 4 Kassab: 1, (tacit) ele/ela (referent: Kassab): 3
4 Henrique Meirelles 0 0 PERSON 4 O ministro Henrique_Meirelles: 2, Meirelles: 2
5 Neves Aécio 0 50 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Aécio): 1, Aécio: 1, o senador Aécio_Neves: 1
6 Arthur Virgílio 0 0 PERSON 3 Arthur_Virgílio: 2, (tacit) ele/ela (referent: Arthur_Virgílio): 1
7 governador 0 0 NONE 3 governador: 1, o governador: 2
8 reforma 0 0 NONE 3 a reforma previdenciária: 1, a reforma: 1, reforma: 1
9 sigla 0 0 NONE 3 a sigla: 1, sigla: 2
10 constrangimento 0 100 NONE 2 o constrangimento: 2