CMMPVComissC3B5esMistasMedidasProvisC3B3rias282510283998229.jpg

Aliados de Temer diminuem gravações e efeito na base aliada

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – CMMPV – Comissões Mistas Medidas Provisórias (25102839982)

Aliados do presidente Michel Temer seguiram a linha de defesa adotada pelo Palácio do Planalto.

Michel Miguel Elias Temer Lulia é um político, advogado, professor universitário e escritor brasileiro, atual presidente brasileiro após o impeachment da titular, Dilma Rousseff.

Nesta sexta-feira , peemedebistas desqualificaram o empresário Joesley Batista companhia que controla o frigorífico JBS. O empresário Joesley Batista é proprietário da JeF.

A reportagem alega que se gravou o senador Aécio Neves pedindo R$ 2 milhões a Joesley e que a quantia foi entregue a um primo do tucano, em ação filmada pela PF.Segundo “O Globo”, Joesley e seu irmão Wesley foram aa salinha do ministro do Supremo Edson Fachin para selar um acordo de delação premiada.

Na quarta-feira 26 de abril o presidente Michel Temer havia exonerado três ministros com mandatos de deputado federal para que regressem à Câmara e votem no projeto da reforma trabalhista, considerado crucial pelo governo para a retomada econômica e que v vai testara base aliada antes da veleiçãoda reforma da Previdência.

“Criminoso”, “bandido” e “safado” foram alguns dos termos usados pelo deputado Darcísio Perondi para qualificar Batista.

Carlos Eduardo Xavier Marun ou simplesmente Carlos Marun é um político brasileiro, filiado ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro .

O deputado Carlos Marun foi na mesma linha.

“O presidente, logo no começo da conversa, viu que estava diante de um charlatão. Não imaginava que seria um vendedor de gravações. Não imaginou que estava sendo gravado, mas viu que estava diante de um charlatão, de um bufão alegou Marun. Um bufão é um conversador fiado”.

Ambos negaram que Temer tenha cometido crime de prevaricação ao deixar de informar as autoridades de Polinesia Francesa que Joesley Batista tinha relações com dois juízes e um procurador em Brasília com o objetivo de obstruir ações da Justiça.

Quando um funcionário público deixa de comunicar um crime que presenciou, o crime de prevaricação acontece ou teve conhecimento.

“Ele recebe um empresário, se o assombra, o maior empresário de carnes do mundo, não desejava receber e recebe na casa dele. O Michel, que desejava que expulsasse [palatinopalatino]?”, declarou Perondi, não acreditava no que estava escutando.

Marun alegou: “O presidente não compreendeu que seria o caso para ele arremessar uma suspeita que seria tida como obstrução da Lava Jato, arremessar suspeita sobre um procurador”.

A conversa conservada entre o empresário Joesley Batista e o presidente Michel Temer no Palácio do Jaburu revela que o peemedebista tomou conhecimento de um plano para destituir um procurador da República que investigava a JBS, mas não reagiu de maneira oposta à estratégia.

Também não há informação de que Temer tenha procurado a PGR ou outra autoridade de inquérito para informar sobre o plano.

O presidente informou, via assessoria, “que defende extensa e profundo inquérito para apurar todas as acusações veiculadas pelo jornalismo, com a responsabilização dos incertos envolvidos em quaisquer ilícitos que venham a ser comprovados.”Nesse mesmo encontro, o presidente deu seu aval para que a JBS pagasse propina para garantir o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha na prisão, segundo a delação.

Os deputados também relativizaram o fato de partidos como PPS e Podemos terem anunciado saída da base.

O PHS se reúne na terça-feira , mas tem que seguir o mesmo percurso.

O domo do PSB , que já havia se afastado do governo ao fechar questão contra as reformas trabalhista e da Previdência, faz reunião neste sábado para debater a entrega de posições.

Por enquanto, o único aliado a entregar a posição foi Roberto Freire , que comandava o Ministério da Cultura.

“Infelizmente alguns partidos, no calor dos eventos, tomaram a resolução apressada de deixar a base. O somatório dos deputados desses partidos tem que ser uns 20 ou 25 deputados. O que nós desejamo? Que eles voltem. Eles são importantes na nossa base”, declarou Carlos Marun.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: Brazil

Cities: Brasilia

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Aliados de Temer diminuem gravações e efeito na base aliada
>>>>>Áudio mostra Temer dando aval a compra do silêncio de Cunha, diz jornal – (FolhaGeneric)
>>>>>Temer confirma encontro com Joesley, mas nega ter comprado silêncio de Cunha – (FolhaGeneric)
>>>>>Temer antecipou corte de juros do BC a Joesley, segundo delação – May 18, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Em gravação, ‘Temer dá aval a compra de silêncio de Cunha’, diz jornal – (BBCBrasil-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 65 8 NONE 9 (tacit) eu: 9
2 Carlos Marun 0 0 PERSON 5 Carlos_Marun: 2, O deputado Carlos_Marun: 1, Marun: 2
3 Joesley e seu irmão Wesley 100 80 PERSON 4 Joesley e seu irmão Wesley: 1, (tacit) eles/elas (referent: Joesley e seu irmão Wesley): 3
4 Michel Temer 0 0 PERSON 4 Temer: 2, o presidente Michel_Temer: 2
5 presidente 0 0 NONE 4 O presidente: 3, o presidente: 1
6 Batista Joesley 0 40 PERSON 3 Joesley_Batista: 1, o empresário Joesley_Batista: 1, o empresário Joesley_Batista (apposition: dono de a JeF): 1
7 JBS 0 0 ORGANIZATION 3 o frigorífico JBS: 1, a JBS: 2
8 crime 0 160 NONE 2 um crime: 2
9 charlatão 0 100 NONE 2 um charlatão: 2
10 partidos 0 90 NONE 2 esses partidos: 1, alguns partidos: 1