FedericaMogheriniOfficial.jpg

Bangladesh e Myanmar negoceiam solução para a crise dos rohingyas

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Federica Mogherini Official

O Bangladesh e Myanmar começaram negociações com vista ao repatriamento dos mais de 600 mil rohingyas que foram obrigados a escapar da antiga Birmânia.

De visita a Myanmar, o secretário de estado de Noruega falou com representantes do governo do país sobre a situação dos rohingya.

Na terça-feira 07 de novembro o Conselho de Segurança da ONU havia condenado unanimemente a violência em Myanmar, que já havia obrigado 600 mil pessoas da comunidade Rohingya a escaparem para o Bangladesh.

Etimologicamente: Nação Bengali) e oficialmente República Popular do Bangladesh, é um país de Asipovicy, rodeado quase por inteiro pela Índia, excepto a sudeste, onde tem uma pequena fronteira terrestre com Myanmar.

A União Europeia e a China apoiam as iniciativas do governo do Bangladesh com vista a encontrar uma solução para a crise. A chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, que o último relatório, do grupo de coordenação intersetorial da ONU, dá conta da chegada de 620 mil rohingyas ao Bangaldesh em dois meses e meio, assim como outros ministros dos Negócios Estrangeiros visitaram este domingo o campo de refugiados de Kutupalong. “Mais do que pressionar, declararia que a nossa abordagem sempre foi e continua a ser abrir o espaço para a negociação. É da responsabilidade das autoridades encontrar soluções e a comunidade internacional mencionou algumas, especialmente o plano de Kofi Annan, e Aung San Suu Kyi comprometeu-se a implementá-las e estamos aqui para apoiá-la nesse sentido”alegouou Mogherini.

Numa conferência de jornalismo conjunto,Tillerson pediu respeito pelos direitos humanos e a execução de uma “investigação credível” sobre a crise que dos rohingya. San Suu Kyi, que tem sido bastante criticada pela falta de envolvimento neste caso, garantiu que não tem estado quieta e que o seu objetivo não é “colocar uns contra os outros”.

Federica Mogherini é a Alta Representante da UE para Política Externa e Segurança, designada a 30 de agosto de 2014.

Fonte: Euronews-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: China

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Bangladesh e Myanmar negoceiam solução para a crise dos rohingyas
>>>>>EUA querem um inquérito “credível” sobre crise dos rohingya – November 15, 2017 (Euronews-pt)
>>>>>>>>>Trudeau instala debate dos direitos humanos nas Filipinas – November 14, 2017 (Euronews-pt)
>>>>>>>>>>>>>Trump aguardado com protestos nas Filipinas – November 11, 2017 (Euronews-pt)
>>>>>>>>>Geldof devolve prémio da Liberdade de Dublin – November 14, 2017 (Euronews-pt)
>>>>>>>>>Exército do Myanmar nega abusos – November 14, 2017 (Euronews-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Myanmar 0 60 PERSON 4 a (referent: Myanmar): 1, Myanmar: 3
2 Federica Mogherini 0 0 PERSON 4 Mogherini: 1, Federica_Mogherini: 3
3 eu 0 24 NONE 2 (tacit) eu: 2
4 O Bangladesh e Myanmar 0 0 ORGANIZATION 2 (tacit) eles (referent: O Bangladesh e Myanmar): 1, O Bangladesh e Myanmar: 1
5 San Suu Kyi 0 0 PERSON 2 San_Suu_Kyi sido: 2
6 a violência 0 80 NONE 1 a violência: 1
7 muito criticada 0 60 NONE 1 muito criticada: 1
8 a falta de envolvimento 0 50 NONE 1 a falta de envolvimento: 1
9 Aung San Suu Kyi 0 40 PERSON 1 Aung_San_Suu_Kyi: 1
10 o campo de refugiados de kutupalong 0 40 NONE 1 o campo de refugiados de Kutupalong: 1