Durante julgamento no TRF-4, defesa de Lula declarará que Moro não tinha proficiência para tocar o caso

Por: SentiLecto

Alvo preferido A defesa de Lula passou os últimos dias definindo a linha de argumentação que vai exibi no julgamento do ex-presidente no TRF-4. O juiz Sergio Moro não vai fugir de ataques. Os advogados deram indicações de que têm que reafirmar que ele não tinha proficiência para tocar o caso.

Da tua boca baseia-se a tese contra Moro em a alegação de que, ao admitir que o tríplex supostamente reformado para Lula não tem vínculo com contratos da Petrobras, o juiz abriu uma avenida para a denúncia de que não era juiz natural do caso.

“Basta para a configuração que os pagamentos sejam realizadas em razão do cargo ainda que em troca de atos de ofício indeterminados, a serem praticados assim que as oportunidades apareçam”, escreveu o juiz.Enquanto esteve internado no Hospital Sírio-Libanês, o Ministerio Público Federal declara que a apuração sobre o caso corrobora a versão exibida por Costamarques, que declarou que assinou uma série de recibos de anos anteriores , no fim de 2015.se o acusa lula de receber R 3,7 milhões em propina de a empreiteira OAS, em decorrência de contratos de a companhia com a Petrobras . $ 3,7 milhões em propina da empreiteira OAS, em decorrência de contratos da companhia com a Petrobras. O valor, segundo a denúncia, refere-se à suposta cessão pela OAS do apartamento tríplex no Guarujá ao ex-presidente, às reformas feitas pela construtora no imóvel e ao transporte e armazenamento de seu acervo presidencial.

No domingo 07 de janeiro em memória? Se a corte decidir rifar Lula, um ex-integrante do Tribunal Superior Eleitoral advertia: da disputava bastante em cima do primeiro turno, era capaz de a fotografia dele ter de ser conservada na urna.

Da tua boca 2 A defesa de Lula se sustenta no trecho de uma resposta de Moro, de julho de 2017, a questionamento sobre a condenação do ex-presidente por corrupção passiva e lavagem de dinheiro nesse processo.

“As pessoas que leram a sentença puderam constatar que construiu-se uma condenação sem que houvesse qualquer elemento de culpa. Baseia-se a condenação meramente em hipóteses, especulações e crenças que foram ali reveladas em torno de essa sentença “, declarou.

Leia a íntegra do Painel aqui.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Durante julgamento no TRF-4, defesa de Lula declarará que Moro não tinha proficiência para tocar o caso
>>>>>Falar em prisão de Lula é ato político ou de ‘pessoas desinformadas’, diz defesa – (FolhaGeneric)
>>>>>Força-tarefa reitera que considera falsos recibos apresentados por Lula – January 12, 2018 (FolhaGeneric)
>>>>>Tribunal suspende prazos e altera expediente durante julgamento de Lula – January 11, 2018 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Operador nega ter mantido conta de propina para Lula na Espanha – January 09, 2018 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Depois de contrariar governo Temer, Samper assina manifesto pró-lula – January 10, 2018 (FolhaGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Ministerio Público Federal 0 50 ORGANIZATION 5 (tacit) ele/ela (referent: O Ministerio_Público_Federal): 3, O Ministerio_Público_Federal: 1, (tacit) ele (referent: O Ministerio_Público_Federal): 1
2 eu 0 20 NONE 3 (tacit) eu: 3
3 Sergio Moro 0 0 PERSON 3 O juiz Sergio_Moro: 1, ele (referent: O juiz Sergio_Moro): 1, Moro: 1
4 condenação 0 120 NONE 2 uma condenação: 1, A condenação: 1
5 acusação 0 100 NONE 2 a acusação: 2
6 a defesa de lula 0 0 NONE 2 A defesa de Lula: 2
7 Costamarques 0 0 PERSON 2 Costamarques: 2
8 Lula 0 0 PERSON 2 Lula: 2
9 boca 0 0 NONE 2 tua boca: 2
10 indicações 0 0 NONE 2 indicações: 2