Fere-se Sem-teto a bala em megainvasão bernense

Por: SentiLecto

Disparo atingiu um homem de arma de fogo em a tarde de este sábado em a megainvasão de o MTST em São Bernardo do Campo , em a Grande São Paulo. O sem-teto teve a bala alojada no braço, mas não corre risco de falecer.

O ferimento provocou um combate de versões. Segundo relatos dos sem-teto, os tiros teriam saído de algum dos condomínios de classe média alta ao redor do terreno, ocupado neste mês por cerca de 6.500 famílias. Já líderes de um movimento de habitantes do entorno, opostos à invasão, atribuíram a responsabilidade aos próprios sem-teto, aafirmandoque, na tarde deste sábado, oaconteciauma fcelebração”sem controle” no local.

De acordo com Andreia Barbosa, 34, uma das coordenadoras da profissão Povo Sem Medo, os disparos aconteceram por volta das 17h. “Estava todo mundo reunido, fazendo a construção de uma cozinha coletiva. Chegou um rapaz advertindo que tinham atirado dos edifícios para baixo, e que o homem [autor dos disparos] ainda ficou mostrando a arma.” Se feriu um idoso segundo ela, também de raspão por um tiro que ricocheteou em um vaso sanitário.

O MTST alega que o homem ferido é Aldinei Serapião da Silva. É estável, se o encaminhou segundo a Prefeitura de São Bernardo do Campo, a o Pronto-Socorro Central e o quadro de. Ele passaria por cirurgia na noite deste sábado para a retirada do projétil e tem que ficar em comentário até domingo .

Na sua vez, bomfim e a vizinha, a ajudante de cozinha desempregada Patrícia dos Santos Silva, 37, declararam que esta foi a primeira vez que participam de uma profissão. “Soubemos por amigos e decidimos participar. Em vez de ficar em casa, decidimos reivindicar a nossa casa”, declarou Patrícia.

O grupo de habitantes opostos na invasão, chamado de MCI, emitiu nota após Guilherme Boulos relatar em vídeo postado numa rede social o que chamou de ataque. Guilherme Boulos é coordenador do MTST.O texto, “que tem que assumir o risco das pessoas que estão dentro daquele espaço”. declara: “O MCI, que ainda declara que fez um ato pacífico na manhã deste sábado, com “famílias e pessoas de bem, reivindicando segurança a todo o bairro e justiça por compreender que a profissão é irregular e não tem nenhuma cobertura das legislações vigentes”.

Segundo Boulos, essa é a maior profissão realizada pelo MTST nos últimos anos, superando a profissão Copa do Povo, em Itaquera , que tinha cerca de 3.500 famílias. Faz 15 dias, a invasão iniciou, após um levantamento feito por o movimento mencionar falta de moradia em a região de o ABC. Ele alega que o local estava vazio há mais de 30 anos.

A área pertence à construtora MZM, que não conseguiu a reintegração de posse na Justiça. Uma audiência de conciliação, na sexta-feira , concluiu sem acordo.

A autônoma Rosa Rodrigues da Silva, 61, decidiu fazer da garagem da casa dela, na rua João Augusto de Sousa, que dá acesso à área invadida, uma lojinha de doces e salgados.

Em nota sobre a profissão, a Prefeitura de São Bernardo declarou que não consente com o “modelo de invasão por moradia” e evidenciou que muitas das pessoas no terreno não moram em São Bernardo.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Brazil

Cities: Sao Bernardo Do Campo, Sao Paulo

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Fere-se Sem-teto a bala em megainvasão bernense
>>>>>Megainvasão em terreno no ABC reúne 6.500 famílias sem-teto – September 14, 2017 (FolhaGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 MCI 0 0 ORGANIZATION 7 O MCI: 2, MCI: 1, (tacit) ele/ela (referent: MCI): 4
2 MTST 60 0 ORGANIZATION 6 (tacit) ele/ela (referent: O MTST): 2, Ele (referent: O MTST): 1, ele (referent: O MTST): 1, O MTST: 1, o MTST: 1
3 ocupação 0 60 NONE 5 a maior ocupação realizada: 1, a ocupação: 2, uma ocupação: 1, ocupação: 1
4 local 0 80 NONE 3 local: 3
5 homem 0 70 NONE 3 Um homem: 1, o homem ferido: 1, o homem: 1
6 Guilherme Boulos 0 0 PERSON 3 Guilherme_Boulos (apposition: coordenador de o MTST): 1, Boulos: 2
7 Prefeitura de São Bernardo 0 0 ORGANIZATION 3 a Prefeitura_de_São_Bernardo: 1, (tacit) ele/ela (referent: a Prefeitura_de_São_Bernardo): 2
8 invasão 0 0 NONE 3 A invasão: 1, a invasão: 2
9 nós 0 0 NONE 3 (tacit) nós: 3
10 sem-teto 0 0 NONE 3 sem-teto: 2, O sem-teto: 1