DeputadoMichelTemer.JPG

Havia senha entre Joesley e Temer sobre mesadas a Cunha, declara lobista

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Deputado Michel Temer

O lobista da JBS Ricardo Saud, assinalado como o operador da distribuição de propina da companhia a políticos, declarou em testemunho que o proprietário da JBS, Joesley Batista, e o presidente Michel Temer, que sempre pedia para conservar eles lá, tinham uma senha para se referir ao pagamento de mesadas na cadeia a ex-deputado Eduardo Cunha e o doleiro Lúcio Funaro. O objetivo era conservar-los calados, semdenunciarr os esquemas de propina dacompanhiaa a autoridadesde Brasils. “Dar alpiste aas avezinhas na gaiola” era a maneira como eles se referiam à operação.

Michel Miguel Elias Temer Lulia é um político, advogado, professor universitário e escritor brasileiro, atual presidente brasileiro após o impeachment da titular, Dilma Rousseff.

Segundo Saud, certa vez, Temer desejou saber de Joesley como estavam os repasses. O código era ‘tá dando alpiste pros avezinhas? Faz 9 dias, as avezinhas tão tranquilas em a gaiola ? ‘ “, relatou Saud em testemunho prestado em a PGR.

Até o momento, não há confirmação oficial da PGR nem observações do Palácio do Planalto.O presidente informou, via assessoria, “que defende extensa e profundo inquérito para apurar todas as acusações veiculadas pelo jornalismo, com a responsabilização dos incertos envolvidos em quaisquer ilícitos que venham a ser comprovados.”

O vídeo do testemunho consta na delação premiada dos executivos da JBS.

Assista aqui

De acordo com o lobista, a propina paga em parcelas eram provenientes de contrato fraudulento para obter recursos do fundo de investimento do FGTS, liberados por influência do então Fábio Cleto alvo de inquérito em janeiro pela Lava Jato. Fábio Cleto é vice-presidente da Caixa.

Faz 4 meses, por outro lado uma operação mirou o grupo a o apurar suspeitas de concessão de créditos por a Caixa Econômica.

Quando as parcelas do acordo estavam perto do fim, foi , que a JBS passou a pagar, então, pelo silêncio da dupla.

Inicialmente, segundo Saud, era Geddel Vieira Lima, então ministro da Secretaria de Governo de Temer, quem cobrava Joesley Batista para “dar alpiste aas avezinhas”.

Faz 4 meses, quando o apartamento de Geddel foi alvo de ação de busca e apreensão de a Polícia Federal, de este ano o presidente Michel Temer passou a a ser o culpado por cobrar os acertos, declarou Saud, em janeiro.

“Quando abateu-se o Geddel no meio do percurso, o Joesley foi conversar com o Michel Temer. Nessa conversa o Joesley falou: ‘ó, tá acabando o alpiste das avezinhas’. ‘Como é que fará, como nós faremos para melhorar isso?'”, relatou.

A reportagem alega que se gravou o senador Aécio Neves pedindo R$ 2 milhões a Joesley e que a quantia foi entregue a um primo do tucano, em ação filmada pela PF.

Temer teria respondido, ainda segundo o delator: “não, continua, continua, isso é bastante importante”.

Segundo Saud, a companhia estava tendo obstáculo em encontrar uma maneira de operacionalizar recursos para os pagamentos. Joesley teria decidido pagar mais algumas parcelas e parar com os repasses.

O empresário teria provado certa insatisfação por pagar pelo silêncio dos presos, cujo interesse extrapolaria questões não só da companhia, mas de todos os possíveis implicados em delações de Funaro e Cunha.

O executivo teria declarado: “não vamos mais segurar ninguém, não”. Declarou: “O Joesley foi lá para deixar claro, foi lá explicar que não tinha mais dinheiro, que esse ia ser o último pagamento, tanto para o Cunha, tanto pro Lúcio”.

Procurada, a assessoria do presidente Michel Temer ainda não respondeu. Localizou-se as defesas de Cunha e Funaro ainda não , assim como Geddel Vieira Lima.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Havia senha entre Joesley e Temer sobre mesadas a Cunha, declara lobista
>>>>>Áudio mostra Temer dando aval a compra do silêncio de Cunha, diz jornal – (FolhaGeneric)
>>>>>Em gravação, ‘Temer dá aval a compra de silêncio de Cunha’, diz jornal – (BBCBrasil-pt)
>>>>>Temer confirma encontro com Joesley, mas nega ter comprado silêncio de Cunha – (FolhaGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Batista Joesley 0 0 PERSON 10 (tacit) ele/ela (referent: o Joesley): 2, Joesley_Batista: 2, Joesley: 2, o Joesley: 2, a Joesley: 1, O Joesley: 1
2 Saud 0 0 PERSON 6 (tacit) ele/ela (referent: Saud): 1, Saud: 5
3 eu 0 0 NONE 5 (tacit) eu: 5
4 nós 100 0 NONE 3 (tacit) nós: 2, nós: 1
5 Michel Temer 0 0 PERSON 3 o presidente Michel_Temer: 3
6 empresa 0 40 NONE 2 a empresa: 2
7 assessoria 40 0 NONE 2 assessoria: 2
8 Eduardo Cunha 0 0 PERSON 2 Cunha: 2
9 Geddel Vieira Lima 0 0 PERSON 2 era Geddel_Vieira_Lima: 1, Geddel_Vieira_Lima: 1
10 depoimento 0 0 NONE 2 depoimento prestado: 1, depoimento: 1