AbuBakrstopsMeccanMob.jpg

Líder do Estado Islâmico está morto, declara ONG; Pentágono não confirma

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Abu Bakr stops Meccan Mob

A ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos alegou nesta terça-feira que fontes da milícia radical Estado Islâmico confirmaram a morte do líder do grupo extremista, Abu Bakr al-Baghdadi, que questionada sobre o anúncio, a aliança internacional que luta o EI liderada pelos Estados Unidos declarou não estar em condições de confirmar a informação.

Abdullah ibn Abi Qhuhafah, mais conhecido por sua alcunha, Abu Bakr, Abu Becre ou Abu-Béquer foi um dos companheiros de Maomé .

O diretor da ONG, Rami Abdel Rahman disse: “Autoridades do EI presentes na província de Deir Ezor confirmaram ao OSDH a morte de Abu Bakr al-Baghdadi, emir do EI”.

“Nós tomamos conhecimento hoje, mas não sabemos quando e como ele faleceu”, adicionou.

Se confirmada, a morte de Baghdadi vai ser um novo severo golpe ao grupo extremista sunita, que acaba de ser expulso de Mossul e é alvo de uma ofensiva da coalizão árabe-curda em seu principal reduto sírio de Raqqa.

Na sua vez, esta manhã, um canal de TV de Iran# dava conta de um comunicado interno do grupo Estado Islâmico, descoberto em Mossul, onde se evocaria apenalizaçãoo de vários combatentes por tentarem filtrar informação sobre a morte de Baghdadi.Foi assim que ele nasceu e se fortaleceu. O EI é, antes de tudo, resultado do combate sectário que tomou conta iraquiana após a queda de Saddam Hussein . Em última análise, é um motim sunita contra os abusos, as revanches e a opressão dos governos dos EUA, que viam em todo sunita um potencial apoiador de Saddam, e de Nouri Al Maliki, o político xiita alçado ao poder em Bagdá por Washington.

Na sexta-feira 23 de junho a chancelaria da Rússia havia declarado ser “bastante provável” que o líder da organização terrorista Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, tenha falecido em um bombardeava na Síria em maio, havia informado a agência de notícias de Rusia RIA.

Logo após a divulgação da informação pela ONG, Donald Trump alegou no Twitter que houve uma “grande triunfo contra o Isis”. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos.

Baghdadi “estava na província de Deir Ezzor”, no leste da Síria, nos últimos meses, completou o diretor da OSDH, evidenciando, porém, que se ele havia, não está claro sido morto nessa região, ou em outro lugar.

Embora a organização continue a perder terreno no país e também no vizinho Iraque, a província de Deir Ezzor permanece em grande parte controlada pelo EI. no vizinho Iraque.

Faz 1 mês, a Rússia alegou que bastante possivelmente havia matado Abu Bakr al-Baghdadi em um ataque aéreo em 28 de maio, próximo a Raqqa, em o norte de a Síria, em 22 de junho. Nenhuma outra fonte não confirmou essa informação.

Em reação ao anúncio do OSDH, coronel Ryan Dillon mencionou que “não pode confirmar esta informação Coronel Ryan Dillon é o porta-voz de America da aliança internacional., mas espero que seja verdade”.

Desde 2014, rumores sobre a morte de Al-Baghdadi circularam com certa regularidade, mas se os confirmaram jamais . Os Estados Unidos ofereciam 25 milhões de dólares pela captura do líder extremista.

Até o momento, o EI não confirmou nem negou oficialmente a informação em seus canais de comunicação habituais.

Faz 3 anos, foi em Mossul que o chefe de o EI fez seu único fantasmazinho público em a mesquita Al-Nuri.

À BBC Sally Becker, que esteve durante os últimos meses em Mossul.É declara: “É o pior combate que vi, a pior destruição e o pior estado humanitário, porque estão sozinhos e doentes”. assim que Sally Becker, diretora da ONG britânica Road to Peace, descreve sua experiência na cidade iraquiana de Mossul, especialmente em referência à situação das crianças.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: United States, Syria, Russian Federation, Brazil

Cities: Mesquita

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Líder do Estado Islâmico está morto, declara ONG; Pentágono não confirma
>>>>>’As crianças estão vivendo como ratos': a dramática situação dos sobreviventes de Mossul após a expulsão do Estado Islâmico – (BBCBrasil-pt)
>>>>>Observatório sírio confirma morte de líder do grupo Estado Islâmico – (Euronews-pt)
>>>>>Sonho de califado é destruído, mas chance de EI se erguer é enorme – July 10, 2017 (FolhaGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 EI 60 0 ORGANIZATION 5 (tacit) ele/ela (referent: o EI): 1, o EI: 3, O EI: 1
2 Abu Bakr 0 85 PERSON 4 matado Abu_Bakr al-Baghdadi: 1, (tacit) ele/ela (referent: Abu_Bakr al-Baghdadi): 1, Abu_Bakr al-Baghdadi: 2
3 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
4 informação 0 0 NONE 4 esta informação: 1, a informação: 1, Essa informação: 1, informação: 1
5 Baghdadi 0 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Baghdadi): 1, ele (referent: Baghdadi): 1, Baghdadi: 1
6 Mossul 0 0 PLACE 3 Mossul: 3
7 a morte de baghdadi 0 190 NONE 2 a morte de Baghdadi: 2
8 batalha 0 180 NONE 2 a pior batalha: 2
9 resultado de a guerra sectária 0 140 NONE 2 resultado de a guerra sectária: 2
10 Bagdá_por_Washington 0 70 PLACE 2 Bagdá_por_Washington: 1, (tacit) ele/ela (referent: Bagdá_por_Washington): 1