Meninos presos em caverna na Tailândia: equipes de resgate começam retirada dos 5 restantes

Por: SentiLecto

Estes são links externos e vão abrir numa nova janela

Se a reiniciou a operação para retirar quatro meninos e o técnico de futebol que permanecem e poderá ser deduzida ainda em esta terça-feira. Se salvaram outros oito integrantes de o grupo em os últimos dois dias e, de acordo com representantes de o governo, estão em ” bom estado de saúde físico e mental “, mas vão ficar em comentário na clínica por pelo menos sete dias.

Faz 1 mês, os 12 meninos e o treinador entraram em a caverna, depois de um treino, e acabaram assombrados por fortes chuvas que inundaram a caverna e bloquearam a saída do local. Mergulhadores encontraram eles em a semana passada , após nove dias. Estavam famintos, mas sem ferimentos graves.

Os que continuam presos recebem agora cuidados e orientações de um médico e de mergulhadores da força de operações especiais da Marinha. A última etapa do esforço para salvar-los começou logo após as 10h no horário local , com 19 mergulhadores entrando na caverna.

Se submeteram os oito salvados já entre domingo e segunda-feira a exames de raio-x e de sangue. Dois estão sendo tratados contra uma inflamação pulmonar.

Autoridades sanitárias explicaram que nesse período de readaptação fora da caverna, inicialmente eles receberam comidas instantâneas e géis energéticos, mas agora estão comendo alimentos fáceis de digerir. Alguns dos meninos também já viram seus pais – mas somente através de um vidro para diminuir possibilidades de eventual contaminação.

Se todos os sinais de infecção tiverem, se esperam resultados de exames adicionais dentro de alguns dias e sumido, a expectativa é que as famílias possam visitá os.. No entanto, deverão vestir roupas de proteção e de ficar a até 2 metros de distância.

A retirada deles pode durar entre dois e três dias, segundo as autoridades. A rota de saída tem 4 quilômetro de distância e vários trechos submersos.

Os meninos também têm de utilizar óculos escuros depois de terem ficado na escuridão da caverna por mais de duas semanas.

O bem-sucedido resgate de oito deles renovou as esperanças de que todo o grupo possa, finalmente, sair são e resgatado de lá e em um tempo mais curto que o inicialmente calculado.

Autoridades locais e experts ponderavam, inicialmente, conservar-los dentro da caverna até o fim dofaseo de monções na região – a estação mais chuvosa, o que poderia levar o resgate atardarr pelo menos quatro meses.

As chuvas, porém, estão somente iniciando e com a chance de ampliar nos próximos dias a inundação que os deixou presos na caverna, a missão acabou sendo antecipada.

Segundo a equipe de resgate, a redução das chuvas e do nível da água – depois que foram drenados 128 milhões de litros do local – possibilitou adiantar os trabalhos. Segundo o líder da operação, o nível de água no interior da caverna é o mais baixo registrado até agora.

Para sair do local – localizado a mais de 800 metros abaixo do solo – eles precisam caminhar nas pedras, andar na água, escalar e mergulhar – tudo na completa escuridão – com a ajudinha de cordas colocadas ao longo de todo o caminho para guiá-los.

Ao todo, 90 mergulhadores estão envolvidos na operação de resgate – 40 tailandeses e 50 estrangeiros. Considera-se a missão de alto risco.

Existe a preocupação das autoridades, no entanto, de não gerar falsas esperanças. Afinal, as informações mais atualizadas assinalam que ainda falta salvar com êxito quatro crianças e o treinador delas.

Se divulgaram as identidades de as crianças até agora, não que já foram resgatadas.

A BBC procurou profissionais do seu serviço global na para compreender motivações culturais que podem estar por trás de tamanha precaução na divulgação de informações.

Há pelo menos três – compreenda abaixo.

Osottanakorn deixou muito claro, depois que o primeiro período de resgate concluiu “com bastante mais Sucesso que o esperado” -, que a identidade das crianças salvadas não seria revelada por respeito às famílias cujos filhos continuam presos.

Os parentes ficam todos juntos em um acampamento montado na entrada da caverna. Enquanto alguns festejam o deleite de ver, as autoridades não desejam que suas crianças salvas, outros vivam a agonia de seguir minuto a minuto o restante das operações.

Desde que se ficou sabendo do desaparecimento de 12 adolescentes e seu treinador, o povoado mais próximo da caverna, Maesai, .

Voluntários têm se oferecido para auxiliar com alimentos e suporte psicológico às famílias dos jovens, além de terem arrecadado dinheiro para aauxiliaros parentes que precisaram se ausentar do trabalho para acompanhar as operações.

As autoridades de Tailandia também desejam estabelecer um “cordão sanitário” para evitar o vazamento de informações que possa prejudicar o resgate ou atingir a sensibilidade das famílias.

O acesso de celulares no acampamento, por exemplo, está restrito a alguns membros da equipe de resgate. Se compartilham as informações também somente com um grupo diminuído de pessoas.

Também há uma preocupação com o trabalho do jornalismo. No domingo, Narongsak Osottanakorn criticou a atuação de alguns veículos que fizeram escutas na comunicação da polícia via rádio e que utilizaram drones para acessar áreas restritas.

Os pais das crianças seguem a orientação das autoridades e também se conservam reservados.

Existe um ditado de Tailandiade Tailandia que declara: “Vais evitar ofender a quem te auxilia pedindo mais do que este lhe dá.”

“Não seinquietemm comigo. Estou seguro”, declarou um dos garotos, chamado Pong. Outro escreveu: “Nick ama papai, mamãe e os irmãos. Por favor me tragam mookatha para comer”, se eu conseguir sair, mãe e pai.Mas nas primeiras horas do domingo, os jornalistas foram realocados para um ponto mais afastado e ampliou o número de policiais na entrada, ampliando a especulação de que o resgate iniciaria.

Por isso, segundo profissionais do serviço de Tailandia da BBC, os pais que aguardam o resgate dos filhos não pedem mais informações do que as que lhes são oferecidas, conscientes dos esforços empreendidos pelas autoridades e equipes de resgate.

O povo de Tailandia, conhecido por ser modesto e respeitoso, valoriza imenso a mobilização destes agentes e não deseja comprometer o andamento das operações pedindo mais informações.

Nesta cultura, é um sinal de reconhecimento aceitar o que se o dá sem fazer questões.

Sem contato

Ainda de acordo com o chefe da equipe de resgate, até mesmo o contato físico dos jovens salvados com os entes desejados seria evitado até que um risco de infecção tivesse passado, embora possa ser permitido que eles se vejam à distância ou por meio de uma proteção de vidro.

Segundo a equipe de meteorologistas da BBC Weather, há previsões de borrascas tropicais na região próxima à caverna nos próximos dias.

O plano para o próximo período, segundo Osottanakorn, é trazer mais quatro garotos. Dessa maneira, somente o técnico ficaria mais algumas horas dentro da caverna.

Os garotos fazem parte do time de futebol Wild Boars e têm entre 11 e 17 anos. Acredita-se que eles foram para a caverna no dia 23 de junho, após um treino, para comemorar o aniversário de um dos colegas. Teriam levado somente alimentos básicos e acabaram presos por causa da enchente. Salvaram-se quatro integrantes de o grupo em o domingo, mas as identidades de eles não foram reveladas :

Fonte: BBCBrasil-pt

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Meninos presos em caverna na Tailândia: equipes de resgate começam retirada dos 5 restantes
>>>>>Como é a perigosa operação de resgate de meninos presos em caverna na Tailândia – July 09, 2018 (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>Temendo chuvas, equipe começa resgate de meninos presos em caverna na Tailândia – July 08, 2018 (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>>>>>Meninos presos em caverna na Tailândia: com chuvas fortes previstas, equipes de resgate correm contra o tempo – (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>>>>>Meninos presos em caverna na Tailândia: Resgate com mergulho ainda não é possível – (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>>>>>Como resgate de meninos presos em caverna uniu moradores e voluntários na Tailândia – (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>Recomeça resgate de meninos em caverna na Tailândia; o que sabe até agora – July 09, 2018 (BBCBrasil-pt)
>>>>>’Não se preocupem com a gente’, escrevem garotos presos em caverna na Tailândia – July 07, 2018 (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>Quais são as opções para salvar os garotos presos em uma caverna na Tailândia? – (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>Resgate na Tailândia: garotos podem ‘permanecer na caverna por meses’ – (BBCBrasil-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 80 10 NONE 10 (tacit) eu: 8, eu: 1, me: 1
2 caverna 0 40 NONE 8 a caverna: 6, caverna: 2
3 resgate 140 4 NONE 5 o resgate: 3, O bem-sucedido resgate de oito: 1, resgate: 1
4 autoridades 0 0 NONE 5 Autoridades sanitárias: 1, As autoridades tailandesas: 1, as autoridades: 2, As autoridades: 1
5 informações 0 0 NONE 5 as informações: 1, As informações: 1, mais informações: 2, informações: 1
6 presos 0 320 NONE 4 presos: 4
7 chuvas 160 0 NONE 3 fortes chuvas: 2, As chuvas: 1
8 famílias 0 0 NONE 3 as famílias: 3
9 grupo 0 0 NONE 3 todo o grupo: 1, o grupo: 2
10 mergulhadores 0 0 NONE 3 90 mergulhadores: 1, mergulhadores: 2