Mortes: Psicanalista, estudou o autismo em crianças

Por: SentiLecto

Toda vez que o grupo de amigos de Silvana Rabello marcava algum programa, a psicóloga dava um jeito de levar a turma para sua casa. Seu programa preferido era receber os amigos. A amiga Silvia Meirelles, conta era seu bordão,: “Chega aí” que fazia de tudo para deixar os convidados confortáveis, , e

A preocupação com o bem-estar alheio ia bastante além da vida pessoal: Silvana foi uma das coordenadoras da Rede Sampa, programa da Prefeitura de SP de atenção à saúde mental, e professora de psicologia da PUC de São Paulo.

Não era só por educação: ela preferia mesmo estar em movimento. Em viagem a Roma e a Jerusalém aos 97 anos, por exemplo, Agatha reclamava da falta de disposição dos colegas, segundo conta Ana Maria, sua sobrinha-neta.

Na quarta-feira 21 de junho quem procurava tratamento com o psiquiatra Paulo Gaudêncio deveria se preparar para técnicas menos ortodoxos. Apesar da formação em medicina, medicamento, por exemplo, era a última alternativa. Bastante antes vinham a psicanálise e psicoterapias, como o psicodrama .

Sua pesquisa em torno da linguagem foi fundamental para compreender o autismo em crianças e adolescentes, recorda a amiga Adela Stoppel, que dividiu com ela um consultório de psicanálise.

Até depois dos 90, tomava diariamente o trem até Osasco, na Grande SP, onde trabalhou por décadas como assistente social da associação Pestalozzi, que atende crianças e jovens com deficiência.

“Teve um trabalho importante não só com as crianças ou com as mães, mas também com os médicos, para ensiná-losoaprotagonismoa de tratar, além do corpo do bebê, sua saúde mental”,declaraz a colega.

Apaixonada por música, costumava coordenar saraus em casa para receber os amigos e frequentava a Sala São Paulo, espaço de música clássica da capital paulista. O piano foi um dos refúgios que encontrou para auxiliar-la na luta contra o câncer, diagnosticado há dois anos.

Na clínica, pediu que uma amiga violonista tocasse “Gabriela”, de Tom Jobim. Mas não teve tempo de escutar. Faz 22 dias, faleceu em o último, depois de cinco dias em coma, deixando a mãe, irmão, sobrinho e incontáveis amigos.

A ideia era chegar a Minas e tomar um trem. Mas teve medo de entrar naquela coisa fumacenta, que jamais tinha visto antes, e dormiu três dias na estação até instituir coragem. De trem em trem chegou ao Brás, no centro de SP.De pais de Espanha, viveu por muito tempo no sítio da família, onde se semeava de tudo, mas, principalmente, o mamão, que girou a economia da cidade por anos.

Pilar.obituario@grupofolha.com.br

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Mortes: Psicanalista, estudou o autismo em crianças
>>>>>Mortes: Assistente social ágil e disposta até os 102 anos – June 30, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Mortes: Retirante, cruzou o país para ganhar a vida – June 27, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Mortes: Jornalista e professor, dirigiu faculdade em SP – June 23, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Mortes: Sindicalista, conhecia todos na 25 de Março – June 20, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Mortes: Médico e mergulhador, comandou a saúde em São Paulo – June 16, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Mortes: O médico que não receitava remédios – (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Mortes: Apresentadora infantil e militante política – (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Mortes: Cantora, rodou o mundo com sua voz aguda – June 24, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Mortes: Estudante, foi buscar respostas na bicicleta – June 25, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Mortes: Rei das disputas geográficas e astronômicas – June 29, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Mortes: Rei do mamão, participou até de novela em Minas Gerais – June 28, 2017 (FolhaGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Sala São Paulo 0 0 ORGANIZATION 3 a Sala_São_Paulo: 1, (tacit) ele/ela (referent: a Sala_São_Paulo): 2
2 era 0 0 NONE 3 era: 3
3 eu 0 0 NONE 3 (tacit) eu: 3
4 trem 0 0 NONE 3 trem: 2, o trem: 1
5 mamão 100 140 NONE 2 o mamão: 2
6 saúde 260 0 NONE 2 sua saúde mental: 1, a saúde mental: 1
7 Adela Stoppel 160 0 PERSON 2 a amiga Adela_Stoppel: 2
8 Silvia Meirelles 160 0 PERSON 2 a amiga Silvia_Meirelles: 2
9 refúgios 60 0 NONE 2 os refúgios: 2
10 Agatha 0 0 PERSON 2 Agatha: 1, (tacit) ele/ela (referent: Agatha): 1