Nervosismo na Coreia não inquieta Thomas Bach

Por: SentiLecto

A família Olímpica encontra-se reunida em Lima, no Peru, para o 131º congresso ordinário do Comité Olímpico Internacional. Além da formalização parisiense como cidade sede dos Jogos de 2024, o debate centra-se naturalmente nos Jogos de Inverno, que têm começo em fevereiro em PyeongChang, na Coreia do Sul. Uma região em estado de combate frio, mas nada que inquiete Thomas Bach:

De alguma forma, a herança do combate funciona como combustível ideológico para o regime dos Kim. Também é uma das razões que explicam sua insistência em desenvolver um arsenal nuclear, apesar das constantes críticas internacionais. Person declara: “Eles decidiram utilizar a história para justificar a opressão do povo e a indigência”.Person declara que “toda a cidade de Pyongyang foi mudada para debaixo da terra, e isso teve um tremendo efeito psicológico nos seus moradores”. O expert explica que o medo persiste até hoje e a isso o fato é devido de que armazéns e instalações críticas continuem sendo conservados em grandes profundidades.

Na quinta-feira 31 de agosto Após o lançamento de um míssil de Noruegade Noruega que havia sobrevoado o Japão, as forças aéreas dos Estados Unidos e da Coreia do Sul haviam realizado exercícios sobre a península coreana.

Thomas Bach é um ex-campeão olímpico alemão de esgrima e atual presidente do Comitê Olímpico Internacional, posição para o qual foi eleito durante a 125ª Sessão do COI, em Buenos Aires, Argentina, em 2013.

“Apelamos a que a diplomacia e a paz prevaleçam na península coreana. Até ao momento não existe sequer a suspeita de uma ameaça à segurança dos Jogos no contexto daostnervosismosexistentes entre a Coreia do Norte e os outros países.”

Coincidência ou não, a verdade é que a 150 dias do começo dos Jogos, só estavam vendidos 22% dos bilhetes para os 17 dias de competição. Mais uma dor de cabeça para PyeongChang, que decidiu apostar tudo numa nova campanha de venda online.

Fonte: Euronews-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Peru, France

Cities: Paris, Lima

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Nervosismo na Coreia não inquieta Thomas Bach
>>>>>’Bombardeamos tudo que se movia': os ataques que explicam o rancor histórico da Coreia do Norte com os EUA – (BBCBrasil-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Thomas Bach 0 6 PERSON 2 Thomas_Bach: 2
2 razões 120 0 NONE 2 as razões: 2
3 Jogos de Inverno 0 0 ORGANIZATION 2 os Jogos_de_Inverno: 2
4 Person 0 0 PERSON 2 Person: 2
5 PyeongChang 0 0 PLACE 2 PyeongChang: 2
6 a Coreia_do_Sul 0 0 PLACE 2 a Coreia_do_Sul: 2
7 início 0 0 NONE 2 início: 1, o início: 1
8 nada 0 0 NONE 2 nada: 2
9 o lançamento de um míssil norte-coreano 0 0 NONE 2 o lançamento de um míssil norte-coreano: 2
10 península 0 0 NONE 2 a península coreana: 2