Resgate na Tailândia: As 3 chaves que explicam como 12 meninos e seu treinador sobreviveram por 17 dias na caverna

Por: SentiLecto

Estes são links externos e vão abrir numa nova janela

Dezessete dias se passaram até que todos os e seu técnico de futebol fossem salvados.

O mundo acompanhou o drama que concluiu na segunda-feira, com o resgate bem-sucedido de todo o grupo do complexo de cavernas Tham Luang, na , apesar da morte de um dos mergulhadores socorristas.

Mas antes de dois mergulhadores ingleses os encontrarem, no dia 3 de julho, e de começarem a receber tratamento de experts, o grupo sobreviveu nove dias no escuro, sem ter certeza de que uma operação de busca estava em curso do lado de fora da caverna.

Gotas de água, lanches de aniversário e contemplação auxiliaram a conservar a equipe viva até a chegada dos mergulhadores.

Faz 1 mês, Pheeraphat Sompiengjai, conhecido como Night, desejou comemorar, completados em o dia 23 de junho, com seus 11 colegas de o time de futebol e o técnico depois de o treino de aquele dia. Foram passear no complexo de cavernas, mas ficaram presos por causa das cheias.

Os garotos haviam adquirido lanche para festejar o aniversário. Tudo menciona que foram os petiscos que auxiliaram a sobreviver no fase em que ficaram sumidos.

Não se sabe exatamente como o pequeno suprimento de comida que o grupo levava se o consumiu em o fase, mas o técnico Ekapol Chantawong teria se rejeitado a comer para deixar mais para os meninos. Se os encontrou por isso, era o mais fraco de o grupo quando .

Eles receberam “alimentos especiais, de fácil digestão e mais calóricos, com vitaminas e minerais, sob a supervisão de um médico”, segundo informou o almirante Arpakorn Yuukongkaew, comandante da Marinha Tailandesa, quando as equipes de resgate chegaram.

“Havia um pouquinho de esperança, e devíamo trabalhar com isso. No final, essa pontinha de esperança se tornou realidade”, comemorou Yuukongkaew. “Estou contente, e acho que os tailandeses também estão.”Narongsak Osotthanakorn declarou que a saúde da maior parte dos garotos “melhorou e está normal”, e que os mergulhadores socorristas continuam a ensiná-losmétodoss de mergulho e de respiraçãodebaixoo d’água.

Na quarta-feira 04 de julho encontrar os jovens havia sido difícil, mas salvar-los da gruta em que se encontravamm na Tailândia podia serr ainda mais complicado. Os 12 rapazes equipa de futebol estavam já acompanhados por sete elementos de uma unidade especial da Marinha de Tailandiade Tailandia que incluía um médico e um psicólogo.

Eles também contaram com gotas d’água que pingavam na caverna.

Os médicos que trataram os meninos depois do resgate declararam que eles estavam em bom estado de saúde, dadas as condições às quais estavam submetidos.

O resgate inicia na manhã de domingo, 8 de julho. O risco de mais chuvas tornava o resgate urgente. Já no primeiro dia, quatro são retirados da caverna. A missão é bem-sucedida nos dois dias seguintes, concluindo com cinco resgates nesta terça-feira.

Thongchai Lertwilairattanapong, inspetor do setor de saúde tailandês declarou: “Estavam em boas condições e não estavam estressados”. “A maioria deles perdeu 2 quilos”.

Experts estimam que o ser humano possa ficar sem comer por um fase de 30 a 45 dias, mas que não resiste bastante sem água.

Alguns calculam que o tempo de sobrevivência sem ingerir o líquido varia de três a cinco dias, dependendo da pessoa, mas há casos que superam esse limite.

Quando os meninos ficaram presos, o suprimento de ar não era, inicialmente, um problema.

Anmar Mirza, coordenadora nacional da delegação de resgate de cavernas nos EUA declara: “A maioria das cavernas tem ar natural”.

No entanto, à medida que os dias foram passando, o nível de oxigênio na caverna caiu. Se o diminuiu de os %21 normalmente registrados, a cerca de %15.

E foi justamente ao transportar tanques de ar para os garotos que o mergulhador da Marinha de Tailandia Saman Gunan faleceu.

O grupo estava sumido havia 9 dias e muitos já haviam perdido as esperanças quando, finalmente, um desses experts, um mergulhador britânico, encontrou as crianças e o técnico com vida em um nicho aumentado dentro da profunda rede de cavernas. Eles estavam a 4 quilômetros da entrada. O vídeo em que o mergulhador conversa em inglês com uma das crianças correu o mundo. Os meninos contam com a assistência de um dos membros da equipe, Adul Samon, de 14 anos, que fala inglês. “Somos só dois. Mas muita gente está vindo”, declara o mergulhador. O capítulo mostrava o que era possível alcançar juntando as melhores habilidades internacionais por uma causa.

A maior preocupação era com a saúde mental do grupo.

O time devia lidar com a escuridão e com a dúvida sobre se havia ou não uma operação em curso para procurá-los.

O treinador se esforçou para conservar os meninos serenos. Ex-monge budista, ele ensinou métodos de contemplação para auxiliar os garotos a controlar o estresse.

Na carta que escreveu, o treinador pediu desculpas aos pais por ter levado os meninos à caverna. “Prometi que cuidaria das crianças da melhor maneira que eu pudesse.” Mas a maioria dos pais respondeu declarando que não o culpavam.

Fonte: BBCBrasil-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United States, Thailand

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Resgate na Tailândia: As 3 chaves que explicam como 12 meninos e seu treinador sobreviveram por 17 dias na caverna
>>>>>Resgate na Tailândia: sete momentos emocionantes de operação heroica – July 10, 2018 (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>Meninos presos em caverna na Tailândia: Resgate com mergulho ainda não é possível – (BBCBrasil-pt)
>>>>>Resgate na Tailândia: ‘Não pensávamos que fossemos conseguir’ – (BBCBrasil-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 90 0 NONE 6 (tacit) eu: 5, eu: 1
2 caverna 0 0 NONE 5 a caverna: 5
3 meninos 0 80 NONE 4 Os meninos: 1, os meninos: 3
4 o treinador 30 0 NONE 4 o (referent: o treinador): 1, (tacit) ele/ela (referent: o treinador): 3
5 grupo 0 30 NONE 3 o grupo: 2, O grupo: 1
6 condições 80 0 NONE 3 boas condições: 1, as condições: 2
7 garotos 0 160 NONE 2 Os garotos: 1, os garotos: 1
8 presos 0 160 NONE 2 presos: 2
9 médicos 0 80 NONE 2 Os médicos: 2
10 mundo 80 50 NONE 2 O mundo: 1, o mundo: 1