Temer decide afastar vice-presidentes da Caixa por 15 dias

Por: SentiLecto

O presidente Michel Temer decidiu afastar por 15 dias quatro vice-presidentes da Caixa, após recomendação do Banco Central e do MPF .

São eles: Deusdina dos Reis Pereira , Roberto Derziê de Sant’Anna , Antônio Carlos Ferreira e José Henrique Marques da Cruz, chefe da área de Clientes, Negócios e Transformação Digital.

O Banco Central propôs que a Caixa Econômica Federal afaste os seus atuais vice-presidentes após inquéritos do próprio banco e do MPF assinalarem suspeitas de corrupção e outras anormalidades envolvendo executivos da instituição. O Ministério Público pedia o afastamento dos 12 vices.

Temer anunciou sua resolução depois de a Folha revelar nesta tarde que o Banco Central recomendou o afastamento deles. Faz 6 dias, encaminhou se o pedido de o BC em a presidente de o Conselho de Administração da Caixa, Ana Paula Vescovi, também chefe de o Tesouro.A recomendação é a segunda desde o mês passado.

Por outro lado, os procuradores, com isso, decidiram reenviar a recomendação a Temer. Se enviou o documento em a última quinta em a procuradora-geral de a República, Raquel Dodge pois cabe a ela encaminhar essa espécie de comunicação ao chefe do Executivo.

Na segunda-feira 08 de janeiro o presidente Michel Temer não havia atendido a recomendação do MPF de afastamento de todos os vice-presidentes da Caixa, incluindo os sob suspeita de anormalidades.

A Procuradoria da República no Distrito Federal, que governa apurações sobre esquemas de desvio na Caixa, solicitou ao banco e ao Palácio do Planalto a destituição dos vices em dezembro, mas a Casa Civil, seguindo orientação do presidente Michel Temer, afirmou que não tinha proficiência para isso.

ESFERA CÍVEL

Na última quinta , os investigadores reiteraram a sugestão e advertiram a Temer que ele poderá ser responsabilizado, na esfera cível, se conservar vices que venham a ser acusados de crimes.

O pedido do BC foi elaborado após informações sobre a situação dos executivos serem encaminhadas à área de fiscalização do Banco Central.

O documento, obtido pela Folha, foi enviado na última quarta pelPaulo Sérgio Neves de Souza na presidente do Conselho de Administração da Caixa, Ana Paula Vescovi. Paulo Sérgio Neves de Souza é o diretor de Fiscalização do BC.Ele recorda que, por regra do BC, diretores de instituições financeiras públicas têm que ter fama ilibada e notória habilidade. Informa que os inquéritos advertem para os riscos de “imagem, reputacional e legal” aos quais o banco está submetido, “circunstância que orienta a readequação do seu quadro de gerentes, para que se promovam as condições para o fiel cumprimento da disciplina estabelecida na legislação e na regulamentação em forcita”.

O diretor escreveu: “O Central do Brasil, no exercício da proficiência que lhe o ordenamento jurídico checa ela quanto em a supervisão de as instituições reguladas e em a manutenção de a normalidade e de a estabilidade de o Sistema Financeiro Nacional ,ecomenda que seja avaliado o teor do sumário executivo do indicado relatório [de inquérito da Caixa], para conseqüência de afastamento e substituição dos vice-presidentes em referência, sem perda da adoção de outras medidas destinadas a melhorar a escolha dos dirigentes dessa instituição, incluindo o ajuste em seu regulamento”.

Ele requereu resposta à recomendação no prazo máximo de 30 dias.

Nesta terça, Gilberto Occhi se reuniu com Ilan Goldfajn para debater a questão. Gilberto Occhi é o presidente da Caixa. Ilan Goldfajn é o presidente do BC. Na véspera, Occhi informou à Folha desconhecer a solicitação do BC.

CIRCUNSTÂNCIAS POLÍTICAS

O atendimento às duas recomendações tem sido sujeito à avaliação das circunstâncias políticas.

O Planalto tem resistido a afastar os vices porque teme retaliação dos partidos que os mencionaram no debate e na eleição da reforma da Previdência.

O governo tem levado em banho-maria o processo de aprovação do novo regulamento da Caixa, que dá ao Conselho de Administração do banco poderes para afastar os vices. O documento está atualmente sob análise do Ministério da Fazenda.

O BC não se pronunciou sobre a recomendação de afastamento.

O novo requerimento enfraquece a situação dos executivos. Como mostrou a Folha na segunda , quatro vices da Caixa são alvo de operações do MPF que tratam esquemas de corrupção para liberar investimentos a grandes companhias.

A Folha antecipou os dados.

Se mencionou Occhi em a delação premiada de o corretor Lúcio Funaro. Quando vice-presidente de Governo da Caixa, Occhi tinha, ele declarou que uma “meta de propina”. O executivo nega.

As apurações da Caixa, governadas pela corregedoria do banco e por três escritórios independentes contratados, confirmaram anormalidades em operações e riscos de ingerência política na administração do banco.

Como a Folha revelou no sábado , a atual vice de Fundos de Governo e Loterias, Deusdina dos Reis Pereira, é suspeita de barganhar uma posição para ela própria na Cemig por investimento do banco na estatal.

O Conselho de Administração da Caixa enviou o caso em a Comissão de Ética Pública da Presidência que vai julgar , se houve infração ética em o episódio.Pereira não se pronunciou. Ela pediu deferimento do prazo para exibi sua defesa ao colegiado.

A Caixa informou em nota que não se demonstraria.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Mexico, Brazil

Cities: Mexico

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Temer decide afastar vice-presidentes da Caixa por 15 dias
>>>>>MPF diz que Temer poderá ser responsabilizado por ilícitos na Caixa – (FolhaGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Caixa 0 0 ORGANIZATION 6 a Caixa: 4, (tacit) ele/ela (referent: A Caixa): 1, A Caixa: 1
2 você 0 0 NONE 6 (tacit) você: 6
3 Folha 0 0 ORGANIZATION 5 a Folha: 5
4 Gilberto Occhi 0 0 PERSON 5 Ele (referent: Occhi): 1, Gilberto_Occhi (apposition: o presidente de a Caixa): 1, Occhi: 3
5 Michel Temer 0 0 PERSON 5 (tacit) ele/ela (referent: o presidente Michel_Temer): 3, o presidente Michel_Temer: 1, O presidente Michel_Temer: 1
6 eu 0 20 NONE 3 (tacit) eu: 3
7 Ministério Público 0 0 ORGANIZATION 3 O Ministério_Público: 1, (tacit) ele/ela (referent: O Ministério_Público): 2
8 circunstância 0 0 NONE 3 circunstância: 3
9 documento 0 0 NONE 3 O documento: 3
10 afastar os 0 120 NONE 2 afastar os: 2