DeputadoMichelTemer.JPG

Todos partidos têm resistência à reforma da Previdência, ddeclaraministro

Foto: Wikipedia – Deputado Michel Temer

Depois de uma reunião que o Palácio do Planalto marcou para tentar ampliar o suporte da base na reforma da Previdência, Mendonça Filho reconheceu que “todos os partidos têm algum nível de resistência” em relação na proposta. Mendonça Filho é o ministro da Educação.em relação à proposta.

Mendonça é um município de Brasil do estado de São Paulo.

“Todos os partidos sempre têm algum nível de resistência. Não é um assunto fácil, é um assunto que envia a muita polêmica, desinformação e propagação de notícias falsas”, declarou.

Michel Miguel Elias Temer Lulia é um político, advogado, professor universitário e escritor brasileiro, atual presidente brasileiro após a destituição da titular, Dilma Rousseff.

O presidente Michel Temer e o ministro Eliseu Padilha se reuniram com ministros de diversas pastas para pressioná-los a se empenharem no convencimento dos parlamentares em relação à aprovação da reforma da Previdência no formato original. No total, foram exibidas 131 emendas válidas ao texto do Executivo.

O ideal seria conservar a “espinha dorsal” do projeto formulado pelo Executivo. Se calculam adequações mas adaptações já em o horizonte, como ” talvez sobre os mais carentes “.

Na quinta-feira 09 de março depois de o presidente Michel Temer declarar que ninguém além das mulheres era capaz de mencionar desajustes de custo nos supermercados, o ministro Henrique Meirelles havia diminuído a declaração e havia declarado que o peemedebista estava “constatando um fato”.

O texto mandado por Temer, que calcula idade mínima de 65 anos e pelo menos 25 anos de contribuição, tem encontrado resistência da própria base aliada no Congresso Nacional. Entre os pontos mais questionados estão as normas de transição, a aposentadoria rural e as mudanças para o BPC , pago a idosos e pessoas com deficiência com renda familiar per capita de até 25% do salário mínimo.

Na sua vez, a representantes desse grupo Temer recordou da capa da “Economist” desta semana, que põe o Brasil como uma das economias em “admirável ascensão”. A bandeira nacional estampa um dos balões que sobem ao céu em desenho da revista, ao lado de países como Japão e EUA.

Mendonça Filho e o líder do governo na Câmara, deputado Aguinaldo Ribeiro , defenderam a necessidade de o governo melhorar a comunicação em relação à necessidade de reformas a Previdência Social.

Mendonça Filho declarou: “O presidente pediu uma atuação de todos os ministros, principalmente daqueles que têm assento no Congresso Nacional, buscando o convencimento de que a reforma previdenciária é fundamental para que o país volte a aumentar e, sem ela, não há perspectiva de futuro”.

Segundo a juíza Marciane Bonzanini, há utilização inadequada de recursos públicos e desvio de propósito na campanha em defesa da reforma.O prazo para apresentação de emendas havia sido concluído na quarta-feira, com 146 propostas exibidas. A Câmara, no entanto, reabriu o prazo, que vai ir até sexta-feira . Até a última atualização desta reportagem, 148 emendas tinham sido protocoladas.

O ministro da Educação evitou, no entanto, responder se é favorável a mudanças nas normas de aposentadoria de professores e se consente com a posição do relator de acabar com as isenções para entidade filantrópicas, que incluem instituições educacionais. “Não devo discutir cada item da reforma”, disse.

Escalado pelo Palácio do Planalto para conceder entrevista àoijornalismoapós a reunião, o ministro ddeclarou logo no icomeço não ter intimidade com o tassunto “Não é minha praia não, mas tentarei”, declarou.

“Detalhes só com o Roberto Carlos”, declarou Após questionamentos de jornalistas sobre pontos específicos do texto, o ministro.

MUDANÇAS

O ministro da Educação reconhece que acontecerão mudanças no texto, mas realça que elas não podem ser expressivas. A equipe econômica tem defendido a aprovação da PEC da maneira como se a mandou a o Congresso.

“Não há espaços para grandes mudanças, o que não quer dizer que o Congresso Nacional não possa contribuir para a melhoria da proposta. Mas é evidente que grandes mudanças podem efetivamente comprometer a efetividade da reforma previdenciária”, declarou.

Mendonça Filho alegou, ainda, que o relatório do deputado Arthur Oliveira Maia vai refletir “debate com o governo”. O ministro assinalou que o Congresso não tem dever de “admirar o texto como saiu do Executivo”, mas cogitou que as mudanças não podem redundar em um texto superficial.

Aguinaldo Ribeiro realçou que a intenção é construir, no parecer do relator, um texto pactuado com a base. “É difícil ter consenso. Construiremos extensa maioria”, alegou o líder do governo.

Faz 11 meses, em relação a os prazos para aprovação, Aguinaldo Ribeiro reafirmou a expectativa, mas realçou que o plenário da Casa deve concluir a eleição em “meados” de maio. Questionado sobre se seria possível a finalização da eleição no Senado ainda no primeiro semestre, como deseja o governo, Ribeiro respondeu que cabe ao Senado dar essa previsão.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Todos partidos têm resistência à reforma da Previdência, ddeclaraministro
>>>>>Temer admite que Congresso deve alterar proposta para a Previdência – (FolhaGeneric)
>>>>>Relator da Previdência diz que críticos em rede social usam prática nazista – March 16, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Reforma da Previdência tem 146 emendas ao texto original – (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Protesto não muda absolutamente nada, diz relator da Previdência – March 15, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Maia amplia prazo para apresentar emenda à reforma da Previdência – March 15, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Projeto original de reforma da Previdência tem, hoje, apoio de apenas 30% da base aliada – March 15, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Marcos Valério, de novo, tenta delação e agora mira tucanos; PSDB faz queixa-crime – March 15, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>‘Não só estou fora da lista de Janot, como também não estou no mensalão’, diz Maluf – (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Para fugir de pauta negativa, governo prepara agenda de viagens para Michel Temer – March 14, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>BBC Brasil responderá a pergunta de leitor sobre personagem da Lava Jato; participe – March 10, 2017 (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Temer diz que ninguém pode ter a paternidade do São Francisco – (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Janot prepara lista para investigar políticos; veja os próximos passos – March 13, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Reformar a Previdência, sim, mas como? – March 13, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>Partido do relator ‘não dá um voto’ ao texto original da Previdência, diz líder – March 16, 2017 (FolhaGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 6 26 NONE 8 (tacit) eu: 8
2 Aguinaldo Ribeiro 0 0 PERSON 4 Aguinaldo_Ribeiro: 2, deputado Aguinaldo_Ribeiro: 1, (tacit) ele/ela (referent: Aguinaldo_Ribeiro): 1
3 Congresso Nacional 0 0 ORGANIZATION 4 (tacit) ele/ela (referent: o Congresso_Nacional): 1, o Congresso_Nacional: 3
4 Mendonça 0 0 PERSON 4 Mendonça_Filho: 2, Mendonça: 1, Mendonça_Filho (apposition: o ministro de a Educação): 1
5 texto 0 40 NONE 3 o texto: 2, um texto superficial: 1
6 alterações 150 15 NONE 3 grandes modificações: 2, as alterações: 1
7 tema 35 0 NONE 3 um tema: 2, um tema fácil: 1
8 ministro 0 0 NONE 3 o ministro: 2, O ministro: 1
9 prazo 0 0 NONE 3 O prazo: 1, o prazo: 2
10 fundamental 160 0 NONE 2 fundamental: 2