Voieromainedite22voiedejulesCC3A9sar22C3A0Verdes.jpg

Verdes podem ser a chave para formar aliança na votação da Alemanha

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Voie romaine dite " voie de jules César " à Verdes

O verde domina o escritório de Franciska Brantner na cidade de Alemania de Heidelberg, a 640 quilômetro de Berlim. São dessa cor o quadro de recados, os balões, o regador de plástico e a caneca, além do aro de seus óculos.

Tudo para combinar com a política. Brantner é parlamentar pelo partido Verdes, o possível curinga da votação de Alemania deste domingo . A legenda não está entre as primeiras nas pesquisas, mas pode ser a chave para uma aliança.

Verdes é uma comuna de Francia na região administrativa do Centro, no setor Loir-et-Cher.

Sondagem recente do Forschungsgruppe Wahlen estima que a CDU da chanceler Angela Merkel vai ter 36% dos votos. O SPD teria 21,5%. Os Verdes, em quinto lugar, teriam somente 8%.

Desde então, a chanceler lidou com uma aparente lista interminável de problemas: o colapso financeiro, a crise da zona euro os fluxos migratórios, o “Brexit” e agora Donald Trump, como Presidente dos Estados Unidos. A crise da zona euro é o combate na Ucrânia.

Na terça-feira 12 de setembro frente a milhares de telespetadores do primeiro canal da TV pública, a Chanceler de Alemania e candidatava à sua sucessão d havia defendidoo cpersonalidadeexcecional da dresoluçãode asediarquase um milhão de migrantes, aalegandoque os alemães “d deveriamsentir-se orgulhosos” da atuação do governo.

Angela Dorothea Merkel • GCIH • é uma cientista e política alemã.

Sem maioria no Parlamento, hoje Merkel conduz com seu adversária SPD, o que pode se repetir durante os próximos quatro anos.

Mas, se desejar sacudir a aliança, como alguns analistas propõem, ela deve buscar os Verdes e o FDP , que teria 10% dos votos, em uma aliança apelidada de “Jamaica” devido ao fato de as cores dos partidos -preto para a CDU, amarelo para o FDP e o verde – repetirem as da bandeira jamaicana.

Os Verdes podem não ser significativos nacionalmente, mas seus eleitores estão concentrados nas áreas mais bem-sucedido, como o Estado de Baden-Württemberg, no sudoeste. Heidelberg é o melhor exemplo do fenômeno. Os Verdes têm cerca de 20% do suporte na cidade de 150 mil moradoras.

Uma das explicações, segundo a legisladora Brantner, é o histórico de atividades. Os Verdes estão no conselho municipal, onde implementaram políticas ligadas à proteção do ambiente e à mobilidade urbana. “As pessoas sabem o que estamos fazendo e gostam.”

A estrutura da cidade favorece o partido. A Universidade Heidelberg é uma das mais antigas da Alemanha, com uma população universitária que se alinha aos ideais verdes. A média de idade é de 39,9 anos, o que faz dessa cidade a segunda mais jovem na Alemanha -a média nacional é 46,8 anos.

A Alemanha só vai às urnas no domingo, mas a balança das votações para a chancelaria pode já estar a pender para um dos lados.O partido xenófobo de Alemania AFD vai dever tornar-se a terceira formação política do país nas votações do próximo domingo, mas sem chance de integrar uma futura aliança com a favorita das sondagens.

O prefeito independente Eckart Würzner alega: “É uma população disposta a fazer alguma coisa contra a mudança climática”.

Ainda que possível, uma aliança entre a CDU, o FDP e os Verdes não vai ser tarefa fácil. Os dois partidos menores defendem políticas díspares. “Estamos dispostos a negociar, mas o FDP é contra diversas das coisas em que acreditamos”, declara Brantner. “Eles não desejam, por exemplo, investir em moradia social.”

Até há alguns meses, a CDU e o partido-gémeo no estado da Baviera, a União Social-Cristã , sempre se demonstraram contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo além de fazerem frequentemente campanha em nome de ideais conservadores como a lei e ordem e valores familiares.

“A aliança ‘Jamaica’ é a única opção”, declara Oswald Metzger, um dos participantes dos encontros. A coalizão entre CDU e SPD é, segundo ele, motivo para a insatisfação. , mencionando a sigla radical de direita AfD alega: “Enquanto a aliança persistir, surgirão pequenos partidos de protesto”.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Jamaica, Austria

Cities: Baden

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Verdes podem ser a chave para formar aliança na votação da Alemanha
>>>>>A importância do eleitorado jovem na Alemanha – September 22, 2017 (Euronews-pt)
>>>>>Alemanha: Voto antecipado deve crescer – (Euronews-pt)
>>>>>Merkel rejeita coligação com o partido xenófobo AFD – September 18, 2017 (Euronews-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Verdes 0 0 ORGANIZATION 6 o partido Verdes: 1, Os Verdes: 4, (tacit) eles/elas (referent: Os Verdes): 1
2 coalizão 0 37 NONE 5 a coalizão: 2, A aliança: 1, uma coalizão: 2
3 Angela Merkel 0 0 PERSON 5 Angela_Merkel: 1, Angela_Dorothea_Merkel GCIH: 1, Merkel: 1, ela (referent: Merkel): 1, (tacit) ele/ela (referent: Merkel): 1
4 CDU 0 0 ORGANIZATION 4 CDU: 1, a CDU de a chanceler: 1, a CDU: 2
5 Oswald Metzger 0 0 PERSON 4 ele (referent: Oswald_Metzger): 1, Oswald_Metzger: 1, (tacit) ele/ela (referent: Oswald_Metzger): 2
6 FDP 0 105 ORGANIZATION 3 o FDP: 2, o Fdp: 1
7 A Alemanha 0 0 PLACE 3 A Alemanha: 1, a Alemanha: 2
8 Brantner 0 0 PERSON 3 a legisladora Brantner: 1, Brantner: 2
9 nós 0 0 NONE 3 (tacit) nós: 3
10 população 0 0 NONE 3 uma população disposta: 1, uma população universitária: 2