Vila Mariana é o bairro da zona sul de SP que mais aumenta

Por: SentiLecto

A Vila Mariana foi o bairro da zona sul de São Paulo que mais recebeu empreendimentos nos últimos cinco anos, segundo levantamento do Grupo Zap Viva Real. Foram 39 empreendimentos arremessados entre 2013 e 2017, mesmo número do vizinho Saúde e à frente de Campo Limpo e Ipiranga . O distrito tem a seu favor o fato de ser uma zona majoritariamente residencial sem abrir mão de extensa infraestrutura, de transporte público a comércio, escolas, clínicas e centros culturais. “A Vila Mariana fica próxima à região central e édiversas linhas é mbastantebem servida ela de metrô e ônibus , o que tem forte apedidopara o mercado imobiliário, aalegaCaio Bianchi, vice-presidente de análise do ZAP Viva Real. De fato, 77% dos edifícios arremessados no ano passado ficam em um raio de até um quilômetro de uma das cinco estações de metrô que atravessam a área -Vila Mariana, Santa Cruz, Paraíso e Ana Rosa, da linha 1-Azul, e Chácara Klabin, da linha 2-Verde- ou de corredores de ônibus. Apartamentos com dois quartos encarnam 60% dos lançamentos, revela a pesquisa, e interessam principalmente aos mais jovens. Lucas Araújo, administrador de marketing e inteligência de mercado da incorporadora Trisul, declara que se vê a Vila Mariana como um ponto de fácil acesso em a cidade. “Está perto de eixos comerciais, como a avenida Paulista, e tem fácil acesso a lugares como Moema e Ipiranga”, declara Araújo. Um dos lançamentos da companhia é o Expande Vila Mariana, próximo da estação de metrô Santa Cruz. São apartamentos de 65 metros quadrados e dois dormitórios que saem por volta de R$ 682 mil. Entre os itens de lazer, há piscina, academia e salão gourmet. O edifício tem que ser entregue em abril deste ano. VERTICAL Terrenos que abrigavam casas antigas ou de utilização comercial são os mais utilizados para novos empreendimentos, já que o bairro quase não tem mais espaços vazios disponíveis para construção. “Há muitas casas próximas à linha azul do metrô. A gente compra de vários donos até formar um terreno só”, alega Araújo, da Trisul. A construtora You, Inc comprou sete casas residenciais para arremessar o You Go Vila Mariana, a 350 metros da estação Ana Rosa. São 152 unidades com alternativas de plantas de 33 e 57 metros quadrados e que custam entre R$ 420 mil e R$ 715 mil. O edifício tem que ser entregue em setembro deste ano. Rafael Mentor, administrador comercial da incorporadora declara: “Se assinala o bairro em nossas pesquisas como um de os mais procurados para se morar na cidade”. Desde que tinha 7 anos, o método de enfermagem Rosana Ramalho, 55, vive com o pai numa casa do bairro. Ela conta que já recebeu sugeridas para vender a propriedade, mas jamais aceitou. “O bairro perdeu o ar interiorano que tinha. Tem muitos escritórios e consultórios que não existiam antes, o lixo e os buracos nas calçadas ampliaram, mas não penso em me mudar daqui. Tudo é perto, a gente conhece as pessoas pelo nome”, conta. Ramalho, referindo se ao Estrebaria, restaurante de comida caseira na rua das Rosas. declara: “Refeição rápida, por exemplo, é no seu Júlio”. Já Rosana Miranda, professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo e morador da região há quase 40 anos gosta da personalidade misto do bairro. Iranda iz: “Sempre tem gente circulando pelas ruas, inclusive à noite, por conta das faculdades, o que nos traz segurança”,.

O bairro da Saúde também tem visto o número de edifícios ampliar. Faz 1 ano, foram 368 unidades arremessadas somente, 80 a mais que em o ano anterior, de acordo com o Grupo Zap Viva Real. O custo do imóvel é um dos motivos que atrai habitantes à região. Ali, o metro quadrado varia entre R$ 9.000 e R$ 11.000. Já na vizinha Vila Mariana chega a R$ 12.000. Avenidas importantes como a Jabaquara e a Professor Abrãao de Morais, que levam à rodovia Imigrantes e dão acesso ao litoral, são outro aspecto que atrai mhabitantese incorporadoras à Saúde. A Diálogo Engenharia entrega em maio o Reserva Saúde, com imóveis de 64 metros quadrados, dois quartos e custos a partir de R$ 448 mil. “Já vendemos 80% dos apartamentos pela personalidade do bairro, que é residencial, mas tem boa infraestrutura”, explica Fábio Magalhaes Verçosa, diretor da construtora. Já a Cyrela investe no Atmosfera, empreendimento com apartamentos tamanho família, de 103 a 165 metros quadrados e três ou quatro dormitórios. O custo fica em torno de R$ 1 milhão nas plantas menores e a entrega está calculada para 2019. Como na vizinha Vila Mariana, a maior parte dos empreendimentos mais recentes está nos entornos do transporte público. Mauro Peixoto, consultor adjunto da Embraesp explica: “São territórios próximos do metrô e ao longo de corredores de ônibus, que permitem edificações de maior porte”. Entre o perfil dos novos habitantes da Saúde estão desde os jovens que saem da casa dos pais aos pais que viram os filhos se mudar. Este último é o caso da aposentada Eliane Aparecida Bega, 60, que vive com o marido no mesmo edifício há 20 anos e agora deseja se mudar. Bega procura um imóvel menor que o atual, que tem 130 metros quadrados, e com mais alternativas de lazer, como piscina, academia e playground para os futuros netos. A aposentada reclama que com o crescimento do bairro o tráfego piorou e faltam vagas para estacionar na rua, mas não pretende sair de lá. “Tem tudo por perto, já me acostumei com a região”.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Brazil, Bolivia

Cities: Santa Cruz, Sao Paulo, Paulista

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Vila Mariana é o bairro da zona sul de SP que mais aumenta
>>>>>Preço menor de imóvel atrai moradores para o bairro da Saúde – February 25, 2018 (FolhaGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 0 0 NONE 10 (tacit) eu: 8, me: 2
2 R 0 0 PLACE 7 R: 7
3 a vizinha Vila_Mariana 0 0 PLACE 6 a Vila_Mariana: 1, (tacit) ela (referent: A Vila_Mariana): 1, a vizinha Vila_Mariana: 2, A Vila_Mariana: 2
4 metros 0 80 NONE 4 57 metros quadrados: 2, 165 metros quadrados: 1, 130 metros quadrados: 1
5 bairro 40 0 NONE 4 O bairro: 2, o bairro: 2
6 Saúde 0 0 ORGANIZATION 4 a Saúde: 2, (tacit) ele/ela (referent: a Saúde): 2
7 acesso 70 0 NONE 3 fácil acesso: 2, acesso: 1
8 apartamentos 0 0 NONE 3 os apartamentos: 1, Apartamentos: 1, apartamentos: 1
9 casas 0 0 NONE 3 sete casas residenciais: 1, muitas casas próximas: 1, casas antigas: 1
10 empreendimentos 0 0 NONE 3 empreendimentos: 1, novos empreendimentos: 1, 39 empreendimentos lançados: 1