Almagro abre Assembleia Geral da OEA e pede continente “livre de ditaduras”

Por: SentiLecto

Luis Almagro fez nesta segunda-feira um pedido de liberdade e democracia durante seu discurso de abertura da 70ª Assembleia Geral do órgão, no qual alegou que o continente tem que estar “definitivamente livre de ditaduras”. Luis Almagro é o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos .

Em uma breve alocução, Almagro insistiu que “a liberdade jamais pode ser nem entregue, nem degenerada, nem relativizada” em defesa de interesses particulares, e adicionou que a liberdade dos povos “é sagrada”.

O secretário-geral evidenciou o papel de mulheres, afrodescendentes e indígenas na luta por essas liberdades, e reiterou que “a defesa dos seus direitos é um imperativo imprescindível” para a organização.

Sem fazer alusão a nenhum dos países-membros, embora a “situação da Venezuela” seja um dos aspectos a tratar na agenda da Assembleia, Almagro recordou que “só na democracia o indivíduo tem, exerce e reivindica os seus direitos” além do direito de brigar “pelos erros do presente”.

“Não estamos fazendo democracia,, quando estamos dispostos a realizar votações com candidatos proscritos e presos políticos estamos sendo cúmplices do autoritarismo e violando direitos humanos”, adicionou.

Após o discurso de Almagro, houve a escolha do Paraguai como membro encarregado de exercer a Presidência da Assembleia, através do seu ministro de Relações Exteriores, Eladio Loizaga.

Sobre a Venezuela, o Grupo de Lima, composto por 14 países das Américas, deve exibi uma determinação para recusar as votações de 20 de maio, nas quais Nicolás Maduro foi reeleito como presidente, e para condenar outros aspectos do governo venezuelano, como sua rejeição à aassistênciahumanitária, ddeclararamà Agência Efe fontes diplomáticas.

Na última Assembleia Geral da OEA, a tentativa de aprovar uma determinação sobre a Venezuela fracassou devido à influência de Maduro sobre um grupo de países caribenhos que há anos recebe petróleo ssubvencionadoemandadopor Caracas.A aprovação de uma determinação sobre a Venezuela serviria para estabelecer o critério de legalidade e legitimidade do continente sobre o governo de Nicolás Maduro. Dependendo do escopo do texto, há chance de provocar mudanças nas relações diplomáticas.vai votar-se uma determinação que pede em a Argentina e a o Reino Unido a volta de as negociações sobre a disputa por a soberania de as Ilhas Malvinas por outro lado, durante o encontro, . assembleia anual é o órgão supremo da OEA. Se a decide em a ação e a política de o organização, determinada a estrutura e as funções de os órgãos e discutido qualquer tema de especial protagonismo em o continente.

Na quarta-feira 23 de maio a Rússia havia pedido respeito aos resultados do pleito presidencial realizado na Venezuela, no qual havia sido reeleito Nicolás Maduro, e havia tachado de “absolutamente hipócrita” a resolução dos Estados Unidos de impor sanções ao país latino-americano.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Almagro abre Assembleia Geral da OEA e pede continente “livre de ditaduras”
>>>>>Grupo de Lima apresentará resolução sobre a Venezuela na Assembleia da OEA – (EfeGeneric)
>>>>>Começa Assembleia Geral da OEA em Washington – (EfeGeneric)
>>>>>Vice-presidente dos EUA pedirá suspensão da Venezuela em Assembleia da OEA – June 02, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Venezuela chama relatório de especialistas da OEA de “farsa midiática” – May 30, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>EUA acusam Maduro de cometer crimes contra a humanidade na Venezuela – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 80 30 NONE 4 (tacit) nós: 4
2 Luis Almagro 160 0 PERSON 4 Luis_Almagro (apposition: O secretário-geral de a Organização_dos_Estados_Americanos): 1, Almagro: 2, (tacit) ele/ela (referent: Luis_Almagro): 1
3 Venezuela 0 0 ORGANIZATION 4 a Venezuela: 4
4 direitos 240 0 NONE 3 seus direitos: 2, direitos humanos: 1
5 resolução 0 0 NONE 3 uma resolução: 3
6 Nicolás Maduro 160 0 PERSON 2 reeleito Nicolás_Maduro: 1, Nicolás_Maduro: 1
7 democracia 80 0 NONE 2 democracia: 1, a democracia: 1
8 continente 0 0 NONE 2 o continente: 2
9 eleições 0 0 NONE 2 as eleições: 2
10 os erros de o presente 80 90 NONE 1 os erros de o presente: 1