NicolC3A1sMaduroinmeetingwithIranianPresidentHassanRouhaniinSaadabadPalace.jpg

Alvo de sanções, líder do Judiciário da Venezuela acusa EUA de interferência

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Nicolás Maduro in meeting with Iranian President Hassan Rouhani in Saadabad Palace

Maikel Moreno declarou nesta sexta-feira que os EUA querem “ferir a independência do Judiciário” com as sanções econômicas a ele e a mais sete juízes. Maikel Moreno é o presidente do Tribunal Supremo de Justiça da Venezuela. juízes.

“Ao impor estas sanções direcionadas, os Estados Unidos estão apoiando o povo venezuelano e seus esforços em proteger e progredir a governança democrática em seu país.”

Na segunda-feira 01 de maio Nicolás Maduro havia convidado uma Assembleia Constituinte “popular” para redigir uma nova Constituição, cujos integrantes serão eleitos por setores da sociedade e não pelava voto universal. Nicolás Maduro é o presidente da Venezuela.

Se anunciou o bloqueio de os ativos de os juízes em território de America em a quinta. O Departamento do Tesouro atribuiu a resolução à interferência no Legislativo, dominado pela oposição.

O Departamento do Tesouro no passado sancionou autoridades e ex-autoridades venezuelanas, acusando-as de tráfico ou corrupção, uma nomeação que permite que seus bens nos EUA sejam congelados e barra execução de transações financeiras pelos EUA.

Moreno disse que os 32 integrantes do TSJ só devem satisfações ao cumprimento da Constituição. Nos últimos anos, a maioria das resoluções dos juízes beneficiam o presidente Nicolás Maduro e prejudicam seus adversários.

Nicolás Maduro Moros é um político de Venezuela, atual líder supremo da República Bolivariana da Venezuela.

Alegou: “Velamos, sem imposições de qualquer natureza, pelos direitos irrenunciáveis da nossa nação, por conservar incólume a independência, a liberdade, a soberania, a imunidade, a integridade territorial e a autodeterminação nacional”.

“O governo dos EUA tenta coagir e intimidar a consciência dos juízes do máximo órgão judicial do país para assim impor uma agenda à margem das leis e do processo democrático.”

Para Moreno, a Casa Branca tem “uma ação de ingerência, provocadora da Animosidade e da animosidade” contra o país e viola o princípio da soberania —mesma denúncia feita pelo Executivo a Washington.

As declarações foram feitas horas antes de a Chancelaria venezuelana divulgar um comunicado declarando que Donald Trump “ultrapassou todos os limites” ao declarar que a situação do país caribenho “é uma desgraça”.

Na nota, o governo de Maduro exige que o estadunidense “suspenda de imediato o financiamento ilegal, através de suas agências, a fatores extremistas da oposição de Venezuela”.

Desde o começo dos protestos da oposição, chavista alega que é vítima de um golpe articulado por seus oponentes, financiado pelos Estados Unidos e apoiado por países de Latinoamérica críticos a seu governo, como Argentina e Brasil.

PARCIALIDADE

Além de Maikel Moreno, foram alvo das sanções os sete juízes da Sala Constitucional. O colegiado derruba todas as resoluções da Assembleia Nacional desde que a oposição domina a Casa.

Faz 1 ano, a bancada governista trocou 13 juízes de o TSJ, o que conservou o domínio de Nicolás Maduro em a corte, antes que os adversários de o chavismo tomassem posse de o Parlamento, em janeiro de 2016.

Os oito alvos das sanções têm relações próximas com o governo. Maikel Moreno é amigo de Maduro e foi cônsul em Roma na época em que o hoje presidente era chanceler . Se o mencionou em o ano seguinte em a posse de o mandatário, a o TSJ.mencionou-se Gladys Gutiérrez próxima de a família de Hugo Chávez, sem as exigências legais de 15 anos de experiência jurídica. Ainda há casos de vice-ministros, deputados e militares.

Faz 1 ano, a série de resoluções de o Tribunal Supremo de Justiça contra a Assembleia Nacional iniciou, seis dias depois de o começo de a nova legislatura.

A corte disse o Parlamento em desacato por empossar três deputados impugnados por fraude. A sentença invalidou todas as resoluções do Legislativo desde então, e permitiu que Maduro executasse medidas que precisariam de aval parlamentar.

Em outubro os juízes dariam outro golpe na oposição ao invalidar parte da coleta de assinaturas para o plebiscito que poderia revogar o mandato de Maduro, o que inviabilizou a consulta popular.

Também foi o tribunal que decidiu no final de março pelo fim da imunidade parlamentar e por tomar oficialmente as atribuições do Legislativo. Faz 1 mês, se reverteram as sentenças de abril.

As resoluções foram o estopim para a onda de protestos contra Maduro, que deixaram 48 mortos em 50 dias. A corte também deu aval à Constituinte cconvidadapelo presidente em maio e considerada um golpe pela oposição.

Na saída do encontro, Diego Padrón declarou que a Venezuela não precisa da Constituinte. Diego Padrón é o presidente da Conferência Episcopal Venezuelana. “O que precisa e pede é comida, medicamentos, segurança, paz e votações justas”.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: United States, Italy, Brazil, Argentina

Cities: Washington, Rome

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Alvo de sanções, líder do Judiciário da Venezuela acusa EUA de interferência
>>>>>EUA impõem sanções sobre juízes do Tribunal Supremo de Justiça da Venezuela – May 19, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>EUA impõem sanções a integrantes da Suprema Corte da Venezuela – (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Inteligência dos EUA e especialistas veem Pyongyang por trás do ciberataque – May 16, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Coreia do Norte está pronta para negociar com EUA – May 13, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>EUA planejam investir US$ 7,5 bilhões em estratégia militar na Ásia – May 08, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>EUA tentam convencer México a embarcar em nova política de Trump para América Central – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Câmara dos Deputados dos EUA aprova reforçar sanções contra Coreia do Norte – May 04, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Câmara dos Deputados dos EUA revoga Obamacare; projeto enfrenta maiores obstáculos no Senado – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Casa Branca adia reunião para decidir se EUA permanecem no acordo do clima de Paris – May 09, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Ex-procuradora-geral alertou Casa Branca do perigo de “chantagem” da Rússia – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Trump receberá presidente da Colômbia na Casa Branca – May 04, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Trump parabeniza novo presidente sul-coreano e o convida à Casa Branca – May 10, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Trump alterna pressão e negociação e se afasta de maniqueísmo diplomático – May 08, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Sul-coreanos pedem ordem judicial contra desdobramento de escudo antimísseis – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Coreia do Sul vai às urnas após escândalo com presidente destituída – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Coreia do Norte diz estar pronta para negociar com EUA – May 13, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Especialistas temem que Coreia do Norte esteja perto de desenvolver mísseis intercontinentais – May 15, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Putin se diz preparado para ajudar a resolver questão nuclear da Coreia do Norte – May 12, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Putin parabenizou Macron e pede superação da desconfiança e trabalho conjunto – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Putin recebe Abbas para abordar conflito com Israel após mediação de Trump – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Coreia do Norte diz que terá diálogo com os EUA se condições forem adequadas – May 13, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Entrega de armas dos EUA a curdos é ‘inaceitável’, diz Turquia – May 10, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Detenção de cidadão norte-americano pela Coreia do Norte é ‘preocupante’, diz Casa Branca – May 08, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>EUA denunciam “opressão” na Venezuela e pedem “restauração da democracia” – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Nicolás Maduro 50 0 PERSON 7 Nicolás_Maduro (apposition: o presidente de a Venezuela): 1, (tacit) ele/ela (referent: Nicolás_Maduro_Moros): 1, o presidente Nicolás_Maduro: 1, Maduro: 3, Nicolás_Maduro_Moros: 1
2 oposição 0 0 NONE 5 a oposição: 5
3 Diego Padrón 185 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Diego_Padrón): 2, Diego_Padrón (apposition: o presidente de a Conferência_Episcopal_Venezuelana): 1
4 Maikel Moreno 80 0 PERSON 3 Maikel_Moreno (apposition: O presidente de o Tribunal_Supremo_de_Justiça_da_Venezuela): 1, Maikel_Moreno: 2
5 Departamento do Tesouro 0 0 ORGANIZATION 3 O Departamento_do_Tesouro: 2, (tacit) ele/ela (referent: O Departamento_do_Tesouro): 1
6 corte 0 0 NONE 3 A corte: 2, a corte: 1
7 os EUA 0 0 PLACE 3 os EUA: 3
8 os Estados_Unidos 48 40 PLACE 2 os Estados_Unidos: 2
9 Moreno 0 0 PERSON 2 Moreno: 2
10 aval 0 0 NONE 2 aval: 1, aval parlamentar: 1