Argentina aprova reforma da previdência após horas de violência nas ruas

Por: SentiLecto

O Congresso da Argentina, que o projeto, que já havia recebido sinal verde do Senado no final de novembro, contou com o suporte de 128 votos – principalmente da aliança governista Cambiemos -, enquanto 116 deputados votaram contra e dois se abstiveram, aprovou nesta terça-feira, em meio a uma greve geral e após 17 horas de discussão, uma polêmica reforma do sistema de previdência impulsionada pelo governo de Mauricio Macri e que provocou incidentes violentos nas ruas devido à forte rejeição social que suscitou.

A Câmara , , aprovou o projeto que já havia passado por o Senado com 128 votos a favor , 116 contra e duas abstenções , depois de árduas negociações políticas de o governo para conseguir suporte a um projeto que diminuirá as ampliações previstas para os aposentados.O Congresso da Argentina aprovou na manhã desta terça-feira uma polêmica proposta de reforma da Previdência que tem como objetivo diminuir o déficit fiscal, após uma longa discussão e violentos confrontos entre manifestantes de oposição e a polícia.

O projeto levou os sindicatos a convidar ontem uma greve geral que concluirá hoje e se o aprovou após uma longa sessão em a qual predominaram os discursos críticos contra a reforma, com fortes distúrbios em a rua que deixaram mais de 100 feridos, incluindo policiais, e cerca de 60 detidos.

O governo reitera que, com as mudanças que promulga, os aposentados vão ganhar mais em 2018 e seus rendimentos serão cerca de cinco pontos percentuais acima da taxa de inflação esperada.O governo reitera que, com as mudanças que promulga, os aposentados vão ganhar mais em 2018 e seus rendimentos serão cerca de cinco pontos percentuais acima da taxa de inflação esperada.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Argentina aprova reforma da previdência após horas de violência nas ruas
>>>>>Congresso da Argentina aprova polêmica reforma da Previdência – December 19, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Sindicatos ameaçam greve se decreto da reforma da previdência for aprovado – December 15, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Argentinos protestam contra avanço da reforma da previdência no Congresso – December 14, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>Sindicatos argentinos ameaçam greve se decreto da reforma da previdência for aprovado – December 15, 2017 (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 projeto 0 0 NONE 5 o projeto: 1, O projeto: 3, um projeto: 1
2 mudanças 0 0 NONE 4 as mudanças: 4
3 Congresso da Argentina 50 0 ORGANIZATION 3 O Congresso_da_Argentina: 1, O Congresso_da_Argentina que o projeto em o: 1, (tacit) ele/ela (referent: O Congresso_da_Argentina que o projeto em o): 1
4 aposentados 0 0 NONE 3 os aposentados: 3
5 governo 0 0 NONE 3 o governo: 1, O governo: 2
6 rejeição 160 0 NONE 2 a forte rejeição social: 2
7 esta 0 0 NONE 2 esta: 2
8 o governo 0 0 NONE 2 (tacit) ele/ela (referent: O governo): 2
9 pontos 0 0 NONE 2 cinco pontos percentuais: 2
10 rendimentos 0 0 NONE 2 seus rendimentos serão: 2