Ataque aéreo dos EUA no Afeganistão matou 10 crianças, declara ONU

Por: SentiLecto

Um ataque aéreo dos Estados Unidos no Afeganistão matou 10 crianças de uma mesma família, além de três civis adultos, declarou a Organização das Nações Unidas nesta segunda-feira.

O ataque aéreo realizado na manhã de sábado foi parte de um combate entre o Taliban e uma combinação de forças afegãs e norte-americanas em Kunduz, província do norte onde a insurgência do Taliban é forte, que durou cerca de 30 horas.

William Barr declarou, em uma sinopse divulgada no domingo, que o procurador especial Robert Mueller não encontrou evidências de conluio em sua inquérito William Barr é o procurador-geral dos EUA., mas não determinou se houve obstrução da justiça por parte de Trump fragilizando os inquéritos que acompanham seu governo.

Na terça-feira 12 de março BAGHOUZ, Síria – O Estado Islâmico foi quase derrotado em seu último enclave nesta terça-feira, depois de bombardeios ferozes de madrugada, e as Forças Democráticas da Síria apoiadas pelos Estados Unidos haviam declarado que a ofensiva para capturar a área estava quase encerrada.

As crianças e seus familiaress haviam sido deslocados por guerrazinhas em outros locais do país, informou a Missão de Assistência das Nações Unidas no Afeganistão ao divulgar suas finalizações preliminares sobre o incidente. A Unama declarou em um comunicado que está verificando se todas as 13 mortes de civis aconteceram perto do momento do ataque.

Três outros civis ficaram feridos. O incidente ocorreu na vizinhança de Telawka, próxima da cidade de Kunduz.

A sargento Debra Richardson liderada pela Organização do Tratado do Atlântico Norte , no Afeganistão, confirmou que forças dos EUA realizaram o ataque Sargento Debra Richardson é porta-voz da missão Apoio Resoluto., mas declarou nesta segunda-feira que se ele provocou baixas civis, a missão ainda não confirmou.

Por outro lado, as agências de inteligência dos EUA declararam pouco antes de Trump assumir a Presidência em 2017 que Moscou estava envolvida na votação presidencial sob alegações de hackear e-mails e propagandas online destinadas a instaurar discórdia nos Estados Unidos.

Um número recorde de civis afegãos perdeu a vida no ano passado devido a uma ampliação de ataques aéreos e atentados suicidas, declarou a ONU em um relatório em fevereiro. As mortes de crianças provocadas por ataques aéreos vêm aumentando todos os anos desde 2014.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: United States

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Ataque aéreo dos EUA no Afeganistão matou 10 crianças, declara ONU
>>>>>Após relatório de Mueller, Kremlin diz estar aberto a estreitar laços com EUA – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Debra Richardson 60 0 PERSON 3 sargento Debra_Richardson (apposition: porta-voz de a missão Apoio_Resoluto): 1, ele (referent: sargento Debra_Richardson): 1, (tacit) ele/ela (referent: sargento Debra_Richardson): 1
2 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
3 o Afeganistão 0 0 PLACE 3 o Afeganistão: 3
4 ataque 0 80 NONE 2 o ataque: 1, O ataque aéreo realizado: 1
5 William Barr 0 0 PERSON 2 William_Barr (apposition: O procurador-geral de os EUA): 1, (tacit) ele/ela (referent: William_Barr): 1
6 investigações 0 0 NONE 2 as investigações: 2
7 o Taliban 0 0 OTHER 2 o Taliban: 2
8 um ataque aéreo de os estados_unidos 0 130 NONE 1 Um ataque aéreo de os Estados_Unidos: 1
9 ataques aéreos 0 80 NONE 1 ataques aéreos: 1
10 um aumento de ataques aéreos 0 80 NONE 1 um aumento de ataques aéreos: 1