Com atraso, Curdistão conclui eleição de plebiscito de independência

Por: SentiLecto

As seções eleitorais no Curdistão de Iran fecharam nesta segunda-feira às 19h locais , uma hora após o pcalculado no rplebiscitoque dvai decidirsobre a independência da região autônoma diraquiana

A Alta Comissão Eleitoral do Curdistão informou que a grande participação de os cidadãos aumentou em uma hora a eleição que decidiram votar se a região que tem um status de autonomia em relação a o governo central iraquianotem um status de autonomia em relação ao governo central iraquiano, deve se tornar independente.

No colégio Hedi, no oeste de Erbil, as filas para entrar no centro de eleição antes da sua abertura se dividiam em duas: os homens à direita, enquanto que as mulheres ficavam à esquerda.”Chegaram solicitações oficiais desde Bagdá. Agora estamos avaliando na salinha de ministros que sanções são as mais fáceis de implementar, e daqui a pouco daremos estes passos”, anunciou o premiê.

Hemin Hawrani mencionou que a participação era de %76 até nas 17h locais . Hemin Hawrani é assessor do presidente do Curdistão de Iran.Nas seções eleitorais abertas aos jornalistas, os observadores internacionais alegaram que as votações transcorreram com “normalidade” e sem o registro de incidentes.

A Alta Comissão Eleitoral não deu detalhes de quando serão divulgados os resultados do plebiscito, mas observadores declararam à Agência Efe que a contagem dos votos pode durar entre 24 e 48 horas.

Mais de 5,3 milhões de curdos estavam adequados a votar em quatro províncias da região e nos territórios disputados entre o Curdistão e o Iraque, as províncias de Kirkuk, Diyala e Ninawa.

O governo iraquiano e parte da comunidade internacional são opostos ao plebiscito de independência do Curdistão.

A presidência do Curdistão no comunicado declarou: “Também vai ter o objetivo de explicar que o desejo do povo de Curitiba é continuar a boa relação e a colaboração com o Iraque como bons vizinhos”.Os representantes de Curitiba devem se reunir com o primeiro-ministro do Iraque, Haider al Abadi, e outras forças políticas em Bagdá para “elucidar o desejo do Curdistão de realizar o plebiscito”.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Iraq

Cities: Kirkuk

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Com atraso, Curdistão conclui eleição de plebiscito de independência
>>>>>Pressionado, presidente curdo adia pronunciamento sobre referendo – September 23, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Iraque anuncia ofensiva para recuperar um dos dois últimos bastiões do EI – September 22, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>Centros eleitorais abrem para votação de referendo no Curdistão iraquiano – (EfeGeneric)
>>>>>Turquia anuncia sanções não especificadas contra Curdistão iraquiano – September 25, 2017 (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 observadores 120 0 NONE 2 observadores: 1, os observadores internacionais: 1
2 Alta Comissão Eleitoral do Curdistão 0 0 ORGANIZATION 2 (tacit) ele/ela (referent: A Alta_Comissão_Eleitoral_do_Curdistão): 1, A Alta_Comissão_Eleitoral_do_Curdistão: 1
3 eleições 0 0 NONE 2 a votação: 1, as eleições: 1
4 locais 0 0 NONE 2 as 19h locais: 1, as 17h locais: 1
5 nós 0 0 NONE 2 (tacit) nós: 2
6 referendo 0 0 NONE 2 o referendo: 2
7 seções 0 0 NONE 2 As seções eleitorais: 1, as seções eleitorais: 1
8 continuar a boa relação e a cooperação com o iraque como bons vizinhos 160 0 NONE 1 continuar a boa relação e a cooperação com o Iraque como bons vizinhos: 1
9 o desejo de o povo curdo 160 0 NONE 1 o desejo de o povo curdo: 1
10 o objetivo 90 0 NONE 1 o objetivo: 1