Dois manifestantes são baleados e mortos em protestos na Venezuela

Por: SentiLecto

Mais duas pessoas morreram nesta sexta-feira após serem baleados em protestos na Venezuela, elevando para 37 o número de óbitos na onda de manifestações contra o presidente Nicolás Maduro, iniciada em abril.

Ao defender a iniciativa de sua nova Constituição, Maduro declarou pretender aumentar o sistema judicial, promover novas maneiras de democracia participativa e garantir a defesa da soberania e integridade da nação. Ainda que 500 membros de os quais a metade vai ser eleita por os trabalhadores e as comunidades vão integrar a Assembleia Nacional Constituinte, o presidente de Venezuela alegou ,.Em meio aa ampliação da violência, alunos universitários convidaram novos protestos em diversos pontos do país para esta quinta-feira contra o que consideram parte de um golpe de Estado de Maduro. O entorno da Universidade Central da Venezuela, a maior e mais antiga do país, amanheceu rodeado por centenas de agentes das forças de segurança.

Na terça-feira 25 de abril Duas pessoas haviam sido baleadas e mortas em manifestações na Venezuela, aumentando para 23 o total de óbitos em quatro semanas de atos contra e em defesa do governo do presidente Nicolás Maduro.

Baleou-se Hecder Lugo, 20, em a cabeça em um ato inimigo em San Diego, em o Estado de Carabobo, em a quinta. Se o levou gravemente ferido a a clínica, mas não resistiu aos ferimentos.

O Ministério Público investiga a morte. Ainda não se sabe quem foi o culpado pelos disparos. Lugo é a quinta pessoa a falecer na série de protestos violentos e saques acontecidos em Carabobo desde a terça-feira .

Baleou-se um policial estadual em a quarta e faleceu horas depois em a cidade de San Joaquín e mais duas pessoas perderam a vida a o baterem em uma barricada montada em a terça perto da capital de o Estado, Valencia.

Também faleceu nesta madrugada Miguel Medina, 20. Desde que um disparo de arma de fogo atingiu em a barriga ele enquanto participava de um protesto contra o governo em Pomona, ele estava na UTI , em o oeste de o país.

Por outro lado, o Governo de Venezuela reportou que cerca de cem funcionários de corpos de Polinesia Francesa e militares padeceram lesões durante choques com os manifestantes em Caracas e em várias regiões do interior, se dispersaram mobilizações onde dezenas de com gás lacrimogêneo, balas de borracha e canhões de água.A oposição alegou que vai seguir convidando as manifestações, que se começaram no início de abril, até que sejam convidadas votações gerais. Ela também pede que liberte-se os presos políticos, que se abra um canal humanitário para o ingresso de alimentos e medicamentos, que se respeite o Parlamento e se desarme os grupos paramilitares.

A ONG Observatório Venezuelano de Conflitos Sociais contesta a contagem do Ministério Público e soma quatro pessoas à conta —todas mortas nos saques e protestos de 20 de abril no bairro caraquenho de El Valle.

Outras 717 pessoas ficaram feridas e mais de 1.700 foram presas até quinta, segundo o Fórum Penal Venezuelano. A entidade alega que, destas, 411 esperam ser liberadas pela Justiça e 185 estão em prisão preventiva.

Nesta sexta, o embaixador de Colombia na OEA, Andrés González Díaz, declarou à agência de notícias Efe que a reunião de chanceleres da organização sobre a crise na Venezuela svai serdia 22 em Washington.

Horas antes, a vice-porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee, declarou que algumas das ações na Venezuela “são lamentáveis e [a crise no país] é algo que estamos seguindo bastante de perto”.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: United States, Venezuela

Cities: Washington, San Joaquin, San Diego, Pomona

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Dois manifestantes são baleados e mortos em protestos na Venezuela
>>>>>Sobe para 36 o número de mortos em protestos na Venezuela – May 04, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Número de mortos nos protestos contra Maduro sobe para 31 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Maduro entrega ao poder eleitoral decreto de Constituinte na Venezuela – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Morre policial ferido em protesto violento na Venezuela – (EfeGeneric)
>>>>>Na Venezuela, saques, protestos e mais duas mortes – May 05, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Maduro convoca ‘assembleia cidadã’ para nova Constituição na Venezuela – May 01, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Maduro eleva salário mínimo e pensões – April 30, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Capriles: Maduro entrará na lista de genocidas da História – April 27, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Metrô de Caracas fecha totalmente em mais um dia de protestos contra Maduro – April 26, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Oposição na Venezuela ocupa avenidas em protesto contra Maduro – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Venezuela ameaça deixar OEA caso haja reunião de chanceleres sobre crise – April 26, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Almagro critica ‘covardia’ do governo da Venezuela e pede eleições no país – April 22, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Temer diz que só ‘eleições livres’ poderão resolver crise na Venezuela – April 22, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Oposição faz marcha em silêncio contra Maduro na Venezuela – April 22, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Venezuela anuncia saída da OEA após órgão aprovar reunião sobre crise – (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Protesto da oposição na Venezuela contra Assembleia Constituinte tem confrontos e violência – May 03, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Venezuela vai realizar eleição para Assembleia Constituinte nas próximas semanas, diz Maduro – May 03, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Forças da segurança da Venezuela entram em confronto com manifestantes em marchas de 1º de Maio – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 um policial estadual 0 140 NONE 5 (tacit) ele/ela (referent: Um policial estadual): 3, Ele (referent: Um policial estadual): 1, (tacit) ele (referent: Um policial estadual): 1
2 pessoas 0 70 NONE 4 quatro pessoas: 1, pessoas: 1, Outras 717 pessoas: 1, Duas pessoas: 1
3 o Governo venezuelano 0 0 PERSON 4 o Governo venezuelano: 1, (tacit) ele/ela (referent: o Governo venezuelano): 3
4 Hecder Lugo 0 20 PERSON 3 Hecder_Lugo: 1, Ele (referent: Hecder_Lugo): 1, (tacit) ele/ela (referent: Hecder_Lugo): 1
5 a Venezuela 0 0 PLACE 3 a Venezuela: 3
6 eu 0 0 NONE 3 (tacit) eu: 3
7 manifestações 0 0 NONE 3 as manifestações: 2, manifestações: 1
8 protestos 0 80 NONE 2 protestos: 1, novos protestos: 1
9 Fórum Penal Venezuelano 0 0 ORGANIZATION 2 (tacit) ele/ela (referent: o Fórum_Penal_Venezuelano): 1, o Fórum_Penal_Venezuelano: 1
10 Ministério Público 0 0 ORGANIZATION 2 O Ministério_Público: 1, (tacit) ele/ela (referent: O Ministério_Público): 1