EUA acusam formalmente hackers russos por ciberataques políticos

Em 1 mês, o governo norte-americano acusou formalmente a Rússia em esta por uma campanha de ciberataques contra organizações de o partido democrata durante a corrida presidencial para a votação de 8 de novembro.

Alemanha, França, Áustria, Hungria, Eslováquia e Malta, países da União Europeia que concluíram a ratificação interna e encarnam cerca de 4 por cento das emissões, assinaram formalmente nesta quarta.

Na sábado 24 de setembro Numa mudança brusca, o senador norte-americano Ted Cruz havia endossado a candidatura republicana de Donald Trump a presidente dos Estados Unidos nesta sexta-feira, declarando que ele era o único candidato que poderia impedir a democrata Hillary Clinton de ganhar a Casa Branca em 8 de novembro.

As autoridades norte-americanas declararam nos últimos meses acreditar que hackers orquestrou os ataques apoiados por o governo russo , provavelmente para perturbar a votação em que a candidata democrata , Hillary Clinton , enfrenta o republicano , Donald Trump. A Rússia nega as denúncias de que estava envolvida em ciberataques às organizações.

Em 1 mês, o acordo vai formalmente entrar em forcita em 30 dias em 4 de novembro, quatro dias em o qual o republicano Donald Trump se opõe a o acordo, no qual o republicano Donald Trump se opõe ao acordo, e a democrata Hillary Clinton é forte defensora do documento.

Hillary Diane Rodham Clinton é uma advogada e política norte-americana.

Donald John Trump é um empresário, investidor e personalidade da mídia norte-americano.

Um comunicado do governo norte-americano nesta sexta-feira sobre os ataques hackers a grupos políticos informou: “Nós acreditamos, baseados no alcance e na sensibilidade desses esforços, que somente os oficiais russos mais seniores poderiam ter autorizado estas atividades”.

O comunicado do Departamento de Segurança Interna e do Escritório do Diretor de Inteligência Nacional não culpou o governo russo pelas tentativas de ataque contra o sistema eleitoral, mas declarou que o “escaneamento e inquérito” destes sistemas originaram-se, na maioria dos casos, de servidores operados por uma companhia russa.

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Russian Federation

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>EUA acusam formalmente hackers russos por ciberataques políticos
>>>>>Acordo climático de Paris vai entrar em vigor; Obama comemora ‘dia histórico’ – October 05, 2016 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Donald Trump aparece em filme erótico da Playboy – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 a Rússia 0 50 PLACE 3 a Rússia: 1, (tacit) ele/ela (referent: A Rússia): 1, A Rússia: 1
2 Hillary Clinton 160 0 PERSON 3 Hillary_Clinton: 1, a democrata Hillary_Clinton: 2
3 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
4 governo 0 0 NONE 3 o governo russo: 2, O governo norte-americano: 1
5 acusações 0 100 NONE 2 as acusações: 2
6 acordo 60 0 NONE 2 O acordo: 1, o acordo: 1
7 Donald Trump 0 0 PERSON 2 Donald_John_Trump: 1, o republicano Donald_Trump: 1
8 ataques 0 0 NONE 2 os ataques: 1, os ataques hackers: 1
9 candidato 0 0 NONE 2 o único candidato: 2
10 eleição 0 0 NONE 2 a eleição: 2