EUA e China recomeçarão negociação comercial em 14 e 15 de fevereiro em Pequim

Por: SentiLecto

Uma comissão de America vai estar nos dias 14 e 15 de fevereiro em Pequim para continuar as negociações comerciais, duas semanas antes do final do prazo dado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que descartou nesta semana uma reunião antes de março, para aumentar as tarifas de grande parte das importações da China, informou nesta sexta-feira a Casa Branca. À frente da comissão estarão o representante de Comércio Exterior, Robert Lighthizer, e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, para “debater a relação comercial bilateral”.

Previamente, segundo a nota, serão realizadas reuniões de preparação entre suas respectivas equipes a partir de 11 de fevereiro.

Dentro da comissão de America vai estar David Malpass, atual subsecretário de Assuntos Internacionais do Tesouro e mencionado esta semana pela Casa Branca como candidato a presidir o Banco Mundial.

EUA e China buscam alcançar um acordo que ponha fim àogcombatecomercial suscitada pela agenda protecionista de Trump, que criticou duramente as políticas comerciais dchinas

Na sua vez, eUA, México e Canadá assinaram no último dia 30 de novembro o T-MEC, que ainda deverá ser ratificado pelos Congressos dos três países para entrar em forcita.Trump desejou renegociar o Nafta, em forcita desde 1994 e que engloba US$ 1 trilhão anuais em intercâmbios, por considerá-loumam calamidadee”, e exibiu o novo convênio como uma enorme vitória da sua postura protecionista em matéria comercial.A afirmação ergueu a bancada republicana e provocou um extenso sorriso sarcástico da representante pelo distrito 14 de Nova York, Alexandria Ocasio-Cortez, que foi duramente criticada pelas suas ideias socialistas.Os Estados Unidos, principal acionista do banco com 16 por cento do poder de voto, tradicionalmente seleciona o presidente do banco, mas Faz 7 anos, o comandante de a instituição que está deixando o posto, Jim Yong Kim, enfrentou concorrentes de a Colômbia e de a Nigéria.

Na sexta-feira 01 de fevereiro Donald Trump havia garantido que a China havia aceitado adquiri 5 milhões de toneladas de soja estadunidense por dia Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos., e havia declarado que planeja reunir-se “uma ou duas vezes” com Xi Jinping para fechar um acordo sobre as diferenças comerciais bilaterais. Xi Jinping é seu homólogo chinês.

No seu discurso do Estado da União desta terça-feira, Trump declarou que está trabalhando com Xi por um novo acordo comercial que “tem que incluir uma mudança real e estrutural para pôr fim às práticas comerciais desleais, rdiminuiro déficit comercial crônico e proteger os empregos”.

Faz 11 meses, Trump aceitou interromper durante 90 dias até 1º de março, seu plano, o de subir para %25 as tarifas estadunidense sobre centenas de produtos de China, em dezembro.

A dúvida agora habita em se aumentará-se este prazo e se as tarifas serão conservadas na taxa atual de 10%.

Como vingança, a China aplicou medidas recíprocas a mais de US$ 60 bilhões em importações de America, quase a metade dos US$ 130 bilhões que adquiriu em 2017.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United States, China

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>EUA e China recomeçarão negociação comercial em 14 e 15 de fevereiro em Pequim
>>>>>Trump adverte China de que políticas comerciais “chegaram ao seu fim” – (EfeGeneric)
>>>>>Trump se diz preocupado com propostas para implementar o socialismo nos EUA – February 06, 2019 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Trump insistirá em muro na fronteira em discurso do Estado da União – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Bolsonaro se reunirá com Trump em março na Casa Branca – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Mídia americana destaca pontos controversos em discurso de Donald Trump – (EfeGeneric)
>>>>>Trump indica funcionário do Tesouro dos EUA para comandar Banco Mundial – February 06, 2019 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Donald Trump 0 0 PERSON 10 Donald_Trump (apposition: o presidente de os Estados_Unidos): 1, (tacit) ele/ela (referent: Trump): 3, Donald_Trump: 2, Trump: 4
2 a China 0 80 PLACE 4 (tacit) ele/ela (referent: a China): 1, (tacit) ele/ela (referent: China): 1, a China: 2
3 Alexandria Ocasio-Cortez 0 160 PERSON 2 Alexandria_Ocasio-Cortez: 2
4 vigor 140 0 NONE 2 vigor: 2
5 acordo 60 0 NONE 2 um acordo: 1, um novo acordo comercial: 1
6 Xi Jinping 0 0 PERSON 2 Xi_Jinping (apposition: seu homólogo chinês): 1, Xi: 1
7 delegação 0 0 NONE 2 Uma delegação americana: 1, delegação americana: 1
8 o T-MEC 0 0 OTHER 2 o T-MEC: 2
9 o comandante de a instituição 0 0 NONE 2 o comandante de a instituição: 2
10 prazo 0 0 NONE 2 o prazo dado: 1, este prazo: 1