EUA e ONG acertam plano para reunir famílias imigrantes separadas

Por: SentiLecto

– O governo dos Estados Unidos chegou em grande parte a um acordo com defensores de direitos de imigrantes sobre um plano revisado para reunir centenas famílias separadas por autoridades após atravessarem a fronteira do México para os EUA. Em documento judicial nesta quinta-feira, advogados do Departamento de Justiça dos EUA declararam que as mudanças vão garantir um processo eficiente para a reunião, sem exigir que pais removidos dos EUA regressem para esta finalidade. Mas advogados da União Americana pelas Liberdades Civis declararam em documento separado que se os pais voltarem ao país, algumas famílias podem ser completas exclusivamente, e que o fracasso em terem seus direitos é um ponto de disputa. Eles declararam que isso, no entanto, não teria que impedir esforços rápidos de reunificação e que eles consentem com o plano como revisado, incluindo suas especificações para localizar e entrevistar pais removidos. O plano é a segunda etapa de esforços do governo para reunir 2.551 crianças com seus pais, após terem sido separadas pela agora abandonada política de tolerância zero do presidente dos EUA, Donald Trump, em relação a imigrantes ilegais. Faz 2 meses, o juiz distrital Dana Sabraw ordenou as reunificações e tem que aprovar o plano de reunificação. No número mais recente, 541 crianças permaneciam separadas. Enquanto outras haviam buscado asilo na travessia fronteiriça, muitas destas separadas haviam atravessado a fronteira ilegalmente.

“Jamais evitamos contatos, inclusive com representantes de países que realizam uma política hostil com a gente. Por isso, se os líderes sentem a necessidade de voltar a tratar temas que pensamos que devam juntar Rússia e Estados Unidos, mas que despertam rejeição em certos círculos de America, acho que esse encontro ocorrerá”, explicou.Faz 5 meses, se envenenou Sergei e Yulia Skripal com um agente tóxico em território britânico. O Reino Unido considera confirmado que se intoxicou pai e filha com um gás de procedência de Rusia, chamado ” Novichok “, e que foi o próprio Putin que ordenou a ação contra o ex-espião de Rusia.Aiatolá Ali Khamenei proibiu a execução de qualquer negociação direta com os Estados Unidos, informou a TV estatal de Irande Iran, recusando uma proposta feita no mês passado pelo presidente norte-americano, Donald Trump, para conversas sem pré-condições com Teerã. Aiatolá Ali Khamenei é o líder supremo do Irã.Ali Khamenei alegou nesta segunda-feira que “não vai haver combate e negociação com os Estados Unidos”, em resposta nas declarações do presidente de America, Donald Trump, de dialogar para chegar a um novo acordo. Ali Khamenei é o líder supremo do Irã.Na sexta-feira 03 de agosto – O governo dos Estados Unidos declarou a um juiz federal que voluntários e organizações sem fins lucrativos, e não autoridades governamentais, deveriam tomar a dianteira para localizar mais de 400 imigrantes que haviam sido separados dos filhos na fronteira do país com o México e extraditados do território de Noruega. A proposta havia surgido em uma ação civil que corria no Tribunal Federal de San Diego e que questionava as separações de cerca de 2.500 famílias começadas pela administração do presidente Donald Trump como parte de sua política de “tolerância zero” para conter a imigração ilegal. No caso, exibido pela União Americana pelas Liberdades Civis , o juiz Dana Sabraw havia ordenado que o governo reunificasse as famílias até 26 de julho, mas esse prazo não havia sido totalmente satisfeito. Embora mais de 1.900 crianças tenham sido reunidas nas suas famílias, quando seus casos não f haviam sidoresolvidos de outras formas inclusive filhos de mais de 400 pais que já s haviam saídodos EUA, de acordo com os documentos legais mais recentes exibidos pelo governo. Quando seus casos não f haviam sidoresolvidos de outras formas, famílias são centenas c continuavamseparadas.Em seu plano para reunificar estas famílias, exibido à corte na quinta-feira, advogados do Departamento de Justiça d haviam ditoque o governo f forneceriaas informações que tiver sobre os pais dextraditadosaos advogados dos queixosos. A esta altura, haviam declarado os autos, “os representantes dos queixosos deveriam utilizar seus recursos apreciáveis e ONGs voluntários e outros” para estabelecer contato com os pais extraditados e determinar seus desejos. ONGs é sua rede de escritórios de advocacia. A ACLU vinha repetindo que ajudaria os esforços para encontrar os pais extraditados, mas havia deixado claro ao exibi documentos legais que esperava que o governo dos EUA assuma a responsabilidade por localizá-los. A maioria destes pais haviam sido mandados para seus países de origem – Guatemala, Honduras e El Salvador. “Não exclusivamente havia sido a prática inconstitucional de separações do governo que havia levado a esta crise, mas o governo dos Estados Unidos tem bastante mais recursos do que qualquer grupo de ONGs”, havia argumentado a ACLU nos autos. A entidade havia observado que o governo parecia não ter os endereços de cerca de 120 pais extraditados. Advogados do governo haviam declarado que precisariam de um prazo até 10 de agosto para analisar os arquivos dos filhos destes pais para encontrar informações que possam auxiliar com a busca. O juiz Sabraw realizaria uma audiência para discuti os esforços de reunificação em curso. Quando invalidaria uma suspensão que proibia a deportação rápida de famílias reunificadas, ele também tinha que decidir em breve.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United States, Mexico

Cities: Mexico

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>EUA e ONG acertam plano para reunir famílias imigrantes separadas
>>>>>Lavrov diz ser absurda acusação dos EUA contra Rússia no “caso Skripal” – August 12, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Detenções na fronteira dos EUA com México caem em julho; número de crianças desacompanhadas recua – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Líder supremo do Irã proíbe realização de negociações diretas com os EUA, segundo TV – August 13, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Líder supremo do Irã pede ação para enfrentamento de ‘guerra econômica’, diz TV estatal – August 11, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Líder supremo do Irã diz que “não haverá guerra e negociações” com os EUA – August 13, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Irã testou míssil antinavio durante exercícios na semana passada, diz fonte dos EUA – August 11, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>EUA vão impor novas sanções que terão grande impacto na economia do Irã – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Sanções dos Estados Unidos contra o Irã entram em vigor – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Trump afirma que nova imposição de sanções ao Irã busca a “paz mundial” – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Dana Sabraw 0 0 PERSON 6 O juiz Sabraw: 1, Dana_Sabraw: 1, (tacit) ele/ela (referent: O juiz Sabraw): 1, Ele (referent: O juiz Sabraw): 1, (tacit) ele/ela (referent: Dana_Sabraw): 1, o juiz Dana_Sabraw: 1
2 eu 0 0 NONE 6 (tacit) eu: 6
3 famílias 0 0 NONE 5 2.500 famílias iniciadas: 1, famílias (apposition: centenas c): 1, algumas famílias: 1, as famílias: 1, estas famílias: 1
4 governo 0 0 NONE 5 o governo: 4, o governo f: 1
5 o governo de os estados_unidos 160 0 NONE 3 O governo de os Estados_Unidos: 2, o governo de os Estados_Unidos: 1
6 plano 70 0 NONE 3 um plano revisado: 1, o plano: 1, O plano: 1
7 ACLU 6 0 ORGANIZATION 3 A ACLU: 1, ACLU: 1, (tacit) ele/ela (referent: A ACLU): 1
8 Donald Trump 0 0 PERSON 3 Donald_Trump: 3
9 ação 0 0 NONE 3 uma ação civil: 2, a ação: 1
10 informações 0 0 NONE 3 forneceriaas informações: 2, informações: 1