EUA informam aliados contra transações financeiras com o Irã

Por: SentiLecto

Os Estados Unidos advertiram nesta terça-feira os governos e o setor privado a reprimirem o que descreveu como esforços iranianos para buscar-los para financiar seusuporteo ao terrorismo, desestabilizando ações na região e abusos de direitos no Irã.

O pedido, em um discurso de uma autoridade do Tesouro dos Estados Unidos responsável por tratar de temas envolvendo terrorismo e informações financeiras, segue a resolução do presidente das EUA, Donald Trump, de abandonar o acordo nuclear com o Irã de 2015 e reimpor as sanções norte-americanas à República Islâmica.

A subsecretária do Tesouro Sigal Mandelker declarou: “Vocês têm que endurecer suas redes financeiras, exigir que suas companhias façam diligências extras para evitar que se as capturem em a rede fraudulenta de o Irã e deixar claro os riscos expressivos de se fazer negócios com companhias e pessoas lá”.

“As companhias que fazem negócios no Irã enfrentam riscos substanciais, e esses riscos são ainda maiores à medida que restabelecemos as sanções relativas à questão nuclear”, acadicionou”Responsabilizaremos aqueles que fazem negócios proibidos no Irã.”

A resolução dos EUA de deixar a convênio, sob o qual o Irã consentiu em restringi seu programa nuclear em troca de alívio das sanções econômicas, contrariou as outras partes envolvidas: Reino Unido, China, França, Alemanha e Rússia.

Por outro lado, – Os Estados Unidos vetaram nesta sexta-feira uma determinação do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas que condena o uso de força de Israel contra civis palestinos, criticando-a como uma “visão grosseiramente unilateral” que fracassou em culpar o Hamas pela violência recente. A embaixadora dos EUA na ONU antes da eleição declarou: “O grupo terrorista Hamas carrega responsabilidade primária pelas condições de vida abomináveis em Gaza”. A ONU é nikki Haley. Ela criticou a determinação por não indicar o Hamas nenhuma vez. Haley declarou: “Qualquer um que se importa com o processo de paz teria que votar contra isto”. França, Rússia, China, Costa do Marfim, Cazaquistão, Bolívia, Peru, Suécia e Guiné Equatorial se uniram ao Kuweit ao votarem a favor, enquanto exclusivamente os Estados Unidos votaram contra. Reino Unido, Holanda, Polônia e Etiópia se abstiveram. Uma determinação do Conselho de Segurança precisa de nove votos a favor e nenhum veto de por parte de seus membros permanentes – EUA, Reino Unido, França, Rússia ou China – para ser aceita. Um segundo esboço de determinação sugerido pelos EUA culpando o Hamas pela violência e indicando o direito de Israel de se defender foi votado mais tarde. Enquanto houve três votos negativos e 11 abstenções, exclusivamente os EUA votaram em defesa do segundo esboço de determinação. Tanto o Hamas, o grupo dominante em Gaza, quanto o pró-Irã Jihad Islâmico declararam que suas ações recentes, incluindo bombardeios em território de Israel, são uma resposta aos homicídios de ao menos 116 palestinos por Israel desde 30 de março em protestos na fronteira de Gaza.

Na quarta-feira 09 de maio a China havia demonstrado rejeição à dresoluçãode Donald Trump de retirar os Estados Unidos do acordo nuclear com o Irã e p havia pedidoa todas as partes que assumam uma “atitude responsável” para garantir a implementação de tal acordo.

Com as sanções norte-americanas regressando entre agora e 4 de novembro, não fica claro como aliados comuns dos EUA ou outras nações, como a China, podem estar em conformidade com essas sanções, particularmente aquelas que exigem que companhias estrangeiras diminuam suas importações de petróleo de Iran.

O peso do sistema financeiro dos EUA e a realidade das companhias terem que selecionar entre vender para o Irã ou para o amplo mercado dos EUA, possivelmente forçará muitas companhias privadas a se adaptarem.

Mandelker declarou: “Para aqueles do setor privado, peço que também tomem medidas complementares para garantir que o Irã e seus representantes não estejam buscando suas companhias para apoiar suas atividades desonestas”.

“O regime de Iran vai iludi suas companhias, minar a integridade de seus sistemas financeiros, colocar suas instituições sob risco de nossas poderosas sanções, tudo para financiar o terrorismo, os abusos aos direitos humanos e grupos terroristas”, adicionou Mandelker.

A menos que o Irã cesse ações como o suporte a forças hostis aos Estados Unidos na Síria, no Iraque, no Líbano e no Iêmen, ela repetiu as ameaças dos EUA para ampliar a pressão financeira.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: United States, United Kingdom, Syria, Russian Federation, Lebanon, China, Brazil

Cities: Franca

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>EUA informam aliados contra transações financeiras com o Irã
>>>>>EUA vetam resolução da ONU denunciando violência contra palestinos – June 01, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>EUA pedem reunião do Conselho de Segurança por ataques de Gaza a Israel – May 29, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Dezenas de palestinos são feridos por tiros e gás lacrimogêneo de Israel em protestos na fronteira de Gaza – May 26, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Dezenas de palestinos são feridos por fogo israelense em protestos em Gaza – May 25, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Israel considera sem validade e cínica denúncia palestina no TPI – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Israel bombardeia porto de Gaza e túnel do Hamas – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Crescente Vermelho diz que 6 voluntários ficaram feridos na violência em Gaza – May 24, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Justiça de Israel apoia uso de munição real por Exército em protestos em Gaza – May 25, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Feridos em protestos colocam sistema de saúde de Gaza em estado crítico – May 23, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Rabat instala hospital de campanha em Gaza para atender vítimas de protestos – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Exército de Israel mata combatente de Gaza ao interromper invasão na fronteira – May 28, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Quatro palestinos cortam cerca da fronteira e colocam cartaz em Israel – May 26, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>EUA pedem reunião do Conselho de Segurança por ataques de Gaza contra Israel – May 30, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Israel ataca túnel e 35 alvos em Gaza após disparo de 28 foguetes palestinos – May 29, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Cerca de 27 mísseis são lançados de Gaza a Israel, sem deixar feridos – May 29, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Israel responde a ataques vindos de Gaza após ameaça de Netanyahu – May 29, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>China rejeita acusação dos EUA de ‘transferência forçada de tecnologia’ na OMC – May 28, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Após acordo, EUA decidem suspender sanções contra chinesa ZTE – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Exército do Irã diz aos EUA que não precisa de permissão para se desenvolver – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>EUA têm plano para castigar México e China por tráfico de fentanil – May 23, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>EUA responderão “reciprocamente” à expulsão de diplomatas pela Venezuela – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>EUA dizem que “fraudulentas eleições” na Venezuela “não mudam nada” – May 20, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Pesquisas mostram panorama incerto em eleições presidenciais na Venezuela – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Maduro pede voto a opositores no antepenúltimo dia de campanha – May 16, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Falcón enfrentará ex-companheiros políticos pela presidência da Venezuela – May 18, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>EUA ameaçam impor as sanções ‘mais fortes’ contra o Irã – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 empresas 40 50 NONE 7 muitas empresas privadas: 1, empresas estrangeiras: 1, empresas: 3, As empresas: 2
2 Irã 0 0 ORGANIZATION 6 o Irã: 5, o Irã de 2015: 1
3 os Estados_Unidos 0 0 PLACE 4 os Estados_Unidos: 2, Os Estados_Unidos: 2
4 Mandelker 0 0 PERSON 3 Mandelker: 2, Ela (referent: Mandelker): 1
5 partes 0 0 NONE 3 as outras partes envolvidas: 1, partes: 2
6 pedidoa 0 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: pedidoa): 2, pedidoa: 1
7 sanções 0 0 NONE 3 as sanções norte-americanas: 1, essas sanções: 1, as sanções relativas: 1
8 visão 0 180 NONE 2 visão grosseiramente unilateral: 2
9 violência 0 160 NONE 2 violência recente: 1, violência: 1
10 aqueles 0 100 NONE 2 aqueles: 2