EUA juntam embaixada e consulado em missão diplomática única em Jerusalém

Por: SentiLecto

Os Estados Unidos, que em uma só missão diplomática”, alegou o secretário de Estado, Mike Pompeo, em comunicado, decidiram juntar a embaixada e o consulado que têm em Jerusalém “em uma só missão diplomática” com o objetivo de “melhorar a eficiência”, depois de transferir em maio a comissão em Israel de Tel Aviv para a Cidade Santa, informou o governo de America nesta quinta-feira.

De acordo com um comunicado da Agência Federal de Gestão de Emergências , a medida permite habilitar fundos nacionais para conserto de prejuízos e atender os afetados em diferentes condados da Geórgia.

Na terça-feira 25 de setembro Donald Trump havia reafirmado o compromisso do país com um “futuro de paz e estabilidade” no Oriente Médio e havia considerado que sua resolução de reconhecer Jerusalém como capital de Israel não prejudicava o processo de paz entre palestinos e israelenses. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos.

Ele explicou que os EUA vão continuar a fazer “uma extensa gama de relatórios, divulgação e programação” na Cisjordânia e na Faixa de Gaza, assim como com os palestinos através de uma nova Unidade de Assuntos Palestinos dentro da embaixada.

O titular da diplomacia de America alegou que esta resolução “não menciona uma mudança na política do país sobre Jerusalém, Cisjordânia ou Faixa de Gaza” e que os EUA “estão firmemente comprometidos com a conquista de uma paz duradoura e integral que ofereça um futuro mais brilhante para Israel e os palestinos”.

A agência na nota alegou: “A assistência inclui assistências para abrigo provisória e reparos de imóveis, empréstimos de baixo preço para cobrir as perdas não cobertas por seguro e outros programas para auxiliar indivíduos e proprietários de negócios a se recuperem dos conseqüência da calamidade”.

A resolução de transferir a embaixada desencadeou uma onda de protestos na Faixa de Gaza, onde mais de 50 pessoas faleceram e outras 2 mil ficaram feridas em confrontos com o Exército israelense, que abriu fogo contra a multidão que se aproximou da cerca de fronteira.

Na sua vez, a Austrália reconsiderará seu suporte ao acordo nuclear do Irã e está aberta a reconhecer Jerusalém como a capital de Israel e transferir sua embaixada para lá, declarou o primeiro-ministro australiano nesta terça-feira .Você já imaginou ver o Barcelona disputando o campeonato nacional de futebol dos Estados Unidos? Pois é exatamente isso que deseja fazer o clube de Espanha com seu time feminino. O Barça, da atacante de Brasil Andressa Alves, está em negociações com Liga Nacional de Futebol Feminino da América do Norte para ter uma franquia no torneio já em 2019.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United States, Israel

Cities: Tel Aviv, Jerusalem

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>EUA juntam embaixada e consulado em missão diplomática única em Jerusalém
>>>>>Após passagem de furacão Michael, EUA declaram “grande desastre” na Geórgia – (EfeGeneric)
>>>>>Premiê australiano considera transferir embaixada de Israel para Jerusalém – October 15, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Barcelona quer time na liga de futebol feminino dos EUA – (maquinadoesporte-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Exército 0 0 ORGANIZATION 6 (tacit) ele/ela (referent: o Exército israelense): 4, o Exército israelense: 2
2 os EUA 150 40 PLACE 3 os EUA: 2, (tacit) eles/elas (referent: os EUA): 1
3 decisão 35 0 NONE 3 esta decisão: 1, A decisão: 1, sua decisão: 1
4 Unidade de Assuntos Palestinos 0 0 ORGANIZATION 3 (tacit) ele/ela (referent: uma nova Unidade_de_Assuntos_Palestinos): 3
5 Faixa_de_Gaza 0 0 PLACE 2 a Faixa_de_Gaza: 2
6 Jerusalém 0 0 PLACE 2 Jerusalém: 2
7 esta 0 0 NONE 2 esta: 2
8 multidão 0 0 NONE 2 a multidão: 2
9 Barça 0 80 ORGANIZATION 1 O Barça de a atacante brasileira Andressa_Alves: 1
10 negócios 0 70 NONE 1 (tacit) eles/elas (referent: negócios): 1