Forças iraquianas libertam novo bairro no sudeste de Mossul

As forças do Iraque libertaram neste sábado o bairro de Al Gofran, situado no sudeste da cidade de Mossul, como parte da segunda parte da ofensiva para expulsar o grupo jihadista Estado Islâmico da cidade, declarou à Agência Efe o chefe de segurança da província de Ninawa, Mohammed al Bayati.

É o nome árabe cidade bíblica de Nínive na região da Assíria.

A fonte mencionou que, além de Al Gofran, outros distritos, como Al Wahda, Sumar, Al Mualimin e Al Salem, recentemente por as forças antiterroristas, pela Polícia Federal e o exército iraquiano, se os libertaram também situados em o sudeste de a cidade. No bairro de Al Wahda, a polícia conseguiu entrar hoje na clínica de Al Salem e assumir o controle total do local, contou à Efe o chefe do escritório de informação da Polícia Federal, Abderrahmen al Jazaali., que falou sobre os obstáculos que deveram passar para recomeçar o local controlado anteriormente pelos jihadistas, que deixaram, antes de escapar, centenas de produtos explosivos dentro e fora do recinto com o objetivo de conter a progressão das forças iraquianas,

O carro estourou pouco antes do meio-dia local , e também provocou prejuízos em vários veículos e construções próximos, explicou a fonte policial.

Faz 1 dia, desde que a ofensiva iniciou em outubro de o ano passado, o exército iraquiano entrou pela primeira vez, em o norte de a zona leste de Mossul, matando 45 terroristas.

O atentado ocorreu pouco depois da chegada à capital iraquiana do presidente da França, François Hollande, que tem hoje uma agenda de reuniões com líderes do país árabe e depois dtem que passarem revista as tropas francesas no norte do país.O atentado ocorreu pouco depois da chegada a Bagdá do presidente francês, François Hollande, que nesta segunda-feira se reúne com autoridades iraquianas e depois vai encontrar tropas francesas no norte do país.Altas patentes das forças iraquianas já alegaram várias vezes que os carros-bomba e os suicidas se tornaram as principais armas dos jihadistas para tentar conter a progressão das tropas iraquianas ou evitar que o poder do grupo se enfraqueça.

Iniciou-se a segunda fase de a operação em a semana passada, para recuperar Mossul o último bastião de o EI em o Iraque,, já que a primeira perdeu intensidade por culpa de a resistência de o grupo extremista e de as condições meteorológicas.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Forças iraquianas libertam novo bairro no sudeste de Mossul
>>>>>Explosão de carro-bomba deixa ao menos 37 mortos e 65 feridos no Iraque – January 02, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>No Iraque, Hollande promete lutar contra extremistas franceses do EI – January 02, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>Estado Islâmico assume autoria de atentado no Iraque – (EfeGeneric)
>>>>>EI cometeu 1.112 atentados suicidas em 2016, diz agência jihadista – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 François Hollande 0 0 PERSON 5 (tacit) ele/ela (referent: François_Hollande): 1, François_Hollande: 4
2 dificuldades 0 80 NONE 2 as dificuldades: 2
3 atentado 0 0 NONE 2 O atentado: 2
4 fonte 0 0 NONE 2 a fonte policial: 1, A fonte: 1
5 local 0 0 NONE 2 local: 2
6 o norte de o país 0 0 NONE 2 o norte de o país: 2
7 tropas 0 0 NONE 2 as tropas francesas: 1, tropas francesas: 1
8 fugir centenas de artefatos explosivos 0 105 NONE 1 fugir centenas de artefatos explosivos: 1
9 culpa de a resistência de o grupo extremista 35 80 NONE 1 culpa de a resistência de o grupo extremista: 1
10 expulsar o grupo jihadista estado_islâmico de a cidade mohammed al bayati 0 70 NONE 1 expulsar o grupo jihadista Estado_Islâmico de a cidade Mohammed al Bayati: 1