Guaidó declara que assistência humanitária vai chegar à Venezuela em 23 de fevereiro

Por: SentiLecto

Juan Guaidó declarou nesta terça-feira que a assistência humanitária entrará no país no dia 23 de fevereiro para trazer alívio na população que padece com uma carência generalizada de alimentos e remédios. Juan Guaidó é o autoproclamado presidente interino da Venezuela.

A oposição, que não reconhece a legitimidade do novo mandato de Maduro, que tomou posse no último dia 10 de janeiro, alega que a Venezuela padece com uma crise humanitária e pediu assistência à comunidade internacional para lidar com a situação.Colômbia e Estados Unidos foram os primeiros países a reconhecer Guaidó como presidente interino e buscam recuperar a ordem constitucional na Venezuela. Para a entrega, o governo da Colômbia encarregou à União Nacional de Gestão do Risco de Desastres o seu planejamento, na qual participa também a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional .O país balcânico é adicionado assim a os mais de 20 parceiros de o bloco que reconheceram Guaidó como presidente interino de a Venezuela com o objetivo de realizar votações em o país.

Faz 9 dias, o ministro de as Relações Exteriores da Turquia havia alegado que os países que haviam reconhecido o auto-proclamado presidente interino de a Venezuela, Juan Guaidó, estavam alimentando problemas de aquele país e castigando milhões de pessoas, em o domingo 03 de fevereiro.

Falando em um comício em Caracas, Guaidó declarou que as Forças Armadas, que seguem leais ao presidente Nicolás Maduro, têm que permitir que a assistência entre no país. Enquanto Maduro alega haver uma tentativa de golpe de Estado patrocinada pelos Estados Unidos para derrubá-l, guaidó delata o governo Maduro como ilegítimo o.

“Essa assistência não vai ser e nem pode ser isolada. Vai entrar no nosso país de maneira constante através do que chamados de ‘corredor humanitário'”, declarou Guaidó, sem elucidar como isso será feito.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Venezuela, United States

Cities: Caracas

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Guaidó declara que assistência humanitária vai chegar à Venezuela em 23 de fevereiro
>>>>>Guaidó pede que militares permitam entrada de ajuda humanitária na Venezuela – (EfeGeneric)
>>>>>Primeira carga da ajuda humanitária para entrega na Venezuela chega a cidade de Cúcuta – (EfeGeneric)
>>>>>Romênia reconhece Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela – February 08, 2019 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>França reconhece Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Reino Unido reconhece Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Suécia reconhece Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Juan Guaidó 0 75 PERSON 9 Guaidó: 4, Juan_Guaidó: 1, (tacit) ele/ela (referent: Juan_Guaidó): 3, Juan_Guaidó (apposition: O autoproclamado presidente interino de a Venezuela): 1
2 ajuda 60 0 NONE 4 a ajuda: 1, a ajuda humanitária: 1, Essa ajuda: 1, ajuda: 1
3 oposição 0 0 NONE 3 A oposição e: 3
4 país 0 0 NONE 3 O país balcânico: 1, o país: 2
5 países 0 0 NONE 3 os primeiros países: 1, os países: 2
6 Colômbia e Estados_Unidos 0 0 PLACE 2 Colômbia e Estados_Unidos: 1, (tacit) eles/elas (referent: Colômbia e Estados_Unidos): 1
7 Forças Armadas 0 0 ORGANIZATION 2 as Forças_Armadas: 2
8 Nicolás Maduro 0 0 PERSON 2 o presidente Nicolás_Maduro: 1, Maduro: 1
9 bloco 0 0 NONE 2 o bloco: 2
10 planejamento 0 0 NONE 2 seu planejamento: 2