Japão segue na busca por desaparecidos por conta das fortes chuvas no país

Por: SentiLecto

As equipes de emergência de Japão continuam, neste domingo, os trabalhos de resgate e a busca por dezenas de sumidos nas enchentes e deslizamentos de terra por conta das chuvas torrenciais na metade sul do país, que deixaram mais de 50 mortos.

– As chuvas torrenciais que afetam há vários dias as regiões sul e oeste do Japão já deixaram pelo menos 20 mortos, de acordo com as autoridades, que ordenaram neste sábado a saída de quase dois milhões de pessoas de suas casas. As borrascas bateram recordes em várias regiões e provocaram cheias excepcionais, deslizamentos de terra e enchentes. Muitos habitantes ficaram presos, apesar das ordens das autoridades locais para que 1,9 milhão de pessoas abandonassem suas casas. O jornalismo menciona um balanço ainda maior de vítimas. O canal público NHK informou 38 mortos e 50 sumidos. O município mais atingido foi o de Hiroshima. As províncias de Aishi e Okayama também foram bastante afetadas. A meteorologia emitiu alerta máximo para várias regiões e informou para os ricos de prejuízos ainda maiores. As equipes de emergência trabalham para resgatar os habitantes refugiados nos tetos da casas. Enquanto o governo estabeleceu uma célula de crise, o serviço meteorológico alegou: “Estamos em vigilância máxima”. Após os deslizamentos de terra, várias casas desabaram, estradas e pontes ficaram arruinadas e bairros completos inundados.Pelo menos 50 pessoas faleceram e dezenas estão sumidas por causa das enchentes e deslizamentos de terra provocados pelas fortes chuvas no Japão.

Na terça-feira 19 de junho as autoridades do Japão haviam pedido, nesta terça-feira, aos cidadãos de Osaka que se conservem “alerta” diante de possíveis deslizamentos de terra, após o potente sismo de que havia deixado cinco mortos e 381 feridos.

Segundo os últimos números divulgados às 15h , 66 pessoas mfalecerame outras 60 estão dsumidas

Existe o temor que esse número aumente com enquanto prosseguem os trabalhos de resgate e os médicos, o decorrer das horas confirmem o estado de saúde das pessoas encontradas com parada cardiorrespiratória.

Os serviços de emergência receberam mais de 100 chamadas advertindo sobre carros que foram arrastados pelas águas e outras espécies de acidentes, explicou Yoshihide Suga em entrevista coletiva divulgada pela emissora pública “NHK”. Yoshihide Suga é o ministro porta-voz do governo de Japon.

As fortes chuvas iniciaram na última quinta-feira e conservam em alerta 18 das 47 províncias do país por conta do risco de transbordamentos de rios, enchentes e calamidades relacionadas aos deslizamentos de terra.

Por outro lado, a Agência Meteorológica de Japão conserva em alerta máximo as províncias de Kyoto, Hyogo e Gifu.

Uma equipe de 54 mil pessoas, incluindo soldados das Forças de Autodefesa , policiais e bombeiros, participa dos resgates, para os quais 41 helicópteros foram mandados, declarou Suga após uma reunião do salinha de emergência.

Shinzo Abe descreveu como “corrida contra o tempo” os trabalhos de resgate Shinzo Abe é o primeiro-ministro do Japão., e ordenou dar prioridade aos resgates e excreções para evitar mais prejuízos.

As autoridades ordenaram ou recomendado a excreção de mais de quatro milhões de pessoas na região sudoeste do país.

Em a província de Okayama, os trabalhos de resgate foram estendidos durante a noite para auxiliar as centenas de pessoas que ficaram presas em os tetos de suas casas, onde subiram para escapar de as enchentes e transbordamentos de os rios.

Enquanto mais de uma dezena de cidadãos foram para o teto, em Okayama, a enchente de uma casa de repouso para idosos fez com que cerca de 80 pessoas ficassem provisoriamente isoladas de suas residências para fugir dos transbordamentos, detalhou a agência “Kyodo”.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Japan

Cities: Okayama

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Japão segue na busca por desaparecidos por conta das fortes chuvas no país
>>>>>Sobe para 38 o número de mortos pelas fortes chuvas no Japão – (EfeGeneric)
>>>>>Fortes chuvas deixam pelo menos 20 mortos no Japão – July 07, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Sobe para 50 o número de mortos pelas fortes chuvas no Japão – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 pessoas 0 170 NONE 6 66 pessoas: 1, pessoas: 3, 80 pessoas: 1, 50 pessoas: 1
2 chuvas 160 0 NONE 5 as fortes chuvas: 1, As chuvas torrenciais: 2, chuvas torrenciais: 1, As fortes chuvas: 1
3 casas 0 70 NONE 4 casas: 3, várias casas: 1
4 autoridades 70 0 NONE 4 as autoridades locais: 1, as autoridades: 2, As autoridades: 1
5 alerta 180 0 NONE 3 alerta máximo: 2, alerta: 1
6 as equipes de emergência 0 30 NONE 2 As equipes de emergência: 2
7 carros 80 0 NONE 2 carros: 2
8 os trabalhos de resgate 15 0 NONE 2 (tacit) eles/elas (referent: os trabalhos de resgate): 2
9 66 pessoas 0 0 NONE 2 (tacit) eles/elas (referent: 66 pessoas): 2
10 Gifu 0 0 PERSON 2 (tacit) ele/ela (referent: Gifu): 2