Manifestantes queixar-se contra Trump no Dia do Presidente

Por: SentiLecto

Se comemora Ativistas em Washington Chicago e quando ativistas em Washington, Chicago e dezenas de outras cidades norte-americanas queixar-se em esta segunda-feira, quando o Dia do Presidente em os Estados Unidos, contra o plano de o presidente Donald Trump de dizer emergência nacional para conseguir recursos para um muro em a fronteira com o México.

A expectativa era que a proposta fosse encaminhada à Casa Branca nesta sexta-feira para receber a sanção do presidente antes de ele partir para seu clube de golfe particular de Mar-a-Lago, na Flórida, para um final de semana de descanso.Faz 1 dia, o presidente de America já confirmou que vai assinar a lei orçamentária aprovada por o Congresso, o que vai evitar uma nova paralisação de o governo de os EUA.Uma emergência nacional, se não for impedida por tribunais ou pelo Congresso, vai permitir a Trump usar fundos que parlamentares tinham aprovado para outras finalidades, que não um muro na fronteira.

Na terça-feira 05 de fevereiro Donald Trump tinha que pressionar democratas a aprovarem o financiamento de seu tão prometido muro na fronteira em seu discurso do Estado da União nesta terça-feira Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos., mas não chegará a dizer uma emergência nacional em razão disso, ao menos por ora.

Chamando a declaração de Trump de abuso de poder e usurpação do Congresso, organizadores ligados ao grupo sem fins lucrativos MoveOn.org e outros participantes declararam que é importante que a indignação com a resolução seja ouvida.

Darcy Regan, diretora executiva do grupo Indivisible Chicago, que auxiliou a coordenar o protesto na cidade declarou: “Discordamos do estado de emergência dito pelo presidente e estamos com nossos colegas e amigos imigrantes”.

Trump invocou os poderes de emergência na sexta-feira, após o Congresso se rejeitou a atender o seu pedido por 5,7 bilhões de dólares para auxiliar a construir o muro, sua principal promessa de sua campanha em 2016. A medida permite que Trump utilize recursos destinados pelo Congresso para outros fins.

Na sua vez, a democrata mais graduada do Congresso repudiou a medida presidencial. Indagada se contestaria legalmente uma declaração de emergência, a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, respondeu: “Posso fazê-lo, é umaalternativao”.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States, Mexico

Cities: Washington, Mexico, Chicago

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Manifestantes queixar-se contra Trump no Dia do Presidente
>>>>>Trump promete declarar emergência para erguer muro e evita nova paralisação – February 15, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Trump irá declarar emergência nacional para construir muro na fronteira – February 15, 2019 (EfeGeneric)
>>>>>Trump diz que irá declarar emergência na fronteira dos EUA com México – February 15, 2019 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Congresso 0 0 ORGANIZATION 5 mais graduada de o Congresso: 1, o Congresso: 4
2 Donald Trump 0 0 PERSON 5 (tacit) ele/ela (referent: Trump): 2, Donald_Trump (apposition: o presidente de os Estados_Unidos): 1, Trump: 2
3 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
4 esta 0 40 NONE 3 esta: 3
5 medida 0 80 NONE 2 A medida: 1, a medida presidencial: 1
6 diretora executiva de o grupo indivisible_chicago 0 0 NONE 2 diretora executiva de o grupo Indivisible_Chicago: 2
7 fins 0 0 NONE 2 outros fins: 1, fins lucrativos: 1
8 fronteira 0 0 NONE 2 a fronteira: 2
9 fundos 0 0 NONE 2 fundos: 2
10 muro 0 0 NONE 2 um muro: 1, muro: 1