ONU pede que Riad e Ancara revelem o que sabem sobre paradeiro de jornalista

Por: SentiLecto

A alta comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, a ex-presidente do Chile Michelle Bachelet, pediu nesta terça-feira aos governos de Arábia Saudita e Turquia que “revelem tudo o que sabem” sobre o desaparecimento do jornalista saudita Jamal Khashoggi.

Uma fonte oficial saudita, sob anonimato, à SPA, revidenciandoa confiança para que uma equipe conjunta de trabalho faça na maior medida possível as tarefas que se lhe forem confiadas, se Deus qdesejar.E declarou: “É um passo positivo”.m entrevista à emissora britânica “BBC”, Guterres edisseseu temor que eestatespéciede desaparecimento aocorrade mformamais frequente e seja considerado como algo “normal”.

Na segunda-feira 08 de outubro Tayyip Erdogan havia desafiado Riad a confirmar sua afirmação de que o jornalista saudita Jamal Khashoggi, que estava sumido desde passada, havia saído do consulado da Arábia Saudita em Istambul. Tayyip Erdogan é o presidente da Turquia.

Em comunicado, Bachelet requereu às autoridades de ambos os países “garantias de que não hvai havermais odificuldadesno cpercursode uumiinquéritorrápido pprofundo eefetivo imparcial e transparente” para resolver o que pode ser um caso de “possível ahomicídioextrajudicial”.

A alta comissária louvou o acordo que permitiu que ontem acontecesse uma inspeção no interior do consulado da Arábia Saudita em Istambul. Não obstante, alegou que, dada a gravidade do caso, a imunidade da sede consular não teria que ter sido um impedimento para a execução de tal inquérito.

“Em vista da seriedade da situação em torno do desaparecimento de Khashoggi, acredito que a inviolabilidade e a imunidade de lugares oficiais amparados pela Convenção de Viena de 1963 sobre relações consulares não deveriam ser aplicadas”.

“Sob a lei internacional, tanto o desaparecimento forçado como o homicídio extrajudicial são crimes sérios, e a imunidade não deveria ser usada para impedir inquéritos sobre o que ocorreu e quem é responsável. Duas semanas é muito tempo para que a cena de um crime não tenha sido submetida a um inquérito forense”, opinou Bachelet.

A ex-presidente do Chile adicionou que, já que existem imagens de Khashoggi entrando no consulado, mas não dele saindo, cabe às autoridades sauditas responder sobre o que aocorreu

“Os sauditas têm o sistema de câmeras mais sofisticado. O sistema poderia captar a saída de uma mosca”, alegou.Erdogan alegou que compartilha-se sua preocupação com o presidente de os Estados Unidos, Donald Trump.

A alta comissária especificou que tanto a Arábia Saudita como a Turquia são Estados-parte da Convenção contra a Tortura e Outros Tratamentos Cruéis, Desumanos, Degradantes e que, como tais, estão obrigados a tomar todas as medidas para evitar tortura, desaparições forçadas e outras sérias violações, além de investigá-las e submeter à Justiça os seus autores.

Quando Mohammed bin Salman assumiu posições de poder dentro do regime, khashoggi, que já foi próximo da monarquia saudita, se distanciou dela. Mohammed bin Salman é o atual príncipe herdeiro.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Turkey, Saudi Arabia, Chile

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>ONU pede que Riad e Ancara revelem o que sabem sobre paradeiro de jornalista
>>>>>Erdogan diz estar “preocupado” com desaparecimento de jornalista saudita – October 11, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Erdogan desafia Riad a provar que jornalista desaparecido saiu de consulado na Turquia – October 08, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Turquia pede permissão para fazer buscas em consulado saudita em Istambul – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>ONU cobra Turquia e Arábia Saudita a investigarem desaparecimento de jornalista – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Riad aplaude colaboração com Ancara para esclarecer sumiço de jornalista – October 12, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>A.Saudita permite buscas em consulado em que jornalista desapareceu na Turquia – (EfeGeneric)
>>>>>ONU exige “a verdade” sobre desaparecimento de jornalista saudita – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 40 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
2 Jamal Khashoggi 0 60 PERSON 3 Jamal_Khashoggi: 3
3 os Estados_Unidos 0 50 PLACE 3 (tacit) eles/elas (referent: os Estados_Unidos): 2, os Estados_Unidos: 1
4 Turquia 0 0 PLACE 3 a Turquia: 1, Turquia: 2
5 os governos de arábia_saudita 0 0 NONE 3 (tacit) eles/elas (referent: os governos de Arábia_Saudita): 3
6 temor 0 120 NONE 2 seu temor: 2
7 muito_tempo 0 80 NONE 2 muito_tempo: 2
8 confiança 90 0 NONE 2 a confiança: 2
9 Bachelet 80 0 PERSON 2 Bachelet: 2
10 acordo 60 0 NONE 2 o acordo: 2