OTAN dá sinal verde à nova missão no Iraque para formar e assessorar tropas

Por: SentiLecto

A OTAN arremessou nesta quarta-feira uma nova missão de formação e assessoria no Iraque destinada a treinar os instrutores do exército e das forças de segurança, adicional ao trabalho da aliança internacional que luta o grupo terrorista Estado Islâmico , liderada pelos Estados Unidos.

“A prevenção é melhor que a intervenção. Para prevenir a atuação do Daesh é preciso reforçar a formação”, explicou Jens Stoltenberg em entrevista coletiva ao final da primeira jornada do domo de líderes da OTAN realizada hoje e amanhã em Bruxelas. Jens Stoltenberg é o secretário-geral da Aliança. em Bruxelas.

Durante esse encontro com Stoltenberg, o líder criticou com rigor a Alemanha e alegou que esse país está nas mãos da Rússia pela energia que recebe desde esse país e, em particular, pelo projeto de gasoduto Nord Stream II, que vai conectar diretamente Rússia e Alemanha.

Na sábado 23 de junho – O Iraque realizou um ataque aéreo contra uma reunião de líderes do Estado Islâmico dentro da vizinha Síria, matando 45 membros do grupo militante radical, disseram os militares iraquianos neste sábado. Jatos F-16 haviam arruinado três casas que eram conectadas por uma trincheira na cidade de Hajin, onde os líderes se reuniam. Entre os mortos há líderes importantes como o “vice-ministro do combate” do grupo, um dos “emires de comunicação”, o mensageiro pessoal do líder Abu Bakr al-Baghdadi e o chefe de polícia, haviam declarado os militares em comunicado. O Estado Islâmico, que já havia chegado a ocupar um terço do território iraquiano, havia sido derrotado na maior parte do país, mas ainda encarnava um ameaça na região de fronteira com a Síria. “Os jatos F-16 do Iraque haviam realizado com êxito um ataque aéreo contra uma reunião de líderes do Daesh na área de Hajin dentro do território sírio. A operação havia resultado na completava devastação dos alvos, matando cerca de 45 terroristas”, havia alegado o comando militar. Daesh era o termo árabe para se referir ao Estado Islâmico. Desde o ano passado, o Iraque havia realizado vários ataques aéreos contra o Estado Islâmico na Síria, com a aprovação do governo sírio e da aliança liderada pelos Estados Unidos. O Iraque conservava boas relações com a Rússia, principal aliado do governo sírio no combate civil síria, e também tem forte suporte da aliança liderada pelos EUA. O premiê Haider al-Abadi havia dito triunfo final contra o Estado Islâmico em dezembro, mas o grupo ainda operava na região de fronteira e tem realizado emboscadas, homicídios e ataques a bomba no Iraque.

Trata-se de uma missão de formação, não de guerrazinha, centrada em treinar “formadores que depois possam formar tropas de Iran” e “construir forças para que o Daesh não possa jamais se reconstituir”, explicou o político norueguês.

A missão, que os aliados preparam há meses, recebeu hoje seu sinal verde definitivo por parte dos governantes dos países da OTAN, que a respaldaram em uma declaração conjunta.

Na sua vez, os países de a Otan foram comprometidos em o domo de Gales de 2014 a destinar %2 de seus respectivos PIBs em a Defesa em o prazo de uma década mas Trump deseja que esse compromisso seja satisfeito o mais rápido possível.Nquanto os EUA, segundo Trump, contribuem com 4% de seu PIB.P, em um tweet, o líder de America criticou que a Alemanha destine exclusivamente 1% de seu PIB nacional à despesa ea favor dosmembros da Organização do Tratado do Atlântico Norte , eoucas horas antes, o presidente ade Americareforçou também que a OTAN “aauxiliamuito mais” aos integrantes da União Europeia que aos EUA, que pagam “mais de 70%” do cpreçoda defesa chabitual

Na mesma, os governantes evidenciam que esta missão procura “apoiar o governo do Iraque com suporte complementar nos seus esforços para estabilizar o país e combater contra o terrorismo em todas as suas maneiras e manifestações”.

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, se ofereceu hoje para assumir durante um ano o comando desta missão, com qual contribuirá, além disso, com 250 soldados.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>OTAN dá sinal verde à nova missão no Iraque para formar e assessorar tropas
>>>>>Trump chama de “delinquentes” países da Otan que gastam menos em defesa – (EfeGeneric)
>>>>>Antes de cúpula, Trump afirma que financiamento da Otan é “injusto” – (EfeGeneric)
>>>>>Trump chama vários países da OTAN de “inadimplentes” antes de cúpula – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 o Iraque 0 50 PLACE 6 O Iraque: 2, o Iraque: 4
2 eu 90 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
3 os EUA 40 0 PLACE 4 os EUA: 4
4 o Estado_Islâmico 0 0 PLACE 4 Estado_Islâmico: 1, o Estado_Islâmico: 1, O Estado_Islâmico: 2
5 grupo 0 60 NONE 3 o grupo terrorista: 1, o grupo: 2
6 OTAN 60 0 ORGANIZATION 3 A OTAN: 1, a OTAN: 2
7 a Síria 0 0 PLACE 3 vizinha Síria: 1, a Síria: 2
8 ataque 0 160 NONE 2 um ataque aéreo: 2
9 militares 0 30 NONE 2 os militares iraquianos: 1, os militares: 1
10 combate 0 20 NONE 2 combate: 1, a guerra civil: 1