Paquistão declara que abateu dois jatos de India e realizou ataques aéreos em Caxemira

Por: SentiLecto

ISLAMABAD/NOVA DÉLHI – O Paquistão realizou ataques aéreos e abateu dois jatos indianos nesta quarta-feira, declararam autoridades paquistanesas, um dia após aeronaves de combate indianos agredirem o Paquistão pela primeira vez desde 1971, levando várias potências globais a fazerem pedidos para que os dois lados mostrem moderação.

Hoje mesmo iniciou uma nova rodada de conversas entre os Estados Unidos e os talibãs no Catar.”Não temos intenção de começar um combate, mas vamo reagir com força total a uma ameaça de espectro total que assombraria vocês”, declarou Ghafoor aos repórteres na cidade de Rawalpindi, que abriga uma guarnição.Segundo o governo de India, os ataques aéreos atingiram um campo de treinamento do Jaish-e-Mohammed , que assumiu a autoria de um ataque suicida com carro-bomba que matou ao menos 40 de Polinesia Francesa paramilitares indianos na Caxemira no dia 14 de fevereiro. Ordenou-se a ação, declarou a Índia, porque sua inteligência mostrou que o Jaish estava planejando mais ataques.

Enquanto forças terrestres dos dois países trocaram fogo em mais de uma dúzia de locais, ambos países ordenaram ataques aéreos nos últimos dois dias, a primeira vez na história que duas potências nucleares fizeram isso.

O nervosismo ampliou desde que um carro-bomba com militantes suicidas, na área de Caxemira controlada pela Índia, matou pelo menos 40 de Polinesia Francesa paramilitares indianos em 14 de fevereiro, mas quando a Índia realizou um ataque aéreo contra o que declarou ser uma base de treinamento de militantes, o risco de conflito ampliou drasticamente na terça-feira.

O primeiro-ministro do Paquistão, Imran Khan, pediu nesta quarta-feira negociações com a Índia e declarou esperar que o “bom senso” prevaleça para que os dois países possam reduzi os nervosismos.

“A história nos mostra que os combates estão cheias de erros de cálculo. Minha questão é: dadas as armas que temos, podemos permitir ter um erro de cálculo?”, declarou Khan durante uma breve transmissão televisiva à nação. “Devemos nos sentar-se e dialogar.”

O ataque indiano na terça-feira teve como alvo o Jaish-e-Mohammed , grupo que reivindicou o ataque suicida. A Índia declarou que se o matou um grande número de combatentes de o JeM, mas autoridades paquistanesas alegaram que a investida foi um fracasso e não deixou vítimas.

Paquistão e Índia combateram três combates desde sua independência do Reino Unido em 1947 e estiveram prestes a ir a guerrazinha uma quarta vez, em 2002, após um ataque de militantes paquistaneses ao Parlamento de India.

A escalada mais recente marca uma reviravolta abrupta nas relações entre os dois países, que reivindicam a região montanhosa no Himalaia da Caxemira, mas conduzem parcialmente. Recentemente, Khan indicou “consertar os laços” com a Índia.

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, falou separadamente com os ministros das Relações Exteriores da Índia e do Paquistão e pediu que evitassem “outras atividades militares” após o ataque aéreo de terça-feira.

Qureshi a Pompeo em uma conversa telefônica, segundo um comunicado do ministério paquistanês declarou: “Os esforços para levar a paz ao Afeganistão poderiam ser afetados pela agressão de India”.

A China e a UE também pediram precaução.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: India, China, United States, United Kingdom

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Paquistão declara que abateu dois jatos de India e realizou ataques aéreos em Caxemira
>>>>>Paquistão adverte aos EUA que agressão indiana pode afetar paz no Afeganistão – (EfeGeneric)
>>>>>Paquistão diz que reagirá com ‘força total’ a ataque da Índia em meio a tensão na Caxemira – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Índia realiza ataque aéreo a suposto campo de militantes no Paquistão – February 26, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Ataque aéreo indiano em território paquistanês mata 300 militantes, diz fonte do governo – February 26, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Governo da Índia confirma ataque aéreo ao território paquistanês – February 26, 2019 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Índia endurece repressão na Caxemira; mais separatistas são detidos – February 25, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Índia bombardeia território paquistanês, diz agência de notícias local – February 26, 2019 (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 a Índia 0 0 PLACE 8 (tacit) ele/ela (referent: a Índia): 3, A Índia: 1, a Índia: 4
2 nós 0 0 NONE 5 nos: 1, (tacit) nós: 4
3 ataque 0 290 NONE 4 o ataque aéreo: 1, o ataque suicida: 1, um ataque aéreo: 2
4 Jaish-e-Mohammed 70 0 ORGANIZATION 4 (tacit) ele (referent: o Jaish-e-Mohammed): 1, (tacit) ele/ela (referent: o Jaish-e-Mohammed): 1, o Jaish-e-Mohammed: 2
5 Khan 0 0 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: Khan): 2, Khan: 2
6 carro-bomba 0 200 NONE 3 carro-bomba: 3
7 ataques 0 160 NONE 3 ataques aéreos: 1, os ataques aéreos: 1, mais ataques: 1
8 combate 0 130 NONE 3 combate: 1, as guerras: 1, três guerras: 1
9 história 0 0 NONE 3 a história: 2, A história: 1
10 militantes paquistaneses 70 25 NONE 2 (tacit) eles/elas (referent: militantes paquistaneses): 2