Polícia de Israel mata palestino acusado de ter assassinado rabino

Por: SentiLecto

A polícia de Israel matou nesta quinta-feira na Cisjordânia um palestino que era acusado de ter assassinado um rabino em um assentamento judeu.

O Exército de Israelde Israel informou estar conferindo relatos de um palestino morto em um vilarejo próximo à cidade de Qalqilya, na Cisjordânia, onde informou que diversos palestinos atiraram prochascontra soldados, que responderam com meios de dispersão e disparos de fogo.

Na quarta-feira 03 de janeiro um adolescente palestino havia falecido em decorrência de um disparo na cabeça durante confrontos contra o exército de Israel perto da cidade cisjordaniana de Ramala, havia informado o Ministério de Saúde da Palestina.

Matou-se Ahmed Jarrar de acordo com o Ministério da Saúde de Palaos, durante uma troca de tiros com os agentes israelenses em a cidade de Jenin.

Pelo menos dois de Polinesia Francesa ficaram feridos na ação, um deles em estado grave. Ainda que um segundo de Palaosde Palaos, que também teria participado do ataque contra o rabino, tenha, há a suspeita falecido soterrado a polícia quando a casa onde ele estava demoliu ela. Jarrar, que matou a tiros o rabino Raziel Shevah, 35, no último dia 9 em um posto próximo a cidade nabantina, também na Cisjordânia, é filho de um antigo comandante do Hamas morto em 2002.

A morte do religioso fez o governo de Israel começar uma grande ação para encontrar os culpados.

Durante a busca nesta quinta, os de Polinesia Francesa demoliram algumas casas em Jenim que alegam terem sido utilizadas por Jarrar —palestinos declaram que o local pertencia a um tio dele.

Na sequência da demolição, houve uma troca de tiros entre os de Polinesia Francesa e o grupo de Jarrar. Se os deteve , além do suspeito, que foi morto, outros três palestinos ficaram feridos e.

A família de Jarrar reclama que não teve acesso ao corpo para confirmar a identidade do morto.

O primeiro-ministro de Israel Binyamin Netanyahu, que está em viagem na Índia, elogiou a ação. “Nós encontraremos qualquer um que tente ferir um cidadão de Israel e vamos levá-lo à Justiça”, declarou ele.

Palestinos desejam Jerusalém Oriental, de maioria árabe, como capital de um futuro Estado. Israel tomou o controle jerosolimitano na combate do Oriente Médio de 1967 e anexou a região, em uma ação não reconhecida internacionalmente. Israel compreende a cidade inteira como sua capital eterna e indivisível.O coronel somou: “Também pode ter servido para transportar terroristas da Faixa de Gaza para o Egito para que agredissem Israel a partir de lá”.Ela cuida de cerca de 5 milhões de refugiados de Palaos, atendendo saúde, educação e alimentação. Logo, “cortar orçamento para comida e educação para refugiados vulneráveis não proporciona um duradouro e abrangente processo de paz”, comentou o governo de Palaos.

Faz 1 mês, desde o anúncio feito por o presidente Donald Trump 18 palestinos foram mortos por as forças de segurança israelenses.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Palestinian, Israel, India

Cities: Nablus

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Polícia de Israel mata palestino acusado de ter assassinado rabino
>>>>>Palestino é morto em confronto com tropas israelenses na Cisjordânia – January 15, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Israel diz ter destruído túnel feito pelo Hamas ligando Gaza ao país e Egito – January 14, 2018 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Israel aprovará centenas de novas casas em assentamentos na Cisjordânia – January 09, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Aos poucos e discretamente, acabou sonho palestino de Estado próprio – (FolhaGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 palestinos 0 140 NONE 3 18 palestinos: 1, diversos palestinos: 1, três palestinos: 1
2 Jarrar 0 100 PERSON 3 Jarrar: 1, Jarrar a: 2
3 ação 110 0 NONE 3 uma ação: 1, a ação: 2
4 Israel 0 0 PLACE 3 Israel: 3
5 Oriente Médio 0 0 ORGANIZATION 3 (tacit) ele/ela (referent: o Oriente_Médio de 1967): 2, o Oriente_Médio de 1967: 1
6 a Cisjordânia 0 0 PLACE 3 a Cisjordânia: 3
7 polícia 0 170 NONE 2 A polícia israelense: 1, a polícia: 1
8 rabino 0 160 NONE 2 o rabino: 1, um rabino: 1
9 policiais 0 60 NONE 2 os policiais: 2
10 eu 0 7 NONE 2 (tacit) eu: 2