Polícia do Quênia mata onze por revolta pós-eleição

Por: SentiLecto

Enquanto a ira contra a reeleição do presidente Uhuru Kenyatta, a polícia do Quênia matou pelo menos 11 pessoas em repressão aos protestos irrompe​u na cidade de Kisumu e em favelas próximas à capital, ddeclararamautoridades e testemunhas neste sábado.levaram-se os corpos de nove jovens mortos durante a noite em a favela de Mathare, em Nairobi, a o necrotério de a cidade, declarou uma autoridade de segurança em a Reuters.Os homens foram mortos durante operações antissaques da polícia, adicionou a autoridade.

Separadamente, uma menina foi morta em Mathare por “tiros esporádicos” da polícia, segundo uma testemunha. O bairro é leal ao líder da oposição Raila Odinga, de 72 anos, cujo partido recusou a eleição de terça-feira”.

Se registraram vários incidentes violentos após esta acusação de fraude, que segundo a oposição ocorreu com a identificação de o diretor de Telecomunicações da Comissão Eleitoral, assassinado há dez dias, em diversas partes de o país.Nesta quarta-feira, a delegação eleitoral do Quênia recusou as reivindicações do líder da oposição, Raila Odinga, de que seus sistemas e sites foram pirateados para produzir uma liderança “fictícia” para o adversário de Odinga, o presidente Uhuru Kenyatta.

Quando 1.200 pessoas faleceram em todo o país, um repórter da Reuters em Kisumu, centro da violência étnica pós-eleição uma década atrás declarou que dispararam-se gás lacrimogêneo e tiros. Se matou um homem, declarou uma autoridade de o governo.

Na sua vez, – Quenianos fizeram fila para votar nesta terça-feira em um segundo turno eleitoral entre as duas principais dinastias políticas do país, e os dois lados da disputa trocaram farpas sobre a legitimidade da eleição. Encoberta por temores de violência, a eleição coloca o atual presidente Uhuru Kenyatta, empresário de 55 anos filho do presidente fundador do Quênia, contra Raila Odinga, um ex-preso político de 72 anos e filho do primeiro vice-presidente do Quênia. Os oponentes estão se enfrentando pela segunda vez, com pesquisas de intenção de voto mencionando que essa será uma disputa bastante acirrada, após dois meses de campanha marcada por uma retórica quente, mas discursos públicos amplamente livres da Animosidade étnica que manchou votações anteriores. Um triunfo de Odinga consolidaria a dominação política por parte do grupo étnico kikuyum, que forneceu três dos quatro presidentes do Quênia desde sua independência do Reino Unido, em 1963. As pesquisas acirradas ampliam as possibilidades de que o perdedor exiba reclamações sobre o resultado, como Odinga fez em 2007 e 2013, apesar da uso de um sistema de eleição de alta tecnologia. Uma década atrás, a contagem de votos foi de forma abrupta suspendida e o presidente em exercício foi dito o ganhador, desencadeando um protesto da campanha de Odinga, seguido por ondas de violência étnica nas quais 1.200 pessoas faleceram e 600 mil foram desalojadas.

O Ministro do Interior alegou que o conflito era localizado e culpou “elementos criminosos” ao invés de um protesto político lícito. O Ministro do Interior é fred Matiang’i.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Kenya

Cities: Nairobi, Kisumu

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Polícia do Quênia mata onze por revolta pós-eleição
>>>>>Duas principais dinastias políticas do Quênia se enfrentam em eleição presidencial – August 08, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Quênia volta à calma enquanto espera pronunciamento da oposição – August 09, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Governo pede “responsabilidade” a quenianos em meio à tensão eleitoral – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Quênia registra primeiros distúrbios após denúncia de fraude eleitoral – August 09, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>O Quénia vai votar em clima de tensão – August 07, 2017 (Euronews-pt)
>>>>>>>>>>>>>Eleições tensas no Quénia – (Euronews-pt)
>>>>>>>>>>>>>Kenyatta perto da recandidatura mas rival contesta escrutínio – August 09, 2017 (Euronews-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Começa contagem dos votos no Quénia – (Euronews-pt)
>>>>>Ataque com facões deixa 3 mortos em posto de contagem de votos no Quênia – August 09, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Presidente do Quênia lidera contagem dos votos após eleição pacífica – August 08, 2017 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 pessoas 0 140 NONE 3 11 pessoas: 1, 1.200 pessoas: 2
2 eleições 12 60 NONE 3 eleições anteriores: 1, a votação: 2
3 discursos públicos amplamente livres de o ódio étnico 160 200 NONE 2 discursos públicos amplamente livres de o ódio étnico: 2
4 Raila Odinga 0 0 PERSON 2 Raila_Odinga: 2
5 chances 0 0 NONE 2 as chances: 2
6 do Interior 0 0 PERSON 2 (tacit) ele/ela (referent: O Ministro_do_Interior): 1, O Ministro_do_Interior (apposition: Fred_Matiang’i): 1
7 kikuyum 0 0 ORGANIZATION 2 kikuyum: 2
8 país 0 0 NONE 2 o país: 1, todo o país: 1
9 elementos criminosos 0 140 NONE 1 elementos criminosos: 1
10 temores de violência 0 140 NONE 1 temores de violência: 1