Presidente das Filipinas chama mulheres de ‘prostitutas’ em acontecimento sobre igualdade de gênero

Por: SentiLecto

Conhecido pelas declarações que costumam ser alvos de grupos de Direitos Humanos, Rodrigo Duterte alegou em um acontecimento na segunda-feira dedicado a mulheres de Polinesia Francesade Polinesia Francesa e participantes do Exército, que as homenageadas eram “prostitutas”. Rodrigo Duterte é o presidente das Filipinas.

Durante o evento “Mulheres incríveis na aplicação da lei a segurança nacional”, o presidente afirmou para uma plateia composta quase exclusivamente de mulheres, que elas eram responsáveis por “retirar sua liberdade de imprensa” ao “criticar cada palavra que eu digo” e se tratavam de “mulheres loucas”.

Aprovou-se a Lei de Paridade em o Senegal em maio de 2010 e em as votações legislativas de 2012 o número de deputadas passou de 33 a 64 de um total de 150 cadeiras, ou seja, de %22 para %42,6.Entre as progressões dos últimos anos, Wen também realçou a lei contra a violência doméstica que entrou em forcita há três anos. Embora exista uma ferramenta para delatar, no entanto a maioria das vítimas permanece calada porque os maus-tratos continuam sendo vistos como um tema familiar.O governo também se envolveu nas mobilizações desta jornada, como o presidente Emmanuel Macron que escreveu no Twitter: “Não vai haver mais silêncio, mais favores ilícitos, nem mais se habituar aos feminicídios”.

O presidente tem sido criticado por mulheres depois de pedir que elas fiquem longe do clero, uma vez que, segundo Duterte, podem ser abusadas por bispos e padres após os sacerdotes “sentirem seu cheiro”.

A Igreja Católica é uma força nas Filipinas contra o violento combate contra as drogas e as realizações extrajudiciais cometidas pelas forças de segurança de Duterte, que vitimaram cerca de 12 mil pessoas, segundo a ONG Human Rights Watch.

Na sua vez a prefeita decidiu entrar na política em 1999 como militante da Aliança de Forças de Progresso de Moustapha Niasse Sua vez é professora de formação. da Aliança de Forças de Progresso de Moustapha Niasse, e Faz 10 anos, chegou em a Câmara Municipal de Dakar como vice de o então prefeito, Khalifa Sall, em 2009.Ainda no mesmo acontecimento, Duterte tentou relativizar as afirmações e declarar que tem boa relação com mulheres.

— Eu amo mulheres, é por isso que tenho duas esposas. Isso significa que eu adoro mulheres — alegou, entre algumas risadas, na ocasião.

Ainda assim, pesquisas assinalam que a popularidade de Duterte tem permanecido alta, ao redor de 75%, de acordo com o Social Weather Stations.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Philippines

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Presidente das Filipinas chama mulheres de ‘prostitutas’ em acontecimento sobre igualdade de gênero
>>>>>”Precisamos de uma mulher presidente do Senegal”, diz 1ª prefeita da capital – March 08, 2019 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>A origem operária do 8 de Março, o Dia Internacional da Mulher – March 07, 2019 (FolhaGeneric)
>>>>>Entre tradições e falta de voz política, mulheres lutam por paridade na China – March 08, 2019 (EfeGeneric)
>>>>>Nomes de mulheres “esquecidas” tomam as placas de ruas de Paris – March 08, 2019 (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Rodrigo Duterte 25 0 PERSON 6 (tacit) ele/ela (referent: Duterte): 2, Duterte: 3, Rodrigo_Duterte (apposition: o presidente de as Filipinas): 1
2 mulheres 140 0 NONE 4 mulheres: 4
3 eu 45 0 NONE 4 (tacit) eu: 2, Eu: 1, eu: 1
4 violência 0 160 NONE 2 a violência doméstica: 2
5 mulheres policiais e participantes de o exército 0 70 NONE 2 mulheres policiais e participantes de o Exército: 2
6 Emmanuel Macron 0 0 PERSON 2 o presidente Emmanuel_Macron: 2
7 a Lei_de_Paridade 0 0 OTHER 2 a Lei_de_Paridade: 1, (tacit) ele/ela (referent: a Lei_de_Paridade): 1
8 declarações 0 0 NONE 2 as declarações: 2
9 evento 0 0 NONE 2 um evento: 1, evento: 1
10 a violenta guerra 0 100 NONE 1 a violenta guerra: 1