R.Unido vai fechar contas de imigrantes ilegais para obrigá-los a sair do país

Por: SentiLecto

Os bancos britânicos começaram a verificar o status migratório de milhões dos seus clientes, dentro de um plano anunciado nesta sexta-feira pelo governo do Reino Unido para fechar as contas de imigrantes irregulares com a intenção de obrigá-los a abandonar o país.

Caroline Nokes nomeada nesta semana para essa posição pela primeira-ministra conservadora, Theresa May, mencionou que a medida faz parte do compromisso do Executivo para “dificultar a continuidade de pessoas que não têm direito a viver ou trabalhar no Reino Unido”. Caroline Nokes é a secretária de Estado de Imigração.

Desde que perdeu a maioria absoluta nas votações gerais de junho do ano passado, a dirigente conservadora, com seu poder debilitado completou assim uma remodelação que foi criticada pelo líder da oposição trabalhista, Jeremy Corbyn, como “inútil e medíocre”.

Na terça-feira 19 de dezembro Theresa May havia declarado para o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em uma conversa telefônica, que não estava de acordo com a resolução washingtoniana de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel. Theresa May é a primeira-ministra do Reino Unido.

Disse: “Aqueles que vivem e trabalham aqui de forma ilegal podem fazer com que reduzam os salários dos trabalhadores legais e adicionam pressão sobre os serviços públicos pagos pelo contribuinte”.

De acordo com o novo plano do governo, os bancos e as entidades de empréstimos do Reino Unido têm que comprovar o status de todos seus clientes e informar ao Ministério de Interior de qualquer imigrante irregular que detectarem.

Um porta-voz desse Ministério detalhou que só serão compartilhados com os bancos os dados pessoais daqueles que podem ser extraditados do Reino Unido ou daqueles que evitaram os controles migratórios.

Os que tenham abaixo-assinado pendentes de residência ou recursos de apelação, como as pessoas que pediram asilo no país, não vão estar afetadas pela medida, segundo o governo.

Nokes evidenciou que o Executivo deve “mostrar-se firme com aqueles que rompem as regras, dado que a imigração ilegal tem um efeito sobre toda a sociedade”.

A secretária de Estado realçou: “Resolvendo os abusos deste modo, podemos construir um sistema de imigração que funcione no interesse do país e evite que as pessoas vulneráveis se encontrem em risco de exploração”.

O até agora Jo Johnson passa a conduzi a secretaria de Transporte, enquanto Mark Garnier, envolvido em um escândalo sexual por pedir na sua secretária que adquirisse artigos eróticos, deixa seu posto como secretário de Estado de Comércio. Jo Johnson é secretário de Estado de Universidades.Esse porta-voz lamentou: “O mais chocante deste sistema é que as contas bancárias das pessoas, que são necessárias para conservar seus trabalhos, seus lares e todos os aspectos da sua vida, podem ser fechadas sem que haja processos claros para retificar a medida ou oferecer uma compensação”.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: United Kingdom

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>R.Unido vai fechar contas de imigrantes ilegais para obrigá-los a sair do país
>>>>>May renova segundo escalão do governo após manutenção de ministros – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 aqueles 0 0 NONE 4 aqueles: 2, Aqueles: 2
2 pessoas 0 110 NONE 3 pessoas: 1, as pessoas vulneráveis: 1, as pessoas: 1
3 os dados pessoais de aqueles 0 90 NONE 3 os dados pessoais de aqueles: 3
4 Caroline Nokes 80 0 PERSON 3 Caroline_Nokes (apposition: A secretária de Estado_de_Imigração): 1, Nokes: 1, (tacit) ele/ela (referent: Nokes): 1
5 uma remodelação de a oposição trabalhista 0 120 NONE 2 uma remodelação de a oposição trabalhista: 2
6 conversa 0 60 NONE 2 uma conversa telefônica: 2
7 as contas bancárias de as pessoas 120 0 NONE 2 as contas bancárias de as pessoas: 2
8 Donald Trump 0 0 PERSON 2 (tacit) ele/ela (referent: Donald_Trump): 1, Donald_Trump: 1
9 Jo Johnson 0 0 PERSON 2 (tacit) ele/ela (referent: Jo_Johnson): 1, Jo_Johnson (apposition: secretário de Estado_de_Universidades): 1
10 Theresa May 0 0 PERSON 2 Theresa_May (apposition: a primeira-ministra de o Reino_Unido): 1, Theresa_May: 1