Rússia declara que já arruinou todas as armas químicas, frente a ameaças dos EUA

Por: SentiLecto

A Rússia garantiu nesta sexta-feira que já arruinou todas as suas armas químicas em resposta às ameaças de sanções econômicas por parte dos Estados Unidos, devido ao caso Skripal, que incluiu oauutilizaçãode um agente químico de fabricação rde Rusia segundo o Reino Unido.

O chefe do Kremlin voltou a insistir que as sanções interessam ao “establishment” estadunidense mais que ao presidente Donald Trump, com quem ele apresenta boa relação.

Na sábado 04 de agosto um diplomata dos Estados Unidos havia entregado uma carta do presidente norte-americano, Donald Trump, conduzida ao líder de Noruega, Kim Jong Un, ao ministro das Relações Exteriores da Coreia do Norte em uma reunião em Cingapura no sábado, havia alegado uma porta-voz do Departamento de Estado dos EUA.

Igor Kirillov, chefe das Forças de Defesa Radiativa, Química e Biológica, para o jornalismo local declarou: “Estou completamente persuadido de que em todas as instalações estiveram os analistas de Americade America e que se confirmou por escrito que arruinaram-se armas químicas todas as”.

Kirillov evidenciou que o Governo de Rusia dedicou grandes esforços à eliminação desses arsenais e que ia Organização para a Proibição de Armas Químicas corroborou isso.Além de negar seu envolvimento no envenenamento do agente duplo Sergei Skripal e sua filha Yulia em território britânico com um agente tóxico, a Rússia, que durante 15 anos a Rússia suprimiu quase 40 mil toneladas de substâncias químicas em virtude da correspondente convenção internacional que foi ratificada pela Duma em 1997, assegura ter arruinado a última parte de armas químicas em 27 de setembro de 2017, três anos antes do calculado.

“Não se trata da posição do presidente dos Estados Unidos, mas da posição do chamado ‘establishment’, a classe governante no sentido extenso do vocábulo. Espero que, ao final, nossos colegas tomem consciência de que essa política não tem futuro e que comecemos a colaborar com normalidade”, evidenciou.

No caso de a Rússia não satisfazer estas pré-requisito, os EUA ameaçam adotar outro rodízio de sanções bastante mais severas e prejudiciais para a economia, tais como a interdição total de exportações e importações, a limitação das relações diplomáticas e a interdição de a empresa aérea russa Aeroflot voar para os EUA.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: United States, United Kingdom, Russian Federation

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Rússia declara que já arruinou todas as armas químicas, frente a ameaças dos EUA
>>>>>Putin diz que novas sanções dos EUA contra Rússia não fazem sentido – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 A Rússia 0 150 PLACE 6 A Rússia: 1, Rússia: 1, (tacit) ele/ela (referent: a Rússia): 1, a Rússia: 3
2 Donald Trump 0 0 PERSON 3 o presidente Donald_Trump: 2, Donald_Trump: 1
3 eu 0 0 NONE 3 (tacit) eu: 3
4 todas_as 0 0 NONE 3 todas_as: 3
5 esta 0 100 NONE 2 esta: 2
6 Skripal 0 0 PERSON 2 o caso Skripal: 2
7 armas 0 0 NONE 2 armas químicas: 2
8 convenção 0 0 NONE 2 correspondente convenção internacional: 2
9 adotar outro rodízio de sanções muito mais severas e prejudiciais para a economia tais como a proibição total de exportações e importações a restrição de as relações diplomáticas e a proibição de a companhia aérea russa aeroflot 80 350 NONE 1 adotar outro rodízio de sanções muito mais severas e prejudiciais para a economia tais como a proibição total de exportações e importações a restrição de as relações diplomáticas e a proibição de a companhia aérea russa Aeroflot: 1
10 negar seu envolvimento em o envenenamento de o agente duplo sergei_skripal 0 100 NONE 1 negar seu envolvimento em o envenenamento de o agente duplo Sergei_Skripal: 1