EmmanuelMacroninJuly2017.jpg

Sindicalistas queixar-se contra reforma trabalhista na França após Macron se queixar de “preguiçosos”

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Emmanuel Macron in July 2017

Mbora a participação tenha, dezenas de milhares de sindicalistas da extrema-esquerda fizeram marchas por cidades de Francia nesta terça-feira em protesto às reformas de leis trabalhistas do presidente Emmanuel Macron, e aparentado ter sido mais baixa do queem manifestações de anos anteriores.

Emmanuel Jean-Michel Frédéric Macron é um político, funcionário público e banqueiro francês, atual presidente do seu país.

Enquanto em Bordeaux manifestantes berravam, criticando a promessa de Macron de não dar espaço para “preguiçosos”, alguns em Paris carregavam cartazes escritos “Preguiçoso em greve” “Macron, você está ferrado, os preguiçosos estão nas ruas”.

De fato, Ryanair anunciou o cancelamento de 110 voos, enquanto que a Air France não tinha intenção de fazer cancelamentos Ryanair é a empresa aérea de baixo preço., mas admitiu que poderiam ocorrer atrasos.

Na quinta-feira 31 de agosto o governo francês havia declarado que instituiria um telhado para as indenizações por demissão sem justa causa e daria mais adaptabilidade para as companhias ajustarem salários e horas de trabalho às condições do mercado na reforma trabalhista, que os maiores sindicatos do país c haviam consideradodecepcionante.

Faz 1 ano, o Ministério do Interior informou que 223 mil manifestantes participaram de atos por o país, comparados a os cerca de 400 mil durante a manifestação

O regimento de choque da polícia disparou canhões de água e pôde ser vista arrastando diversos manifestantes, mostraram imagens da Reuters TV.Filho de um corretor naval e de uma bibliotecária, Gahr Støre vem de uma família de sólida posição econômica, graças aos negócios do seu avô na indústria de explosivos.

A tropa de choque da polícia entrou em confronto com jovens encapuzados em conflitos isolados às margens da pmarchaliderada em Paris pela central sindical CGT, ligada ao Partido Comunista.

Faz 1 ano, a central sindical informou que cerca de 400 mil pessoas marcharam por a França, abaixo da estimativa de 1,2 milhão.

Sindicatos derrubaram tentativas anteriores de enfraquecer o código trabalhista da França, mas desta vez houve conforto para Macron, já que duas outras centrais sindicais, incluindo a maior, a CFDT, se negaram a participar dos protestos.

A empresa ferroviária de Franciade Francia SNCF assegurou que conservaria todos seus trens de alta velocidade , incluindo Thalys, para Bélgica e a Holanda, Eurostar, para Londres, ou as linhas com a Espanha.

Maxime Durand, maquinista de trem em greve declarou: “Temos aprovado leis que desmontam o código trabalhista há 20 anos”.

A reforma não faz referência direta à semana de 35 horas, um totem do código trabalhista, embora dê às coempresasaior fladaptabilidadeara estabelecer condições de pagamento e trabalho. O governo planeja adotar as novas medidas, sendo implementadas por decreto, em 22 de setembro.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: France, Brazil

Cities: Paris, Franca, Bordeaux

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Sindicalistas queixar-se contra reforma trabalhista na França após Macron se queixar de “preguiçosos”
>>>>>França tem dia de greves e manifestações contra reforma trabalhista de Macron – September 12, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>Polícia e jovens encapuzados travam confronto durante protesto em Paris – September 12, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Gahr Støre, um trabalhista atípico com ampla experiência ministerial – September 09, 2017 (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Ryanair 0 116 PERSON 3 Ryanair (apposition: a companhia aérea de baixo custo): 1, (tacit) ele/ela (referent: Ryanair): 2
2 companhias 0 0 NONE 3 as companhias: 1, A companhia ferroviária: 1, as empresas: 1
3 eu 0 0 NONE 3 (tacit) eu: 3
4 reforma 0 40 NONE 2 A reforma: 1, a reforma trabalhista: 1
5 flexibilidade 50 0 NONE 2 mais flexibilidade: 1, maior flexibilidade: 1
6 Emmanuel Macron 0 0 PERSON 2 Macron: 2
7 Paris 0 0 PLACE 2 Paris: 2
8 SNCF 0 0 ORGANIZATION 2 francesa SNCF: 1, (tacit) ele/ela (referent: francesa SNCF): 1
9 central 0 0 NONE 2 A central sindical: 1, central sindical: 1
10 leis 0 0 NONE 2 leis: 2