Trump recusa pedido de senadores para identificar homicidas de Khashoggi

Por: SentiLecto

Donald Trump recusou um pedido, cujo prazo concluía nesta sexta-feira, exibido por senadores democratas e republicanos, que requeria que a Casa Branca identifique os homicidas do jornalista Jamal Khashoggi e determine possíveis sanções, informou na Agência Efe uma fonte oficial. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos.Faz 4 meses, o grupo de senadores, 11 republicanos e 11 democratas, mandou uma carta a Trump de o ano passado em a qual requeria a identificação de os culpados por o homicídio de Khashoggi em um prazo de 120 dias.

“Ela teve um grande efeito sobre a população carcerária, e bastante além”, avaliou Trump, alegando estar “profundamente comovido com sua história”.Milhões de norte-americanos têm que acompanhar o discurso pela TV, dando a Trump sua maior chance até hoje de explicar por que acredita que seja necessária um obstáculo na divisa sul com o México. Faz 1 mês, se protelou o pronunciamento devido em a paralisação, concluída em 25 de janeiro. disputa no Congresso pelos recursos para o muro fronteiriço desencadeou o encerramento parcial do governo, que durou 35 dias e que protelou em uma semana o discurso do governante.

Na quinta-feira 24 de janeiro Donald Trump exclusivamente considerará um plano do Senado para financiar o governo norte-americano provisoriamente se ele incluir um “grande adiantamento” para um muro ao longo da fronteira com o México, havia declarado a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, nesta quinta-feira. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos.

Assinou-se tal documento por todos os membros, exceto um, de o Comitê de Relações Internacionais do Senado.

“Sendo consistentes com a postura do governo anterior e com a separação constitucional de poderes, o presidente conserva sua resolução de negar-se a atuar sob as solicitações dos comitês do Congresso quando seja apropriado”, argumentou em declarações à Efe um alto funcionário ade America

O pedido dos senadores apelava à chamada Lei Global Magnitsky, um texto legislativo aprovado pelo Congresso para impor sanções, congelar ativos financeiros e proibir as viagens daqueles que violem os direitos humanos em qualquer país do mundo.

O nome da lei procede dSerguei Magnitsky que faleceu sob detenção de Rusia em 2008 e cujo caso impulsionou o prSerguei Magnitsky que faleceu sob detenção russa em 2008 e cujo caso impulsionou o projeto legislativo. Serguei Magnitsky é o informante da inteligência de America. Serguei Magnitsky é o informante da inteligência de America. cujo caso impulsionou o projeto legislativo.

Existem violações de direitos humanos e identificar seus culpadas, embora o texto estipule que a resolução de impor estas medidas corresponde ao presidente, também outorga ao Congresso a possibilidade de exigir ao Executivo que responda em um prazo máximo de quatro meses ao seu pedido de determinar se.

Faz 4 meses, de essa maneira em relação a o pedido de informação sobre o homicídio de o jornalista saudita em o último dia 2 de outubro em o consulado de o seu país em Istambul expirou hoje sem receber nenhuma resposta.

O alto funcionário defendeu que “o Departamento de Estado atualiza regularmente o Congresso sobre o estado das ações relacionadas com o homicídio de Khashoggi”.

O funcionário garantiu: “Os Estados Unidos foram o primeiro país a tomar medidas expressivas, incluindo as limitações de visto e as sanções em virtude da Lei Magnitsky Global, contra os culpados por este ato abominável”.

“A recusa do governo a tratar este assunto e conservar o Congresso informado evidencia a necessidade de estudar a fundo o que estimula a política externa de Trump”, completou.

“A história de Alice realça as disparidades e injustiças que podem existir na sentença penal, e a necessidade de remediar esta injustiça. Ela ficou presa por quase 22 anos e esperava ficar por lá pelo resto da sua vida”, alegou o presidente.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: United States

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Trump recusa pedido de senadores para identificar homicidas de Khashoggi
>>>>>Trump destaca luta contra a dependência de opiáceos e a reforma judicial – (EfeGeneric)
>>>>>Trump insistirá em muro na fronteira em discurso do Estado da União – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Trump volta a garantir que construirá muro na fronteira com o México – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Donald Trump 80 0 PERSON 5 Donald_Trump (apposition: o presidente de os Estados_Unidos): 1, (tacit) ele/ela (referent: Trump): 1, Donald_Trump (apposition: O presidente de os Estados_Unidos): 1, Trump: 2
2 Congresso 35 0 ORGANIZATION 4 o Congresso: 4
3 Serguei Magnitsky 0 140 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Serguei_Magnitsky): 1, Serguei_Magnitsky (apposition: o informante de a inteligência americana): 2
4 pedido 0 120 NONE 3 um pedido: 2, pedido: 1
5 funcionário 0 0 NONE 3 o funcionário: 1, O alto funcionário: 1, um alto funcionário americano: 1
6 presidente 0 0 NONE 3 o presidente: 3
7 o assassinato de khashoggi 0 140 NONE 2 o assassinato de Khashoggi: 2
8 oportunidade 70 0 NONE 2 sua maior oportunidade: 2
9 decisão 0 0 NONE 2 a decisão: 1, sua decisão: 1
10 detenção 0 0 NONE 2 detenção russa: 2