MapaVenezuelaTopografico.png

UE apoia embargo de armas à Venezuela e abre porta para sanções seletivas

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Mapa Venezuela Topografico

Os ministros de Relações Exteriores da União Europeia apoiaram nesta segunda-feira as sanções à Venezuela, como um embargo de armas e de material que pode ser uusadopara “repressão interna”, assim como um marco legislativo para impor medidas seletivas contra os rculpados

Embaixadores da União Europeia consentiram nesta quarta-feira em impor um embargo de armas contra a Venezuela e em estabelecer a base legal para novas sanções em resposta à crise política no país, ddeclararamdiplomatas do bloco europeu.Espera-se que os ministros das Relações Exteriores da UE oficializem na segunda-feira as medidas em uma reunião ordinária, declararam os diplomatas.Os ministros de Relações Exteriores comunitários esperam dar sinal verde em seu conselho de segunda-feira a este acordo, alcançado hoje unanimemente pelos embaixadores dos 28 países do bloco, confirmaram à Agência Efe fontes comunitárias.A resolução política estava tomada de antemão e na segunda-feira os ministros esperam ratificar esse consenso, segundo as fontes, que adicionaram que o Comitê de Embaixadores Permanentes da UE, os embaixadores dos 28 países-membros, já enviaram os atos jurídicos correspondentes para que sejam respaldados pelos ministros.

Na segunda-feira 16 de outubro o Departamento de Estado dos EUA havia condenado nesta segunda “a falta de votações livres e justas” na Venezuela e havia informado que continuaria a pressionar o regime de Nicolás Maduro “enquanto for uma ditadura autoritária”.

Venezuela, oficialmente República Bolivariana da Venezuela, é um país da América localizado na parte norte da América do Sul, constituída por uma parte continental e um grande número de pequenas ilhas no Mar do Caribe ou oceano das Caraíbas, cuja capital e maior aglomeração urbana é a cidade de Caracas.

Os ministros dos países-membros em comunicado anunciaram: “Além dos esforços políticos e diplomáticos para apoiar uma saída pacífica e negociada para a crise política, o Conselho de Ministros da União Europeia decidiu hoje por unanimidade adotar medidas restritivas, sublinhando sua preocupação com a situação no país”.

Os ministros explicaram que as medidas adotadas hoje serão usadas de maneira “gradual e flexível” e que poderão ser “expandidas” para aqueles que “não respeitam os princípios democráticos e do Estado de Direito” ou estejam envolvidos na “violação de direitos humanos”. Para isso, o Conselho, que que, por enquanto, não conta com nenhum integrante, deu hoje sinal verde à base legal para cinstituiruma lista de pessoas sancionadas que teriam seus bens congelados e sua entrada proibida em território comunitário , mas

Fontes europeias reconheceram que os nomes para essa lista já estão sendo ponderados, sem dar mais detalhes, mas, por enquanto, é preciso esperar para ver se o embargo de armas e material que possa ser usado na repressão vão surtir conseqüência e vão fomentar a volta ao diálogo entre governo e oposição.

Além disso, os ministros especificaram que poderão voltar atrás com as sanções “em função da evolução da situação no país”.

Os ministros dos países-membros se referiram, em particular, à rexecuçãode negociações “críveis e sexpressivas, ao respeito às instituições democráticas, à adoção de um calendário eleitoral cominteiroà libertação de todos os prisioneiros políticos.

Alfonso Dastis em sua chegada na reunião mencionou: “Como sempre, tudo o que fazemos está orientado a incentivar a execução do diálogo entre o governo e a oposição com o objetivo de alcançar uma solução pacífica, democrática e dialogada para a situação que vive a Venezuela”. Alfonso Dastis é o ministro de Espanha.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>UE apoia embargo de armas à Venezuela e abre porta para sanções seletivas
>>>>>UE impõe embargo de armas contra Venezuela e estabelece bases para sanções, dizem diplomatas – November 08, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>UE decide sancionar Venezuela e impor embargo de armas – November 08, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>UE tirará Farc da sua lista de organizações terroristas na segunda-feira – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 ministros 80 0 NONE 3 Os ministros: 1, os ministros: 2
2 Venezuela 0 0 ORGANIZATION 3 a Venezuela: 3
3 fontes 0 0 NONE 3 fontes comunitárias: 1, as fontes: 1, Fontes europeias: 1
4 material 0 0 NONE 3 material: 3
5 situação 0 0 NONE 3 a situação: 3
6 reunião 0 80 NONE 2 uma reunião ordinária: 1, a reunião: 1
7 fontes europeias 60 0 NONE 2 (tacit) eles/elas (referent: Fontes europeias): 2
8 os ministros de os países-membros 0 0 NONE 2 Os ministros de os países-membros: 1, os ministros de os países-membros: 1
9 atos 0 0 NONE 2 os atos jurídicos correspondentes: 2
10 esta 0 0 NONE 2 esta: 2