Meirelles declara que salários de homens e mulheres serão iguais em 20 anos

ByCarlosBarrettastk00106828731017728629.jpg

Foto: Wikipedia – By Carlos Barretta stk 001068 (7310177286)

Contrariando estimativas internacionais e dados do IBGE, Henrique Meirelles alegou que a desigualdade histórica entre homens e mulheres no mercado de trabalho acabará no Brasil, que figura na 79ª posição de uma lista de 144 países, no prazo de 20 anos. Henrique Meirelles é o ministro da Fazenda. De acordo com estudo do Fórum Econômico Mundial publicado em novembro, porém, vai alcançar-se a igualdade salarial entre os gêneros em o mundo somente em 2186.

Henrique de Campos Meirelles é o atual Ministro da Fazenda do Brasil, executivo do setor financeiro de Brasil e internacional.

O suposto escopo dessa igualdade no mercado de trabalho é uma das justificações do governo para equiparar a idade mínima de aposentadoria de homens e mulheres, proposta na reforma da Previdência que tramita no Congresso.

Hoje, mulheres podem se aposentar cinco anos mais cedo do que os homens tanto no caso da aposentadoria por idade quanto no da por tempo de contribuição.

Segundo Meirelles, a diferença salarial entre homens e mulheres jovens é praticamente inexistente. Segundo cálculos do governo, nessa faixa etária elas recebem o equivalente a 99% do que é pago aos homens, em média.

“As mulheres mais jovens já estão com remuneração igual à dos homens. A tendência obviamente é que em 20 anos isso vai estar equiparado [nas faixas etárias mais velhas]. Então nós vamo ter um mercado de trabalho igualitário”, alegou o ministro.

Estudos mostram, contudo, que a desigualdade salarial entre os gêneros aumenta à medida que os profissionais aprogridemna carreira, uma vez que os homens tendem a ser mais promovidos e receber mais aampliaçõesdo que as mulheres.

O ministro, porém, negou que isso seja uma realidade no mercado de trabalho. “As companhias cada vez mais estão pressionadas por resultado, então devem colocar o profissional que gera mais resultado”, alegou.

“Existe cada vez mais uma qualificação das mulheres e presença maior no mercado de trabalho. E também nos escalões mais aumentados, é um fenômeno mundial”, declarou o ministro a jornalistas após acontecimento em São Paulo nesta quinta .

Dados do IBGE, porém, mostram o oposto. Faz 2 anos, mulheres em posições de chefia ou direção recebiam %68 do que era pago a os homens em a mesma posição, em 2015.

AINDA DESIGUAL – Rendimento médio da mulher em relação ao do homem, em, %

A fala de Meirelles ocorre em um momento delicado na relação do governo com as mulheres. Nesta quarta , o presidente Michel Temer cometeu uma série de gafes em seu discurso em comemoração do Dia Internacional da Mulher.

O presidente declarou: “Tenho absoluta convicção, até por formação familiar e por estar ao lado da Marcela [Temer], do quanto a mulher faz pela casa, pelo lar”. “”Na economia, também, a mulher tem uma grande participação. Ninguém mais é capaz de mencionar os desajustes, por exemplo, de custos em supermercados mais do que a mulher. Ninguém é capaz melhor de identificar eventuais flutuações econômicas do que a mulher, pela verba doméstica maior ou menor”.

– Em mais um esforço para tentar melhorar a imagem presidencial, o governo coordenou uma solenidade em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. O palácio ficou repleto, mas a ideia se revelou uma calamidade. E desta vez não há como jogar a culpa no marqueteiro. Diante de uma plateia majoritariamente feminina, Michel Temer cometeu deslizes em série. Declarou: “Tenho absoluta convicção, até por formação familiar e por estar ao lado da Marcela, do quanto a mulher faz pela casa, do quanto faz pelo lar”. “Na economia, também, a mulher tem uma grande participação. Ninguém mais é capaz de mencionar os desajustes, por exemplo, de custos em supermercados”, adicionou. O discurso constrangeu parlamentares e servidoras convidadas para a cerimônia. Nas redes sociais, a repercussão foi ainda pior. A secretária de Políticas para as Mulheres, Fátima Pelaes, tentou defender o chefe. Declarou: “O presidente Michel é bastante mais do que vocábulos”. Fora dos microfones, aliados reconheceram a bola fora. Não foi a primeira neste campo. Ao suceder a primeira presidente mulher, Temer montou um ministério só de homens, num retrocesso à era Geisel. Completou a obra ao rebaixar a Secretaria das Mulheres ao segundo escalão do governo. Em outro trecho do discurso desta quarta , Temer reforçou a impressão de não ter compreendido que estamos em 2017. Ele exaltou o fato de que as brasileiras passaram a votar. “A mulher encarna, e encarnava no passado, 50% da população de Brasil. E, sem embargo, o fato é que 50% estava excluído”, declarou. Faz 85 anos, criou se o voto feminino Oitenta e cinco anos depois, a exclusão persiste de outras maneiras. Apesar de serem maioria no eleitorado, as mulheres não ocupam nem 12% das vagas no Congresso. No mercado de trabalho, a discriminação também continua. É o que mostram os dados oficiais sobre renda e emprego, que Temer teria que conhecer.”A preocupação a respeito da situação da mulher deve ser constante”, demonstrou o líder, que assumiu de forma definitiva a posição em agosto após o impeachment de Dilma Rousseff, a única política que presidiu o país até agora.”Hoje, as mulheres ocupam espaços de destaque no mundo, nos principais organismos internacionais, nos principais lugares da sociedade. Portanto, não há nenhuma justificação para declarar que a mulher tem como principal responsabilidade cuidar da economia doméstica, ir ao supermercado fazer compras e, ao mesmo tempo, ser única e exclusivamente responsável pela educação dos filhos.”

Pressionado, o peemedebista ampliou timidamente a presença feminina em seu governo. Atualmente, das 28 pastas na Esplanada dos Ministérios, duas são ocupadas por mulheres: a Advocacia-Geral da União e a de Direitos Humanos.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Meirelles declara que salários de homens e mulheres serão iguais em 20 anos
>>>>>Perdido no tempo – March 09, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Deputadas governistas defendem fala de Temer sobre papel da mulher – March 09, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>’Tenho convicção do que a mulher faz pela casa’, diz Temer no Dia da Mulher – (FolhaGeneric)
>>>>>Temer diz que situação de desigualdade da mulher é uma preocupação constante – March 08, 2017 (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 homens 0 0 NONE 6 homens: 3, os homens: 3
2 mulheres 0 0 NONE 6 mulheres jovens: 1, mulheres: 4, As mulheres mais jovens: 1
3 o mercado de trabalho 0 0 NONE 5 o mercado de trabalho: 5
4 Michel Temer 0 100 PERSON 4 Temer: 1, O presidente Michel: 1, Michel_Temer: 1, o presidente Michel_Temer: 1
5 mulher 190 0 NONE 4 A mulher: 1, a mulher: 3
6 eu 80 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
7 fato 0 0 NONE 4 o fato: 4
8 ninguém 10 140 NONE 3 Ninguém: 3
9 Henrique Meirelles 0 0 PERSON 3 Henrique_Meirelles (apposition: o ministro de a Fazenda): 1, Meirelles: 2
10 as mulheres 0 0 ORGANIZATION 3 as mulheres: 3