Advogados de esteticista presa no lugar da irmã declaram que ela tem que ser solta ainda nesta terça-feira

Por: SentiLecto

Presa por engano há dez dias, a esteticista Danielle Estevão Fortes, de 27 anos, tem que ser solta ainda na manhã desta terça-feira, segundo os advogados. Ela foi parar atrás das grades ao ser confundida com a irmã Daniela Estevão Fortes, de 24, suspeita de participar de dois assaltos contra lojas de celulares.

Quando uma funcionária abriu a porta, ela foi rendida pelo homem que estava com uma pistola. Daniela teria entrado com a ladrinha e se apoderado dos celulares. Já o homem apanhou os dois notebooks. Em seguida, a dupla escapou. O outro caso aconteceu 15 dias antes, também em Caxias.

A expectativa era que Danielle fosse liberada nesta segunda-feira. No entanto, um novo erro do estado impediu que ela fosse solta. Faz 11 dias, a 3ª Vara Criminal de Duque de Caxias expediu, em esta, um alvará de soltura para que a esteticista ganhasse o direito de sair de a cadeia, depois que a Justiça reconheceu a ilegalidade de a prisão, feita em o último dia 7. Apesar disto, ela deveu continuar atrás das grades. É que se expediu o documento com um erro que impediu que a Secretaria de Administração Penitenciária de satisfazer a ordem judicial. O nome de Danielle veio com o sobrenome trocado: Esteves, em lugar de Estevão, além de ter o RG errado. Os advogados de Danielle foram para o Plantão Judiciário requerer um novo alvará, que saiu no início da madrugada desta terça-feira.

— O Setor de Classificação do presídio onde ela está exclusivamente abre a partir das 9h. Os Oficiais de Justiça que vão levar o alvará de soltura de Danielle só chegaram no local após esse horário, e dessa maneira ela poderá ser liberada — declarou Carlos Cordeiro, um dos advogados da vítima.

Danielle está presa no presídio Joaquim Ferreira de Souza, no Complexo de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

Curiosamente, o mandado de prisão de Danielle tinha o mesmo erro que o alvará de soltura, quando a justiça emitiu ele. Apesar disto, Faz 11 dias, quando ela foi prestar testemunho sobre a morte de um parente em a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, o fato não impediu a prisão feita em o último.

Por outro lado, — A Danielle é uma pessoa de bem. Sempre trabalhou e correu atrás . O que houve foi uma falha da Justiça. Na verdade, a família está meio sem chão. Não temos muito o que fazer já que é uma situação que envolve duas irmãs — declarou um parente que pediu pra não ser identificado .

— Minha cliente foi, mais uma vez, prejudicada por um erro da Justiça. Pouco antes, ela havia ficado bastante contente por saber que sairia da prisão. Quando soube do erro, porém, ela ficou completamente desapontada. Curioso é que o mesmo erro não serviu para impedir a prisão dela no dia 7 — declarou João Vicente Cordeiro de Oliveira, o outro advogado de Danielle.

Na tarde desta segunda-feira, um grupo de parentes aguardava a saída de Danielle na porta do Complexo de Gericinó. Mais cedo, os mesmos familiares também fizeram um ato de protesto na entrada do Fórum de Duque de Caxias. Ao saber que a esteticista não deixaria a prisão, alguns parentes não esconderam as lágrimas.Havia até uma celebração programada para acontecer, em Mauá, onde Danielle habita, para comemorar a saída dela da cadeia.

— Havia muita gente esperando para comemorar a saída. Mas, este novo erro acabou com tudo — declarou Ilma Trindade de Andrade, prima da esteticista. Faz 1 ano, Danielle havia sido confundida com a irmã Daniela Estêvão Fortes que também é suspeita de segunda assalto contra um comércio que ocorreu em o mesmo ano, de celulares,, após esta última supostamente participando de um roubo a loja de celulares, em julho de 2018.

Faz 11 dias, sem saber que estava com a prisão decretada, Danielle foi prestar testemunho sobre a morte de um parente em o último, e acabou sendo detida na sede da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Brazil

Cities: Maua

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Advogados de esteticista presa no lugar da irmã declaram que ela tem que ser solta ainda nesta terça-feira
>>>>>Esteticista foi presa por engano no lugar de irmã assaltante , diz advogado – June 15, 2019 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Danielle Estevão Fortes 0 145 PERSON 12 ela (referent: Danielle): 1, A Danielle: 1, a esteticista Danielle_Estevão_Fortes de 27 anos (apposition: Presa por engano há dez dias): 1, (tacit) ele/ela (referent: A Danielle): 2, Danielle: 5, (tacit) ele/ela (referent: Danielle): 2
2 eu 0 178 NONE 8 (tacit) eu: 8
3 erro 0 540 NONE 6 o erro: 1, erro: 2, um erro: 2, este novo erro: 1
4 prisão 0 200 NONE 5 a prisão feita: 1, a prisão: 3, a prisão decretada: 1
5 Daniela Estêvão Fortes 0 200 PERSON 3 Daniela: 1, a irmã Daniela_Estêvão_Fortes: 2
6 homem 0 100 NONE 3 o homem: 3
7 saber 210 0 NONE 3 saber: 3
8 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
9 esteticista 0 0 NONE 3 a esteticista: 3
10 justiça 50 0 OTHER 2 a Justiça: 2