Amiga de ambulante morto em Manguinhos lamenta: ‘Ele era bastante trabalhador. Todo mundo gostava dele’

Por: SentiLecto

A comerciante Leda Pereira Lima, de 68 anos, ainda não sabe como voltará à rotina, nesta segunda-feira, na Praia de Copacabana, Zona Sul do Rio. Por quatro anos, teve ao seu lado o ambulante José Carlos de Jesus Almeida, de 45 anos, morto na noite da última sexta-feira, após ser atingido por uma bala perdida, em Manguinhos, na Zona Norte.

A Polícia Militar ainda não se pronunciou sobre o acontecido.Quando ladrinhas de Manguinhos dispararam contra a viatura, segundo a Polícia Militar, agentes da UPP da favela do Jacaré, foram abordar um suspeito. A situação, que aconteceu por volta das 21h30, originou um confronto que atingiu o ambulante.se o conhece após a morte de o ambulante, amigos e parentes de Carlinhos, como , fecharam a Avenida Democráticos e acenderam velas, em uma homenagem em a vítima.Na terça-feira 26 de junho tiros e explosões perto da Escola municipal Professora Maria de Cerqueira e Silva, na Rua Leopoldo Bulhões, em Manguinhos, Zona Norte do Rio, impedia a saída de estudantes e professores da unidade, na manhã desta terça-feira. De acordo com a coordenadora da 4ª Coordenadoria Regional de Educação , Fátima Barros, a Polícia Militar fazia uma operação no local.

— Ele era bastante trabalhador. Todo mundo gostava dele. Chegava bem cedo. Às vezes, já estava lá às 4h. Já estava tudo montado — conta Leda, que vende bebidas, sanduíches, quando eu chegava e aluga barracas e cadeiras na praia.

Leda conta que, além dela, José Carlos trabalhava com outros vendedores:

— Era meu braço direito.

Segundo a vendedora, José Carlos também era desejado pelos consumidores, que já o conheciam. No dia em que foi morto, ele deixou o trabalho por volta das 18h:

Se vai levar o corpo de José Carlos para Jequié, em a Bahia, onde ocorrerá o enterro. Neste domingo, parentes e amigos que não vão poder participar do funeral fora do Rio participam de uma homenagem na Paróquia Santa Bernadete, se realizou uma missa de corpo presente em Manguinhos, onde .

– A polícia foi, quando se o baleou embora, e nós ficamos aqui, com o corpo — contou a testemunha, que acusa a polícia pelo crime.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Colombia, Brazil

Cities: Jequie, Copacabana

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Amiga de ambulante morto em Manguinhos lamenta: ‘Ele era bastante trabalhador. Todo mundo gostava dele’
>>>>>Ambulante é atingido por bala perdida durante confronto em Manguinhos – July 21, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Ambulante morto em Manguinhos, teria sido baleado no peito – July 21, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Vila Kennedy tem um morto e três feridos; moradores denunciam volta da violência – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Ambulante morto após ser atingido por bala perdida em Manguinhos foi baleado no peito – July 21, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Suspeito de praticar assaltos é preso na Praça São Salvador, em Laranjeiras – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 José Carlos Jesus de Almeida 0 80 PERSON 4 José_Carlos: 3, o ambulante José_Carlos_de_Jesus_Almeida: 1
2 Leda Pereira Lima 0 0 PERSON 4 Leda: 1, (tacit) ele/ela (referent: A comerciante Leda_Pereira_Lima de 68 anos): 1, A comerciante Leda_Pereira_Lima de 68 anos: 1, ela (referent: Leda): 1
3 era 130 0 NONE 3 era muito trabalhador: 1, Era: 1, era: 1
4 A Polícia_Militar 0 0 PERSON 3 A Polícia_Militar: 1, a Polícia_Militar: 2
5 conta Leda 0 0 OTHER 3 (tacit) ele/ela (referent: conta Leda): 1, conta Leda: 2
6 testemunha 0 100 NONE 2 a testemunha: 2
7 confronto 0 70 NONE 2 um confronto: 2
8 homenagem 140 0 NONE 2 uma homenagem: 2
9 amigos e parentes de Carlinhos 80 0 PERSON 2 (tacit) eles/elas (referent: amigos e parentes de Carlinhos): 1, amigos e parentes de Carlinhos: 1
10 consumidores 60 0 NONE 2 os consumidores: 2