Leavesopposite.jpg

Avião de Roger Agnelli não disse emergência antes da queda em SP

Foto: Wikipedia – Leaves opposite

A aeronave que caiu na zona norte de São Paulo no último sábado nãodisseu emergência ao controle detrânsitoo aéreo do Campo de Marte.

No acidente, nas proximidades do Campo de Marte, faleceram sete pessoas. O aviãozinho bateu em um sobrado e estourou.

É praxe que aeronaves com panes em momentos críticos, como a decolagem, digam emergência, de modo que o controle de trânsito aéreo o ajude.

Nesse caso, a ausência de pedido de ajudinha menciona uma queda abrupta e que o piloto não teve tempo de informar o controle de trânsito aéreo. Único tripulante a bordo do turbo-hélice Compair CA-9, éle possivelmente se ocupava dos comandos necessários para conservar a aeronave voando.

A pane, a ser confirmada pelos inquéritos, está entre as suposições compatíveis com queda abrupta. A decolagem é etapa crítica do voo, em que a aeronave precisa de força para ganhar altitude.O Compair, um turbo-hélice, estava com a habilidade máxima —piloto e seis passageiros. Não se sabe até o momento, por exemplo, quantas bagagens havia na aeronave.

O avião, um modelo experimental Compair CA-9, decolou às 15h20 e caiu três minutos depois sobre um imóvel do Jardim São Bento, bairro residencial de alto padrão.

Em botânica, as folhas são órgãos das plantas especializados na captação de luz e trocas gasosas com a atmosfera para realizar a fotossíntese, transpiração e a respiração.

Como a Folha revelou nesta segunda , uma testemunha disse à Aeronáutica que oaaaeronavefez dois estrondos semelhantes a uma explosão, um indício de pane no motor. Os investigadores recolheram a peça entre os destroços em o domingo.

A Aeronáutica informou nesta segunda que apura todas as suposições para o acidente.

O que os investigadores já sabem sobre a queda do monomotor

> Aeronave era novo e estava em situação regular na Anac

> Decolou às 15h20 e caiu três minutos depois

> Testemunha no Campo de Marte escutou duas explosões durante a decolagem

O aviãozinho, de propriedade de Roger Agnelli, ex-presidente da Vale, decolou do aeroporto Campo de Marte rumo ao Santos Dumont, no Rio. Major do Corpo de Bombeiros, Hengel Ricardo Pereira declarou que “alguns corpos estavam carbonizados e mutilados”.

> Piloto estava com habilitação em dia e tinha autorização para monomotores

> Aeronave não tinha caixa?preta de dados nem de voz. Pelo porte, não era obrigado a tê-las*

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Brazil

Cities: Sao Paulo

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Avião de Roger Agnelli não disse emergência antes da queda em SP
>>>>>Rua onde caiu avião tem casa em ruínas e cheiro de querosene – March 19, 2016 (FolhaGeneric)
>>>>>Avião que caiu em SP teve estrondo em decolagem, relata testemunha – (FolhaGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 avião 140 0 NONE 8 Avião era novo: 1, O avião: 2, o avião: 3, A aeronave: 1, Avião: 1
2 avião era novo 0 0 NONE 6 (tacit) ele/ela (referent: Avião era novo): 2, (tacit) ele/ela (referent: piloto): 3, o (referent: um sobrado): 1
3 Compair 0 0 ORGANIZATION 4 (tacit) ele/ela (referent: Compair): 2, Compair: 1, O Compair um: 1
4 decolagem 0 0 NONE 3 a decolagem: 2, A decolagem: 1
5 segunda 0 0 NONE 3 esta segunda: 3
6 turbo-hélice 90 0 NONE 2 o turbo-hélice: 1, turbo-hélice: 1
7 15h20 0 0 NONE 2 as 15h20: 2
8 Aeronáutica 0 0 ORGANIZATION 2 A Aeronáutica: 1, a Aeronáutica: 1
9 Folha 0 0 ORGANIZATION 2 a Folha: 1, (tacit) ele/ela (referent: a Folha): 1
10 acidente 0 0 NONE 2 o acidente: 2