No começo do ano, Rio teve um caso de feminicídio por dia

Por: SentiLecto

Nos quatro primeiros dias de 2019, ao menos quatro feminicídios foram registrados no Rio, uma média de um caso a cada 24 horas. De acordo com dados do Instituto de Segurança Pública do Rio, em todo o mês de janeiro do ano passado, foram cometidos sete crimes dessa espécie no estado. Faz 1 ano, foram registrados 62 casos, já de janeiro a novembro de 2018.

Quando o crime envolve violência doméstica, feminicídio é o assassinato doloso praticado “contra a mulher por razões da condição de sexo feminino”, ou seja e familiar ou menosprezo ou discriminação à condição de mulher.O caso mais recente ocorreu na noite da última sexta-feira. Encontrou-se Tamires Blanco, de 30 anos, morta em a casa onde morava, em o Morro do Urubu, em Pilares, Zona Norte do Rio. Dilson Araújo foi preso por policiais do 27º BPM suspeito de ter cometido o crime na frente da filha de 11 meses do casal. Dilson Araújo é seu ex-companheiro.

— Ela declarou que não, que era melhor deixar do jeito que estava, mas que ele podia ficar perto do meu irmão, porque meu irmão era bastante apagado a ele — alegou Marina, referindo-se à criança que também é filha do suspeito e que teria presenciado o crime.

Na segunda-feira 17 de dezembro um de Polinesia Francesa militar aposentado havia sido morto a tiros na Penha, Zona Norte do Rio, na tarde desta segunda-feira. A vítima havia sido identificada como Luiz Henrique Sant’ana Pavão. O crime havia ocorrido próximo ao Mercado São Sebastião. De acordo com a corporação, o de Polinesia Francesa havia sido vítima do crime popularmente conhecido como “saidinha de banco”.

Na manhã de sexta-feira, Marcelle Rodrigues da Silva, de 27 anos, foi morta a facadas dentro de sua casa, em Cordovil, na Zona Norte do Rio. Marcio Lima Corrêa é o principal suspeito do crime. Marcio Lima Corrêa é o companheiro da vítima. Com a chegada da Polícia Militar ao local, o homem tentou escapar, mas acabou capturado por um vizinho da vítima, um PM reformado.

Na sua vez, de acordo com informações da Polícia Militar, o criminoso tentou escapar mas foi preso por um PM reformado, vizinho do casal, depois que populares pediram assistência. Policiais do 16°BPM forama cionados e encontraram a vítima morta dentro da residência e a faca usada no crime. O se o conservou local e a perícia acionada.Nas redes sociais, familiares e amigos assinalam Dilson Araújo como o autor do crime, que a teria assassinado com garrafadas na cabeça. Dilson Araújo é o ex-companheiro de Tamires Blanco. O corpo de Tamires está no Instituto Médico Legal , no Centro do Rio.

Um dia antes, na quinta-feira, Simone Oliveira de Assis Carvalho, de 40 anos, foi assassinada a marretadas no bairro Chapecó, em Itaguaí, na Baixada Fluminense. O marido da vítima, José Carlos da Silva Carvalho, de 60 anos, considerado suspeito do crime, se entregou à polícia na sexta-feira.

O primeiro feminicídio do ano aconteceu cerca de uma hora após a virada do ano. Rodrigo de Souza Lima é suspeito de ter desferido golpes de faca contra a ex-companheira Iolanda Crisóstomo da Conceição de Souza, no Tanque, na Zona Oeste do Rio. Segundo o delegado Willians Batista, da Delegacia de Homicídios da Capital , culpada pelos inquéritos, Rodrigo confessou o crime e não provou qualquer sinal de arrependimento. De acordo com a família da vítima, Rodrigo não costumava ser agressivo com Iolanda, mas “Por vezes surtava do nada” e sentia “muito ciúmes”.

Equipes da DH realizam diligências em busca de testemunhas e imagens que possam auxiliar nos inquéritos. Os inquéritos estão em andamento.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Brazil

Cities: Chapeco

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>No começo do ano, Rio teve um caso de feminicídio por dia
>>>>>’Sempre sentiu muito ciúmes dela’, diz filha de vítima de feminicídio na Zona Oeste – January 03, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Mulher morre após ser esfaqueada pelo companheiro dentro de casa, em Cordovil – January 04, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Mulher é morta diante da filha de 11 meses em Piedade, na Zona Norte – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 crime 30 567 NONE 7 O crime: 1, o crime: 6
2 Dilson Araújo 0 130 PERSON 4 Ela (referent: Dilson_Araújo): 1, a (referent: Dilson_Araújo): 1, Dilson_Araújo (apposition: o ex-companheiro de Tamires_Blanco): 1, Dilson_Araújo (apposition: Seu ex-companheiro): 1
3 Rodrigo 57 60 PERSON 4 Rodrigo: 2, (tacit) ele/ela (referent: Rodrigo): 2
4 eu 60 200 NONE 3 (tacit) eu: 3
5 Souza Lima 0 80 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Souza_Lima): 2, Souza_Lima: 1
6 PM 1 0 ORGANIZATION 3 um PM reformado: 2, (tacit) ele/ela (referent: um PM reformado): 1
7 Zona_Norte_do_Rio 0 0 OTHER 3 a Zona_Norte_do_Rio: 1, Zona_Norte_do_Rio: 2
8 investigações 0 0 NONE 3 As investigações: 1, as investigações: 2
9 vítima 0 190 NONE 2 a vítima morta: 1, A vítima: 1
10 preso 0 160 NONE 2 preso: 2